ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Tim Bucher lidera ambicioso plano da Dell para quebrar posição dominante da Apple no mercado de entretenimento digital.

 

“Em 10 de novembro de 2004, o diretor-presidente da Apple, Steve Jobs, teve uma tensa convesa com Tim Bucher, um dos executivos de engenharia da empresa. De acordo com os autos de um processo movido por Bucher, Jobs disse: ‘As pessoas às vezes acham que você é maníaco-depressivo… Acho que terei que pedir-lhe que saia da empresa’. Bucher ficou atordoado: tinha sido promovido poucos meses antes. Bucher deixou a Apple, mas logo abriu processo contra ela por término injusto de contrato. Ele afirma que as alegações de doença mental são ‘completamente falsas’. A Apple fez acordo em 2005 e não quis comentar o fato”, conta Peter Burrows em artigo publicado no site da revista BusinessWeek.

Agora, diz Burrows, Bucher está novamente peitando sua antiga empresa. “Ele lidera um ambicioso plano da Dell para quebrar a posição dominante da Apple no mercado de entretenimento digital. Ele não vai bater de frente com a Apple, com imitações do iPod ou uma versão Dell da loja de música iTunes. Ao invés, a equipe de 120 pessoas de Bucher está tentando criar uma potente aliança entre vários rivais da Apple, de fabricantes de celulares e gravadoras a sites de venda online de música”.

Segundo Burrows, a idéia deverá ser apresentada ao público em setembro e pretende criar um padrão mais aberto que o da Apple, dando às pessoas mais liberdade de escolha na hora de comprar e consumir música, filmes e podcasts.

“No centro do plano da Dell está o software adquirido há um ano quando comprou a Zing, empresa fundada por Bucher após deixar a Apple. O software faz traduções em segundo plano, de modo que o conteúdo possa ser ‘zingado’ [transferido] entre computadores e aparelhos compatíveis. A Dell espera anunciar o programa Zing como recurso em laptops pequenos e baratos esperados para setembro e instalar o programa em todos os seus computadores até o fim do ano. Dois tocadores portáteis de mídia estão programados para o início do próximo ano, de acordo com três fontes. Bucher confirma que novos aparelhos estão a caminho, mas não quis dar detalhes”, relata Burrows.

Burrows conta ainda que Bucher afirma não ter nenhuma rivalidade pessoal com Jobs e que seu interesse em desafiar a Apple é meramente comercial. “Ele trabalhou com Jobs pela primeira vez nos anos 80, na NeXT, depois que o fundador da Apple foi posto para fora de sua própria empresa, e diz ter tremenda admiração pelo CEO da Apple. ‘Garanto que não tem nada a ver com vingança’, diz Bucher”.

Mais detalhes no artigo completo de Burrows.

Tags:, , ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

2 comentários para “Agora na Dell, ex-executivo da Apple quer desafiar iTunes”
  1. Ipso Facto disse:

    Será que não tem mesmo nada a ver com vingança?

    É bem provável que Mickey Dell esteja totalmente de acordo com a iniciativa de Bucher, caso em que todos devemos fazer estoque extra de fraldas geriátricas (são as únicas que nos servem como adultos), pois nos urinaremos de tanto rir. 😉

  2. William disse:

    Bem, a questão é que nesta área a Apple domina, ou seja, teoricamente se ele quer entrar, de uma forma ou de outra terá que peitar a Apple. Não quer dizer que seja realmente uma vingança.

    Vamos ver o que vai sair disso ai. Quanto mais concorrência melhor 😀

  3.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.
Get Adobe Flash player