ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

“O chipset empregado na nova onda de Macs pode ter pouco ou nada a ver com a Intel. Isto não significa que a Apple abandonará os processadores Intel.”

 

“Uma nova geração de computadores pessoais da Apple Inc. poderá trazer a mais significativa mudança de arquitetura desde que a fabricante do Mac deu o salto dos processadores PowerPC para os fabricados pela Intel Corp.”, diz Kasper Jade em artigo publicado no AppleInsider.

Jade comenta que, como parte de sua mudança para os chips Intel, em 2006, a Apple abandonou a maior parte de seu costume de usar chipsets personalizados nas placas-mãe do Mac, passando a confiar em versões ligeiramente modificadas dos chipsets-padrão da indústria produzidos pela Intel para a ampla gama de fabricantes de PC que desenvolvem sistemas baseados na tecnologia Intel.

“No entanto, com o empenho da Apple em manter o crescimento das vendas do Mac em mais de duas vezes a média da indústria, ela está novamente procurando diferenciar a arquitetura de seus sistemas de computadores pessoais através de uma tecnologia alternativa que lhe confira uma vantagem além do alcance da concorrência”, comenta Jade.

Assim, diz ele, pessoas próximas aos planos da Apple dizem que uma futura geração de Macs, liderada por um trio de laptops reprojetados, não vai mais adotar o chipset Montevina anunciado este mês pela Intel como parte da plataforma Centrino 2 para portáteis. “Além disso, essas mesmas pessoas sugerem que o chipset empregado na nova onda de Macs pode ter pouco ou nada a ver com a Intel”.

Muito mais detalhes, que incluem possibilidades como CPUs Intel com chipsets desenvolvidos pela própria Apple e/ou novos relacionamentos com fabricantes de chipsets como AMD, NVidia ou Via, no artigo completo de Jade.

“Isto não significa que a Apple abandonará os processadores Intel. Os chipsets são simplesmente chips de suporte requeridos para interconectar o processador com o resto do computador. A plataforma Montevina da Intel (agora conhecida como Centrino 2) consiste em processador Penryn, chipset Montevina e interface de rede sem fio. Futuros laptops continuarão a usar os mais recentes processadores Penryn, que oferecem velocidades de bus aumentadas (1066 MHz). Ao usuário, a decisão da Apple de usar chipsets personalizados ou de terceiros não é de grande importância, uma vez que todos os chipsets devem ter funcionalidade idêntica”, escreve Arnold Kim em artigo publicado no MacRumors.

Mais detalhes no artigo completo de Kim.

“Estamos trabalhando para desenvolver novos produtos que contém tecnologias que nossa concorrência não será capaz de igualar. Não posso falar sobre esses novos produtos, mas estamos confiantes em nosso desenvolvimento”, disse Peter Oppenheimer, diretor financeiro da Apple, durante conferência em que foram anunciados os últimos resultados financeiros da empresa.

Mais detalhes neste artigo do AppleMania.

Tags:, ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

10 comentários para “Rumor: próxima geração do Mac não terá chipset Intel”
  1. Guilherme disse:

    Bom…
    Se isso for verdade, abandono de vez a plataforma MAC.
    Sou consumidor da marca, gosto dos produtos e sou fã mas, acima de tudo, não sou otário.
    Mudanças assim tem limite.
    Vou ficar com 3 máquinas defesadas em pouco tempo.

  2. Lucas (luke) disse:

    Lembre-se, não seria uma mudança de PROCESSADOR, sim de CHIPSET.
    A Apple acabou de completar a migração pra Intel. Ela não é maluca.
    Isso só traria coisas boas, teoricamente. Os chipset gráfico da Intel é horrivel, por exemplo.

    Ou a Apple poderia usar chipsets fabricados pela Intel mas desenvolvidos in-house.

  3. Luís Antônio disse:

    Eu concordo contigo Lucas (luke). Essa mudança será muito bem-vinda, até por que os chips gráficos que equipam os macbooks básicos são bem fracos. Se as próximas gerações puderem vir com os chipsets NVidia (com vídeo on-board compartilhando a memória) será muito melhor!

  4. Fábio disse:

    Concordo plenamente. Comprei recentemente nos USA um MacBook. Aumentei sua memória para 4G de RAM. E mesmo assim deixa a desejar em função de ser fraco graficamente. Uma melhoria neste ponto deve ser bem vindo. Por outro lado, realmente fica uma sensação desagradável de seu equipamento ficar obsoleto rapidamente.

  5. Knux disse:

    Isso não é mudança de processador, apenas de placa-mãe (simplificando muito o conceito).

    Os chipsets VIA são realmente melhores, consomem muito menos energia. Quer o que? Que fique igual na época do PPC, que não tinha atualização nas máquinas?

    Guilherme, prefere que a Apple fique parada no tempo? Você julgou que podia gastar o dinheiro numa máquina que lhe servia. Não é razoável esperar que sua máquina seja o topo da linha para sempre.

  6. Paulo disse:

    A Apple e suas surpresas !

    Dá até para compreender o que o Guilherme disse…
    Eu mesmo possuo um Dual G5, um Imac Core 2 Duo 20″…
    Paguei R$ 7.000 no Imac há 1 ano atrás.

    É um absurdo !

    Agora se ela quer mudar, então que mude mas não dá mais para pagar uma fortuna por um Apple…
    Desde que o preço caia drasticamente não há porque não mudar…
    Não importa se a alíquota de importação é de 60% ou se a Apple não tem fábrica na América do Sul !
    Desse jeito, as pessoas ainda vão preferir comprar um XingLing com o Vista…

  7. Shadow disse:

    Será a mais profunda palhaçada, eu abandono também, fidelidade tem limite.

  8. Lucas (luke) disse:

    Uh… Fazem três anos desde a transição Intel. É um bom tempinho.

    NOVAMENTE: a mudança seria de CHIPSET não de PROCESSADOR. A Apple tem quevse manter competitiva, ou vocês preferem-na como uma empresa de nicho à beira da falência?

    Essa mudança só traria coisas boas.

  9. Hande disse:

    Bom cada um tem sua opinião, e a minha é que a Apple tem uma grande capaciade tecnologica e vem a cada dia com uma novidade diferente em seus produtos (Kros que soh aqui no brasil) mais a questão é que a Apple se foca em paises Ricos, compara um preço de imac no USA e aqui no Brasil, uma diferença muito grande, por mais que ela não tenha uma fabricação propria aqui no Brasil, os seus produtos são kros, tambem devido aos impostos, mais a questão é que enquanto lah eles deixam um top de linha absoleto em 1 semana, os americanos ñ se queixam pq tem condições de comprar outro. Mas nós Brasileiro, ficamos com o q eles jogam fora.

  10. MacUser disse:

    Nossa, que exagero Hande. 😮 Mac precisa de alguns meses para se tornar “obsoleto” e lá nos USA o comprador nem está com tanta grana assim e muito menos disposição para joga-la fora.

  11.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.