ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

E isso considerando-se apenas a aparência do produto, fora suas outras vantagens, diz colunista.

“O MacBook Air é uma nova classe de laptop, apesar de ter desenho similar ao de seu irmão MacBook Pro. O que o difere do MacBook Pro e de tudo mais na indústria é sua finura. Ele tem 19 mm de espessura na parte de trás, estreitando para 4 mm no chanfro frontal. Nunca se soube de algo assim em um portátil com tela de 13 polegadas. O MacBook Air pesa 1,3 kg e inclui recursos que os sites de rumores há muito vêm predizendo, incluindo tela de 13 poledagas iluminada por LED e drive SSD opcional. Ele não tem drive optico interno e o (muito) limitado número de portas de conexão causarão desconfiança, mas o preço inicial de US$ 1799, os componentes-padrão de processamento de tensão e o teclado de tamanho normal compensam suas poucas limitações”, opina Cisco Cheng em artigo publicado no site da revista PC Magazine.

Cheng acha o desenho do MacBook Air absolutamente brilhante. “O produto basicamente tem a largura e a profundidade do MacBook de 13 polegadas, exceto por ser mais de 25% mais fino na traseira e quase 90% mais fino no chanfro frontal”.

Cheng diz também que a incorporação ao Air de um teclado completo de tamanho normal foi possível graças à escolha do tamanho de 13 polegadas para a tela, quase idêntica à usada no MacBook comum. “As únicas diferenças são o teclado iluminado trazido do MacBook Pro e o fato de ser preto.”

O touchpad do MacBook Air é o maior que Cheng já viu em um portátil, diz ele. “O botão único do mouse é mais estreito que o dos MacBooks Pro, mas é sensível. O touchpad incorpora outro recurso exclusivo, que é o reconhecimento de gestos dos dedos. Além da rolagem com dois dedos, os mesmos dois dedos agora podem rotacionar fotos, expandi-las, pinçar e aumentar imagens do Cover Flow e brincar com o tamanho das fontes, só para citar algumas das novas funções. Com três dedos é possível navegar para trás e para frente no navegador web, apesar de isso só funcionar no Safari”.

Mas Cheng vê na porta USB única do MacBook Air sua maior fraqueza. “Já que o ultraportátil não tem soquete Express Card ou leitor de cartões, a única maneira de usar um cartão WWAN ou extrair imagens de seu cartão SD é através de um dispositivo USB externo.”

Em compensação, a conexão Wi-Fi do Air é bem-vinda, dada a falta de drive optico, opina Cheng. “A empresa lançou também o Remote Disc, upgrade de software que permite acessar um drive optico de qualquer PC ou Mac em rede. Você só precisa ir ao campo de pesquisa do Finder e localizar o ícone Remote Disc. Clicando nele, obtém-se uma lista dos computadores em sua rede, pelos quais pode-se desempenhar funções como instalação de software a partir de um PC em rede. Pode-se extrair conteúdo do drive optico desde que não seja protegido contra cópia”.

Cheng acha também que, pelo menos no papel, as alegadas 5 horas de duração da carga da bateria de 37 Wh parecem ótimas, apesar do fato de a bateria não ser substituível pelo usuário, como a dos iPods. “A Apple diz que, na pior das hipóteses, se a bateria falhar, uma bateria substituta pode ser adquirida por US$ 129 com instalação grátis; mas a cirurgia tem que ser feita pela Apple”.

“Sem dúvida, espera-se que o MacBook Air venda feito pãozinho quente. Pelo menos o preço de US$ 1799 é atraente quando comparado aos US$ 2 mil do Sony TZ150N, do Panasonic W4 e do Toshiba R500″, opina Cheng.

Ele observa que a Apple sacrificou o drive optico e certas opções de conectividade em função de tornar o ultraportátil mais fino que a concorrência. Ainda assim, conquistou trunfos como adotar tela de 13” — enorme para um ultraportátil —, teclado completo e componentes de processamento velozes em um chassi de 1,3 kg. “Eu diria que esses são compromissos respeitáveis. Não se deve dizer que não há espaço para melhorias, pois há. Mas, por enquanto, o MacBook Air vai cativar milhões baseado apenas em sua aparência.”

Mais detalhes no artigo completo de Cheng.

No momento da finalização deste artigo nosso iTunes tocava:
U2, Stuck in a Moment You Can’t Get Out Of
Tags:,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

7 comentários para “MacBook Air vai cativar milhões, diz PC Magazine”
  1. Ipso Facto disse:

    Não é de hoje que se sabe que a turma da redação da PC Magazine adora leitores de cartões, mais do que adoravam os disquetes (caso isso seja possível). Agora veja que engraçado: conheço alguém que tem uma câmera fotográfica Nikon CoolPix P1, comprada há dois anos, que transfere fotos para um computador via Wi-Fi — sem cartão nenhum, nem cabos, nada.

    Bem-vinda ao futuro, PC Magazine!

    Engraçado também foi ver Cheng comparando o preço do Air com o de três legítimos representantes dos laptops incapazes de rodar o Mac OS X, a suíte iLife, a suíte iWork e tudo mais, embora possam rodar o Linux e atolar-se no Windows se necessário. Quanto mais vale essa vantagem do Air?

  2. Knux disse:

    a apple poderia adotar como opcional um hub usb, como adotou o drive óptico externo… pelo menos para amenizar a limitação da porta usb única. se vc tiver um mouse ligado, não pode ligar o ipod, por exemplo.

    no mais, a falta de cartão… bem, não faz falta nenhuma. qualquer camera hoje em dia vem no mínimo com cabo usb.

  3. Bruno disse:

    O MacBook Air mostra mais uma obra prima do time de engenharia da Apple, porém acho que dessa vez o Time de Marketing pode ter cometido algumas falhas … R$ 1799 é muito caro para a performance e hardware que o MacBook Air oferece. Claro que a idéia do MacBook Air é ser um notebook para pessoas que trabalham constantemente em movimento e que precisam de um aparelho leve, mas peca na performance ( onde o MacBook oferece mais por menos ) e peca no preço. Se a Apple abaixa o preço do MacBook Air nos próximos messes, ai sim, ele vai ficar muito mais interessante.
    Cara U$ 3000 para ter ele a 1.8Ghz + 64 Gigas de SSD … Com isso você compra um MacPro que humilha ele em performance, porém já é a coisa mais pesada que você poderia comprar, ehaehahe 😀

  4. Rico disse:

    Bruno,

    Tá achando US$ 1799 caro?

    Então dá uma olhada no vídeo abaixo e diga se não vale a pena!

    A Apple deveria ganhar todos os prêmios de design e engenharia de 2008. Comecei a achar isso há poucos minutos, depois de assistir o vídeo.

    Só a Apple é capaz dessas coisas!

    O cara pega um MacBook Air e compara com seu “velho” MacBook Pro.

    Putz!

    A Apple pegou o melhor laptop do mundo (seu próprio MacBook Pro) e o fez ficar parecendo um mamute com visual retrô!

    Apesar da necessidade de sacrificar alguns recursos em função da finura do projeto (HD pequeno, falta de FireWire, falta de drive optico, falta de porta Ethernet, uma só porta USB, etc.), não tenho dúvida de que esse design e essa tecnologia são o caminho a ser seguido por todo e qualquer fabricante de laptop nos próximos 5 anos.

    Só a Apple é capaz isso. Como sempre.

  5. Bruno disse:

    Rico,
    Estou achando caro sim.
    Não me leve a mal, não estou dizendo que o MacBook Air não é um excelente produto. Pelo contrário, achei ele animal demais. Eu tenho um MacBook Pro, e o que eu mais amo nele é a relação Hardware – Performance e Preço. Não paguei uma forturna para ter um Notebook poderoso, e ainda sim portátil se comparando com o mercado de Notebooks PCs. E sim, o meu MacBook Pro frente a um MacBook Air parece realmente um mamute, porém infelizmente em Hardware não serve para mim, o processador é 1.6GHz, não tem chip de vídeo e o HD é extremamente lento ( 4200rpm). E eu acho sim U$ 1799 caro para esse tipo de hardware, apesar de ser extremamente portátil.

    Se fosse ele com o chip de 1.8GHz + SSD 64 Gigas por U$ 1499 não tenha dúvidas, estaria encomendando um agora mesmo !

    O que eu quero é o que todos os usuários de Mac querem, máquinas melhores, com qualidade e baixo preço….
    Abraços !

  6. Baboo disse:

    Eu duvido que “milhões” vão comprar o Air. Somente os mais fãs pagarão US$ 1800 por um notebook que nao tem ethernet, CD, DVD, tem apenas um conector USB e aceita no máximo um HD de 80 Gb (mesmo tamanho de alguns mp3 players).

    O ultra-portátil da DELL XPS M1330 custa US$ 1499 e é muito mais completo: por 500g a mais, ele vem com Core 2 Duo Processor T7250 2.0 GHz, 3GB RAM DDR2, HD 250GB SATA, DVD+RW, Windows Vista Home Premium, tela wide 13.3″ LED com webcam embutida, GeForce 8400M GS com 128MB, áudio HD 2.0, Bateria de 56Whr…

    O Gizmodo também comparou outros modelos em http://gizmodo.com/345574/is-macbook-air-worth-the-money-five-slim-laptops-face-off e resumiu bem o que ocorre: o M1330 é 30% mais rápido, tem 50% mais memória, 300% mais espaço em disco e custa US$ 300 a menos.

    O MacPro Air é caríssimo pelo que ele oferece…

  7. 01 disse:

    Será que a Apple não aprendeu nenhuma lição com o Cube? Ele era compacto e maravilhoso como todos queriam , mas caro demais para a performance e expansibilidade ….

    MacBook Air, show de bola como conceito de laoptop-ultra-portátil-wireless-bonito…. mas não custava nada uma porta USB a mais ou uma porta USB extra no drive ótico externo…

  8.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.