ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Clientes da Apple invadem fóruns de suporte da empresa lamentando a decisão e, em alguns casos, exigindo que a empresa volte atrás.

 

“Insatisfeitos com a retirada da porta FireWire de seus novos laptops, clientes da Apple estão despejando suas frustrações em centenas de mensagens no fórum de suporte da empresa. Minutos após o CEO da Apple, Steve Jobs, ter aberto o evento de lançamento em Cupertino, Califórnia, os usuários começaram a criar vários tópicos de discussão no fórum de suporte da empresa praguejando contra a omissão de uma porta FireWire no novo laptop MacBook”, relata Gregg Keizer em artigo publicado no site da revista Computerworld.

“‘A Apple realmente pisou na bola ao tirar a porta FireWire’, disse Russ Tolman, que inaugurou um tópico que, nesta quinta-feira, já tinha coletado mais de 200 mensagens e sido aberto mais de 5 mil vezes”, conta ele, que lembra que FireWire é o nome dado pela Apple à especificação de interface e transferência de dados IEEE 1394.

“Ironicamente, a Apple foi uma das grandes promotoras da especificação e uma das principais incentivadoras da tecnologia quando começou a ser desenvolvida, no fim dos anos 80”, comenta ele.

De acordo com Keizer, muitos dos usuários que publicaram mensagens de desagrado no fórum dizem-se fotógrafos, editores de vídeo e músicos que fazem uso pesado da interface FireWire para conectar hardware como câmeras e instrumentos musicais, ou mesmo usuários comuns que utilizam discos rígidos FireWire externos.

“Vários mencionaram que o desaparecimento da FireWire significa que os novos MacBooks não podem ser conectados a outros Macs via Target Disk Mode (TDM), procedimento usado como último recurso na tentativa de recuperar arquivos em um sistema morto. O TDM também é usado pelo Assistente de Migração da Apple, utilitário que copia arquivos e configurações de um Mac para outro”, diz Keizer.

Embora o modelo profissional MacBook Pro relançado esta semana tenha porta FireWire 800, observa Keizer, os usuários lamentam-se da perda da interface em modelos mais econômicos do portátil, ainda que o modelo da geração anterior, que ainda está à venda ao preço reduzido de US$ 999, inclua a porta.

“A Apple já descartou tecnologias antes, mais notavelmente quando foi uma das primeiras fabricantes de computadores a abandonar os disquetes de 3,5 polegadas em favor do drive CD-ROM interno”, observa Keizer.

Mais detalhes no artigo completo de Keizer.

Tags:, , , , ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

7 comentários para “Usuários de Mac se revoltam com retirada de porta FireWire de novo MacBook”
  1. Ipso Facto disse:

    Antes que alguém diga ou pense alguma bobagem: não, a Apple não está matando a interface FireWire. Embora o MacBook Air nunca tenha oferecido a porta, o MacBook de alumínio lançado nesta terça-feira é o único Mac onde o FireWire 400 foi “morto”.

    Há muito FireWire vivo e bem de vida nos Macs. A mais bem sucedida linha de desktops da Apple, a iMac, oferece FireWire 400 e 800. O Mac mini, modelo mais econômico de desktop, também tem porta FireWire 400. O desktop profissional Mac Pro tem duas portas FireWire 400 e duas 800. O MacBook de US$ 999 ainda tem porta FireWire 400. Por fim, o novo MacBook Pro tem porta FireWire 800.

    De qualquer forma, ainda estou tentando imaginar como a Apple pretende resolver o paradoxo criado ao oferecer MacBooks com iMovie pré-instalado e sem porta FireWire para câmeras DV. As poucas e relativamente caras soluções de adaptador USB/FireWire DV só funcionam em PC/Windows. Obviamente, a Apple não espera que centenas de milhares de potenciais compradores de MacBooks que já possuem câmeras FireWire comprem outra câmera USB 2, certo? Sem falar nos drives e outros periféricos FireWire. A Apple deve ter em mente uma solução para isso, não é, Apple?

  2. Knux disse:

    o adaptador usb/firewire não é carta fora do baralho só por ser caro, mas também porque não faz sentido comprar um dispostivo firewire que fique limitado à velocidade inferior da porta usb.

    acho mesmo um contra-senso isso que a apple fez… será que todo esse auê é só para criar uma diferença a mais (artificial) entre o macbook e a linha profissional?

  3. Antonio disse:

    @Knux a porta firewire 400 não é inferior USB 2 só por causa que tem velocidade nominal menor, mais seu desempenho real é melhor, o Firewire tem uma vantagem muito importante ela tem acesso direto a memória e não precisa dividir o barramento de outros periféricos, a grade vantagem é há capacidade de poder bootar o OS em HDs externos firewire e iniciar o Mac no modo disco destino como se fosse um HD em outro MAC, é até possível através dela inciar um OS de um Mac em outro sem ter que se retirar o HD, isso para os técnicos de Mac é um paraiso porque facilita os dignóstico e a recuperação de dados em equipamento com defeito, nas época do iPod com firewire existia muitas pessoas que faziam um instalação bachup do OS neles,

  4. Leonardo disse:

    Já que TANTA gente está reclamando, será que a Apple vai voltar atrás?

  5. Claudio disse:

    Na verdade é uma minoria barulhenta que está reclamando.
    A maioria não usa firewire, usa USB. Por esse motivo a Apple provavelmente não voltará atrás.

    Esse pessoal reclama demais.

    Já tem periférico firewire? É 400 ? Compra o MacBook Pro 17.
    É 800? Compra o MacBook Pro 15 novo.
    Não tem dinheiro pra comprar a linha pro? Compra o MacBook White, ele não foi descontinuado.

    Simples assim.

  6. Leonardo disse:

    realmente, eu n uso perifericos firewire, entao pouco importa pra mim… ts

  7. […] Usuários de Mac se revoltam com retirada de porta FireWire de novo MacBook […]

  8.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.