ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Dentre as sugestões do autor há a de que a empresa deve construir um fosso ao redor de sua sede e enchê-lo com crocodilos.

 

“Tal como o resto do mundo dos negócios, a Apple está embarcando em tempos traiçoeiros em 2009. Mas a empresa enfrenta desafios especiais: ela vende produtos de butique que custam mais que a concorrência. No entanto, tem também forças especiais: esses produtos custam mais proque porque são melhores e a Apple tem uma base de usuários ferozmente leal”, diz Mitch Wagner em artigo publicado no site da revista InformationWeek.

Imbuído da intenção de ajudar a Apple a navegar em mares financeiramente turbulentos, Wagner apresenta 10 coisas que, na opinião dele, a Apple precisa fazer em 2009 com Mac OS X, iPhone, App Store, hardware, marketing e mais:

  1. Construir um fosso ao redor da sede da empresa e enchê-lo com crocodilos;
  2. Embutir uma boa surpresa para os usuários no Mac OS X Snow Leopard;
  3. Acrescentar recursos básicos no iPhone;
  4. Lançar um netbook;
  5. Estabelecer um claro plano de sucessão;
  6. Desenvolver processadores de alto desempenho e baixo consumo para aparelhos de mão;
  7. Esclarecer as políticas da App Store;
  8. Melhorar o suporte a empresas;
  9. Expandir a luta contra o DRM;
  10. Manter a classe.

Explicação para cada um desses ítens e outros detalhes no extenso e altamente recomendável artigo completo de Wagner.

Tags:, , , , , , , ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

8 comentários para “10 coisas que a Apple precisa fazer em 2009 segundo a InformationWeek”
  1. Lucas (luke) disse:

    1-Fundamental
    2-Desnecessário, mas seria uma boa
    3-Certeza
    4-Desnecessário, só faria sentido se fosse um netbook multi-touch demonstrando um pouco do poder do futuro Mac OS XI, full multi-touch based.
    5-Apenas se o Steve não puder ficar na Apple por mais 5 anos
    6-PA Semi
    7-Totalmente desnecessário. WTF?
    8-Idem
    9-Óbvio
    10-Fundamental… E Óbvio também.

  2. Knux disse:

    7 – como assim desnecessário?!

    a app store não tem políticas bem definidas de inclusão ou não de programas…

    desde o i’m rich, até o opera, o aplicativo de comparitlhamento de conexão e muitos outros, há varios casos documentados e noticiados inclusive nesse site de programas que oram removidos da app store sem justificativa nenhuma e sem nenhuma cláusula aparente nos termos de serviço que pudessem indicar um motivo.

  3. Leonardo disse:

    Desnecessário? Tah louco?
    Afff, ela não precisa só esclarecer, precisa deixar de ser meio absolutista e melhorar essas regras de inclusão para propiciar liberdade de expressão!!!!!!!!
    Mew, eu senti muita raiva da apple com as noticias de que o Knux diz respeito, e com elas a apple perdeu um pouco de charme pra mim, só por essa besteira.
    Estou totalmente com o Knux

  4. também forças especiais: esses produtos custam mais proque

    Você não quiz dizer porque?
    Google sobre artigo do AppleMania.

  5. F3L1P40 disse:

    O Hipopótamo disse que o Jacaré tinha a boca grande…

    O correto nesta sua observação seria “quis”, e não “quiz”?

  6. F3L1P40 disse:

    Outras sugestões:

    11 – Criar um plano B para se desvencilhar dos tentáculos da Intel
    12 – Tentar reduzir sua exposição e o foco dado pela mídia
    13 – Se fechar novamente (ouvir sua voz interior)
    14 – Dissimular notícias que geram mais rivalidade na atual crise, como aquela sobre os aumentos de salários dos executivos
    15 – Ter humildade
    16 – Oferecer um novo pacote de privilégios aos desenvolvedores de software para o iPhone, como por exemplo liberar a interface bluetooth para determinados fins
    17 – Cativar mais os jovens da elite com os jogos desenvolvidos para o iPhone
    18 – Sensibilizar os jovens sobre a portabilidade e performance da nova linha de Mac Pro também para jogos
    19 – Criar promoções criativas visando indiretamente maior acesso às lojas físicas

  7. Lucas (luke) disse:

    “7 – como assim desnecessário?!

    desde o i’m rich, até o opera, o aplicativo de comparitlhamento de conexão e muitos outros, há varios casos documentados e noticiados inclusive nesse site de programas que oram removidos da app store sem justificativa nenhuma e sem nenhuma cláusula aparente nos termos de serviço que pudessem indicar um motivo.”

    A maioria teve, sim. Incluindo o Opera, já que este tentou utilizar uma framework que não fosse da Apple, claramente contra o permitido. Outros apps foram aprovados após os protestos, e agora até web browsers apareceram por ali.

    O I’m Rich nem precisa de esclarecimentos.

    Uma coisa é pedir que a Apple “esclareça” as regras, outra é pedir que ela as afrouxe.

    “Outras sugestões:

    11 – Criar um plano B para se desvencilhar dos tentáculos da Intel
    12 – Tentar reduzir sua exposição e o foco dado pela mídia
    13 – Se fechar novamente (ouvir sua voz interior)
    14 – Dissimular notícias que geram mais rivalidade na atual crise, como aquela sobre os aumentos de salários dos executivos
    15 – Ter humildade
    16 – Oferecer um novo pacote de privilégios aos desenvolvedores de software para o iPhone, como por exemplo liberar a interface bluetooth para determinados fins
    17 – Cativar mais os jovens da elite com os jogos desenvolvidos para o iPhone
    18 – Sensibilizar os jovens sobre a portabilidade e performance da nova linha de Mac Pro também para jogos
    19 – Criar promoções criativas visando indiretamente maior acesso às lojas físicas”

    11- Seria bom, mas seria difícil caso significasse “Se preparar pra cair fora assim que possível”. Sem falar que ainda tem gente irritada com a transição PPC->Intel. Necessitaria um grande capital (que a Apple tem) e vontade de gastar tanto capital de uma vez (isso é outra história ^^)
    12- Fundamental
    13- Também fundamental, se é que eu entendi direito.
    15- A não ser que isso queira dizer “parar de incomodar a M$”, sim, isso seria bom.
    16- Seria muito bom, também.
    17- Sim
    18- Idem
    19- Idem

    Minhas sugestões:

    1- Parecido com o 11o do Felipe, projetar junto com a Intel processadores exclusivos para Mac
    2- Chegar mais perto da Nvidia ainda. Além de projetar GPUs junto com ela, a Apple deveria dedicar mais pessoal a isso para ter certeza de máximo aproveitamento possível, além de garantir que os materias usados não causem os fiascos dos Macbooks. Novamente, tais GPUs especiais seriam exclusivas do Mac, ao contrário do 9400M e do 9600M.

    Isso com certeza sairia um pouco mais caro, mas o maior desempenho e a exclusividade fariam valer a pena.

    3- A Apple precisa criar uma mini-torre que utilize GPUs substituíveis (placas de vídeo normais), como um Mac Pro menor. Seria bom para quem trocasse o dinheiro do monitor do iMac por mais performance e a capacidade de ter uma GPU maior sem ter que comprar um Pro na hora.
    Parecesse meio contraditório com a sugestão 2, mas devo lembrá-los que desenvolver GPUS exclusivas não significa instantaneamente perder compatibilidade com o resto. Um Mac como esse seria perfeito para Pros não tão Pros a ponto de comprar um Mac Pro porém mais Pros do que aqueles que usam iMacs como máquinas profissionais. Também seria o Gaming Mac perfeito, já que não é todo gamer que pode pagar por um computador com o poder do Pro.

    4-A Apple precisa incentivar o desenvolvimento de software nativo para OS X para grandes desenvolvedores de software p/ Windows: que adianta ter um Mac tão bom pra jogos se muitos deles necessitam a troca para um sistema inferior, AKA Windows? Boot Camp pode ter matado um dos motivos para não comprar um Mac, mas irrita. O Fusion e o Parallels utilizam muito mesmo se você fizer pouco: existe por acaso alguma opção para rodar apenas as entranhas necessárias do Windows e mostrar só a interface do programa mesmo? Pra que gastar mais memória e processamento em algo tão horrendo como a GUI dele (win).

    Ou então, criar digamos… um Mega-CrossOver. Um mais bem trabalhado, com menos uso de processador e maior suporte? Essa aqui é difícil de ser cumprida, mas se desse certo….

    Algo bom para esse fim seria ajudar um pouco os devs a criar versões for Mac de alicativos Windows existentes. Lembram daquele rumor do Mac Fusion?

    5- Fazer com que o iWork seja mais competitivo com o Office quando se trata de grandes negócios, ou seja, adicionar todos os recursos que faltam no Numbers e no Pages, pq o resto dos dois programas e o Keynote inteirinho já são muito melhores que os seus contrapartes, formando uma base sólida para livrar o usuário de Mac da dependência do horrendo Office for Mac.

    E um sexto, secundário, mais do tipo “se der”:

    6- Pular as versões .7, .8 e .9 e começar a desenvolver o Mac OS XI, com um tempo estimado de desenvolvimento de três anos e meio, pra ter bastante tempo de fazer muito. O projeto necessitaria um foco dos programadores da Apple, similar ao que aconteceu com o iPhone, mas ao contrário. Nova interface, baseada nas patentes de multi-touch avançado da Apple, utilizando todas as tecnologias do SL para máxima performance. Alguns (não MUITOS) novos recursos, mas estes sendo recursos significativos, não efeitozinhos novos no Photo Booth ou algo assim… OS XI deveria utilizar ZFS, e ser Cocoa-only. Extremo cuidado para que este não vire um Vista da vida.

    Além de ser um grande passo para a plataforma, a adoção do multi-touch e tudo mais espancaria as tentativas medíocres e mal pensadas da M$, além de espancar (mais ainda) todo o resto do Windows, fazendo a M$ se cagar toda pra tentar copiar e fazer igual.

    Obviamente, a Apple deveria fazer patentes pra tudo que é importante, impedindo as fotocopiadoras de Redmond.

    Para preparar os desenvolvedores para que o lançamento dos novos Macs multi-touch com OS XI não seja marcado com um vazio de software, estes deveriam ser avisados logo no início do programa, porém calados com NDAs

    Se os novos Macs utilizarem multi-touch para matar teclados convencionais e apenas diminuir, não eliminar, o uso do mouse, como eu creio que seja, a Apple deveria escrever um modo de compatibilidade para tais programas, onde tudo seria “normal”, ou seja, com o “teclado-multi-touch-sensível a contexto” funcionando apenas como um teclado normal.

    Minha idéia de multi-touch Mac OS XI parece estranha, mas creio que isso é porque não expliquei bem como funcionaria.

  8.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.
Get Adobe Flash player