ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Empresa parece ter afrouxado critérios de avaliação de tipos de aplicações que podem ou não ser disponibilizados para oferta em sua loja online App Store.

 

Mantendo-se em silêncio sobre seus critérios de avaliação para determinar que tipos de aplicação seriam apropriados para seus populares aparelhos de mão, a Apple foi duramente criticada por rejeitar algumas aplicações inovadoras. Tais banimentos viraram manchete em diversos veículos da mídia online, como Los Angeles Times, The Guardian, Wired Magazine, TechCrunch, Venture Beat e outros sites, inclusive o AppleMania. Muitos criticaram a Apple por causa da aparente arbitrariedade de seu processo de aprovação e seleção.

Mas agora a Apple parece finalmente ter afrouxado seus critérios e tornou disponível na App Store, sua loja online de aplicações para o iPhone e o iPod touch, o aplicativo iFart Mobile, um sistema de entretenimento digital que pode funcionar tanto como alerta de segurança quanto como pegadinha para arrancar risadas dos amigos.

O iFart — nome cuja tradução seria algo como “eu peido” — tem um sistema interno de segurança concebido para surpreender e desencorajar o roubo do iPhone, bem como uma função “Sneak Attach” que age da seguinte forma: quando alguém tenta arrancar o iPhone ou iPod touch das mãos de seu usuário, o aparelho começa a emitir em alto volume um som pré-programado que pode ser uma sirene ou gritos de “pega ladrão”. Embora muitos ladrões sejam bons mentirosos, dizer “não fui eu” não vai funcionar com o iFart.

O software pode também ser programado para funcionar ao contrário: chamar a atenção quando o aparelho fica imóvel por algum tempo — útil em caso de desmaios ou em que o usuário precisa se manter acordado.

Em última instância, o iFart pode fazer o que o nome sugere: emitir aqueles sons que ninguém resiste em segurar a risada. Bom para pegadinhas com os amigos.

O iFart Mobile custa US$ 0,99 e está disponível para download aqui (iTunes requerido).

Tags:, , , ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

Comentários não são permitidos.

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.