ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

“É um desafio técnico difícil e é parte do motivo pelo qual Apple e Adobe estão colaborando. A bola está conosco. Temos o ônus de conseguir”.

 

“O trabalho na Adobe Systems para trazer sua quase onipresente tecnologia Flash para o iPhone da Apple continua… e continua, e continua”, relata Jonathan Skillings em artigo publicado no CNET News.

Segundo ele, o CEO da Adobe, Shantanu Narayen, reconheceu no fórum econômico mundial em Davos, Suíca, que, mesmo após meses de luta, uma versão funcional do Flash para o iPhone permanece algo difícil de conseguir.

“É um desafio técnico difícil e é parte do motivo pelo qual Apple e Adobe estão colaborando. A bola está conosco. Temos o ônus de conseguir”, disse Narayen, segundo relato de Skillings.

Ele lembra que, em março de 2008, quando a Adobe confirmou o início do trabalho de levar o Flash ao iPhone, a empresa disse: “Para levar todas as capacidades do Flash para a experiência de navegação na Internet do iPhone, precisamos trabalhar com a Apple além e acima do que está disponível no kit de desenvolvimento de software [do iPhone] e da atual licença dele”.

Skillings lembra também que, duas semanas antes, Steve Jobs, CEO da Apple, tinha jogado água fria nas esperanças de uma coexistência feliz entre Flash e iPhone dizendo que a versão para PC do Flash era “lenta demais para ser útil” no iPhone e a versão Lite para celulares não era “capaz de ser usada na Internet” pelo aparelho.

Por esses dois motivos, Skillings acha que devemos prestar mais atenção ao trecho “temos o ônus de conseguir” da declaração do CEO da Adobe.

Mais detalhes no artigo completo de Skillings.

Artigos relacionados:

 

Tags:, , , , ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

Um comentário para “Criar Flash para iPhone é tarefa ‘muito difícil’, diz CEO da Adobe”
  1. Bernard disse:

    Bem… eu rpefiro um telefone estável e com uma bateria que dure minimamente que ter Flash no Safari e ter meu iPhone lento, travando e tudo o mais…

    … vamos ver o que rola daqui pra frente!

  2.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.