ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 

Rumor: Flash já roda no iPhone há tempos, problema real é PDF

Steve Jobs estaria usando Flash como pretexto para forçar Adobe a desistir da exigência de usar seu renderizador PDF no iPhone.

“Recebi hoje uma nota de alguém que sei que trabalha bem próximo à Adobe e Apple. Ele leu minha nota ‘Apple apunhala Adobe pelas costas’ e quis me dar alguns detalhes sobre o que está acontecendo entre Adobe e Apple”, conta Robert Scoble em artigo publicado no blog Scobleizer.

Segundo ele, sua fonte diz ter visto o recurso de animação web Flash da Adobe rodando em iPhones de laboratório e que o aparelho da Apple já roda Flash há tempos. Não são questões técnicas que fizeram o diretor-presidente Steve Jobs ir a público falar da falta de suporte do iPhone ao Flash, diz a fonte de Coble. Então qual é a razão?

“A Adobe está jogando com a Apple acerca de seu renderizador PDF. ‘A Adobe quer que a Apple use o renderizador Adobe PDF’. Sua tese? Steve Jobs está jogando duro para fazer com que a Adobe desista dessa exigência”, diz Scoble.

Mais detalhes e comentários de leitores no artigo completo de Scoble.

No momento da finalização deste artigo nosso iTunes tocava:
Helloween, The Dark Ride
Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Rumor: Flash já roda no iPhone há tempos, problema real é PDF

  1. Ipso Facto disse:

    A falta de Flash parece não estar afetando as vendas do iPhone, que agora contabilizam 5 milhões de unidades e contando. Adobe, agora é sua vez de jogar.

    Pessoalmente, nunca acreditei que o iPhone não fosse capaz de rodar o Flash ou qualquer outra coisa. Afinal, é o Mac OS X que está nele. Rodar Flash não depende hardware, e sim de software. Que máquina — desktop, laptop ou de mão, não importa — capaz de rodar o Mac OS X não é capaz de rodar o Flash? A questão realmente deve ter a ver com licenciamento do formato PDF ou alguma outra coisa entre Adobe e Apple. Acho que descobriremos em breve.

Os comentários estão encerrados.