ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

“Ela não é vítima. A Apple simplesmente é mais inteligente nesse tipo de coisa”, opina a executiva.

 

“Embora reconheça que a Microsoft foi posta em uma saia justa ao tentar requalificar o Windows após anos de ataques da Apple, uma executiva da publicidade disse estar muito cética sobre a abordagem da Microsoft”, relata Ina Fried em artigo publicado no CNET News.

Segundo ela, um novo comercial da Microsoft, que começou a ser veiculado nesta quinta-feira, é estrelado por um funcionário da empresa que se parece muito com o “PC” da premiada campanha Get a Mac, da Apple. Na nova peça, esse PC se apresenta dizendo: “Sou um PC e fui transformado em um estereótipo”.

“‘Descrever a Microsoft como vítima não funciona para mim’, disse Kathy Sharpe, diretora-presidente da firma de publicidade interativa Sharpe Partners, sediada em Nova York. ‘Ela não é vítima. A Apple simplesmente é mais inteligente nesse tipo de coisa’. De todo modo, o PC dos comerciais da Microsoft é Sean Siller, que trabalha na empresa desde 2005 como gerente-sênior de programação para redes do Windows Core Operating System Division”, conta Fried.

Ainda segundo ela, Sharpe não acredita que a Microsoft dispensará o comediante Jerry Seinfeld assim tão abruptamente. “Ela disse que se, como disse a Microsoft, não houver mais comerciais com Seinfeld, provavelmente será porque os primeiros comerciais tiveram um resultado ruim. A Microsoft insiste que a saída [de Seinfeld] sempre fez parte do plano e os comerciais iniciais eram simplesmente para ‘quebrar o gelo’. Qualquer que seja o caso, Sharpe diz que as peças com Seinfeld claramente erraram o alvo. ‘Os dois primeiros filmes e suas variantes foram uma maneira muito cara de fazer barulho — e não necessariamente barulho positivo. Não sei que alvo eles tinham em mente com aqueles comerciais'”.

Quanto à campanha Get a Mac, diz Fried, Sharpe acha que sempre foi muito eficiente. “De algum modo o Mac sempre ganha, mas o faz muito charmosamente. É simplesmente uma campanha muito bem feita”.

Mais detalhes no artigo completo de Fried.

Artigos relacionados:

 

Tags:, , ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

Comentários não são permitidos.

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.