ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Embora a Apple realmente tenha promovido corte nos preços de seus já populares portáteis, não se confirmaram os rumores de que o preço desceria à casa dos US$ 800.

 

“A Apple deu umas alfinetadas na Microsoft durante o evento de laptops desta terça-feira [14], mas, se eu hoje fosse um executivo do Windows, provavelmente estaria suspirando aliviado”, diz Ina Fried em artigo publicado no CNET News.

Segundo ela, o motivo é que, embora a Apple realmente tenha promovido um corte nos preços de seus já populares portáteis, não se confirmaram os rumores de que o preço desceria à casa dos US$ 800. “Os novos laptops parecem ótimos e devem manter a Apple em evidência, mas ela não levou o Mac a nenhum novo segmento de mercado. Claramente temendo que a Apple estivesse na iminência de baixar preços, a Microsoft lançou um ataque preemptivo na segunda-feira, quando o vice-presidente Brad Brooks detalhou o que chamou de ‘imposto Apple’ em antecipação ao que pensou ser o lançamento de Macs significativamente mais baratos”.

Fried achava que a Apple iria lançar algum ataque à Microsoft em resposta às declarações de Brooks, mas o evento começou com Tim Cook, executivo da Apple, delineando as várias razões pelas quais os Macs estão indo tão bem, uma das quais é algo com o qual a Apple não tem nada a ver: o Windows Vista. “No fim, o ataque da Apple limitou-se a essas palavras e ao usual arsenal de máquinas elegantes e caras. Certamente que a Apple fez alguns avanços significativos, mas parece que a batalha Mac x PC deste ano ficará restrita às máquinas topo de linha ao invés de descer à esfera das destinadas ao usuário comum”.

Fried acha interessante observar o aquecimento da guerra de palavras entre as duas empresas. “Há anos o Vista tem sido o habitual saco de pancadas da Apple e o evento desta terça não foi exceção. A Microsoft, por sua vez, tem sido lenta em defender-se, sendo que seu esforço mais visível são os comerciais ‘Sou um PC’. O motivo da reação da Microsoft é claro. Antes de tudo, ela deixou-se definir completamente por um concorrente. Depois, a Apple está ganhando mercado significativamente. Embora sua participação no mercado global ainda seja de alguns pontos percentuais, sua parcela de dólares gastos em PCs, particularmente nos EUA, é bem mais significativa”.

Mais detalhes no artigo completo de Fried.

Artigos relacionados:

 

Tags:, , , , ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

Um comentário para “CNET: executivos da Microsoft suspiram aliviados após evento da Apple”
  1. Ipso Facto disse:

    Rápido, alguém pergunte a Mickey Dell que parcela de mercado é boa para ele. No último trimestre, a Dell teve que gerar 2,2 vezes mais receita para embolsar apenas 58% do lucro da Apple. Nada bom…

    Dell, pra quê se matar tentando educar frequentadores de uma Casas Bahia da vida em busca de um coputadô só para ganhar alguns centavos por unidade vendida quando se pode produzir máquinas avançadas e elegantes que clientes informados tanto valorizam?

  2.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.