ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Análise do departamento de ciência da computação elegeu a tecnologia Apple como a mais veloz e barata para armazenamento, backup e processamento.

 

“O Centro de Neuroimagem da Universidade de York investiu £300.000 [quase R$ 1 milhão] em tecnologia Apple, incluindo o sistema operacional Mac OS X. Trabalhos que antes duravam dias agora levam minutos, melhorando a produtividade e baixando custos”, relata Lindsay Clark em artigo publicado no ComputerWeekly.

Segundo ela, análise do departamento de ciência da computação descobriu que o sistema operacional da Apple é mais rápido e barato que o Windows e o Linux para aplicações com imagens científicas.

“‘Queríamos um sistema computacional de alto desempenho que atendesse muitos usuários em potencial e provesse rápido retorno’, disse o professor Gary Green, diretor do Centro. ‘No passado, trabalhos de processamento poderiam levar semanas e muito desse trabalho é refinado e bastante repetitivo, por isso estávamos procurando por um sistema capaz de lidar com grandes quantidades de dados paralelamente’. Green queria montar o sistema em grade, permitindo escaloná-lo e desenvolvê-lo quando necessário. Ele também queria software a um bom preço”, diz Clark.

Tendo decidido as especificações do sistema, conta ela, uma equipe de cientistas realizou pesquisa independente, baseada em um conjunto de critérios, sobre as tecnologias Windows, Linux, Mac OS X e Sun. “Uma longa lista de programas de escaneamento de cérebro foi testada neles, incluindo Matlab, Atlas, Maple, Brainstorm, Neurolens, Brainvoyager e MPI. Outros programas de uso geral também foram testados, como firewalls, bancos de dados e e-mail. A tecnologia também foi avaliada quanto à segurança, backup, suporte, atualização, contingências e custo”.

A análise elegeu a tecnologia Apple como a mais apropriada, diz Clark, citando declaração de Green: “É a opção mais veloz e barata para armazenamento, backup e processamento”.

Com os £300.000 investidos, relata Clark, o Centro adquiriu 52 servidores Xserve G5 Dual, 8 Xserve G5, 10 Power Mac G5, 2 Xserve RAID de 5 TB, 2 Xserve RAID de 3 TB (espelhados em outro edifício, somando 32 TB de armazenamento total), 34 iMacs G5, dois firewalls Opteron Linux, 2 switches HP de 128 portas, um switch Fibre Channel de 32 portas, uma biblioteca em fita da HP e diversas impressoras, fotocopiadoras e câmeras digitais.

“Green está particularmente satisfeito com o desempenho do cluster de Xserves. Ele disse: ‘Já adaptamos o software ao cluster, assim podemos desempenhar processamento paralelo. Trabalhos que antes duravam dias agora levam minutos, até segundos. Isso, obviamente, faz uma enorme diferença em termos de produtividade”, conta Clark.

Mais detalhes no artigo completo de Clark.

No momento da finalização deste artigo nosso iTunes tocava:
Cansei de Ser Sexy, Music is My Hot, Hot Sex
Tags:, , , , , , , , , ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

6 comentários para “Universidade de York descarta Windows e Linux em favor do Mac”
  1. Ipso Facto disse:

    Sem dúvida que o hardware adquirido foi uma excelente escolha, mas… G5? Vixe! Em que ano eles vivem? Será que estavam tão apertados assim?

    De qualquer forma, isso mostra o excelente desempenho oferecido pelos agora obsoletos Macs baseados em PowerPC G5.

  2. Knux disse:

    o powerpc é melhor para processamento em massa de imagens, pois tem um registrador apenas para isso.

  3. Knux disse:

    O nome da tecnologia é AltiVec, ou Velocity Engine e é um VETOR de registradoreS (não apenas um registrador como eu tinha dito).

    Ela é melhor que o SSE da Intel por 2 motivos:

    – Possibilidade de marcar os registradores como tipo pixel RGB;
    – Conjunto de operações horizontais que podem ser feitas em todo o vetor em apenas 1 ciclo.

    Pronto, quem quiser saber mais, entra na página do Altivec ou do PowerPC na wikipedia:
    http://en.wikipedia.org/wiki/PowerPC
    http://en.wikipedia.org/wiki/AltiVec

  4. Daniel Carlos disse:

    Pois é… só espero que as próximas versões do Mac OS X também saiam para a arquitetura PowerPC, pois meu Mac Mini é um G4 ainda, tadinho… Mas tá valendo pelo que paguei!!! 🙂

  5. Bem que a Apple podia lançar uma linha de servidores baseadas no processador Cell (e tem como base o PowerPC) para esse tipo de uso!

  6. Knux disse:

    não sei não…

    a apple foi para a intel por 2 motivos:
    – a ibm não conseguia suprir a demanda (veja se o wii consegue suprir a demanda);
    – processador intel torna mais fácil o desenvolvimento de aplicações.

    o cell se dá bem nos video-games porque consoles são plataformas fechadas. computador é uma coisa diferente.

    além do mais, a ibm já tem a sua linha de servidores com cell… não sei se ela quer fornecer processadores para um competidor.

  7.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.