ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

“A verdade é que o sistema operacional Mac OS mudou bastante nos últimos anos e os sistemas Apple de hoje oferecem uma boa alternativa aos sistemas Windows para muitos usos”.

 

“Com o crescimento da popularidade do iPhone surgem muitas questões sobre quão bom ele é como ferramenta de negócios. Essa questão levanta novamente outra, sobre quão boa é a Apple para o mundo corporativo em geral”, diz Michael Gartenberg no blog GartenBlog.

Ele observa que muitos departamentos de TI não empregam sistemas Macintosh em grande escala e, os que fazem, fazem-no em espaços de nicho como artes gráficas, multimídia e editoração.

“A verdade é que o [sistema operacional] Mac OS mudou bastante nos últimos anos e os sistemas Apple de hoje oferecem uma boa alternativa aos sistemas Windows para muitos usos. O Mac OS X Leopard tem um núcleo UNIX sólido como rocha e com a elegante interface da Apple por cima”, descreve Gartenberg.

Isto posto, ele fala dos três maiores mitos que ainda circulam sobre a Apple e a plataforma Macintosh:

  1. Os computadores Apple são caros em relação aos PCs: “Embora a Apple certamente não seja uma marca barata e quase nunca terá os computadores mais baratos que se possa comprar, ela certamente tem máquinas com preços competitivos comparados aos fabricantes de PC de marca. Embora possamos debater detalhes específicos do que está envolvido nos preços, hoje em dia não há mais um ‘imposto Apple’, como já houve. Sim, há um valor agregado tanto na marca Apple quanto na inovação embutida em seu hardware e software, mas não está fora de sintonia com o que o usuário já paga por máquinas de fabricantes como Sony, HP ou Lenovo. Em muitos casos, sistemas Apple comparáveis têm preço similar ou até mais baixos que os da concorrência. E, sim, algumas vezes custarão um pouco mais”.
  2. Falta de software: “Embora não haja para Mac OS X o mesmo número de títulos disponíveis para Windows, há uma abundância de programas para Macintosh. Em alguns mercados, como o de criação de conteúdo, há mais software para Mac disponível do que para Windows. Além disso, a Microsoft oferece para Macintosh uma versão completa e compatível do Office, portanto os funcionários de empresas podem facilmente trocar documentos e comunicar-se com os colegas por entre as plataformas. A adoção dos padrões da Internet por parte da Apple significa que muitas aplicações online simplesmente funcionarão sem modificações. Embora possa haver uma aplicação específica sem versão para Mac e que dificulte a adoção dele em algumas empresas, muitas delas nunca sentirão essa falta”.
  3. A arquitetura Apple baseia-se em protocolos proprietários: “Isso certamente foi verdade no passado, mas não é uma descrição adequada da Apple no presente. Hoje, o [Mac OS X] é um dos sistemas operacionais mais compatíveis com padrões comuns que se pode comprar — do suporte ao MPEG4 no QuickTime ao suporte total ao TCP/IP para redes e protocolos Wi-Fi para acesso sem fio. (A Apple, na verdade, foi a primeira fabricante de sistemas operacionais a incluir suporte a TCP/IP em um sistema operacional comercial.)”

“Os sistemas Apple podem ser uma escolha sem igual para muitas organizações. É hora de deixar mitos de lado e dar uma boa olhada nele”, conclui Gartenberg.

Mais detalhes no artigo completo de Gartenberg.

Tags:, , , , , , , , , , , ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

17 comentários para “Três grandes mitos sobre o Mac derrubados”
  1. Ipso Facto disse:

    Tenho duas importantes ressalvas sobre o artigo de Gartenberg, ambas dizendo respeito ao tópico software:

    1. Gartenberg falha em não informar ao leitor que ele não depende do exageradamente caro Microsoft Office no Mac para trocar documentos com seus pares usuários de PC e do Office. A suíte gratuita de código aberto OpenOffice, da Sun, abre e salva documentos no formato do Office normalmente e tem versões em português para Macintosh, Linux e Windows.

    2. Ele falha também em lembrar ao leitor que, de 2006 para cá, todo Macintosh novo é capaz de rodar Windows por ser baseado em processador Intel. Portanto, aquelas empresas que usam o Windows como desculpa para não adotar o Mac agora não têm mais desculpa. É claro que é burrice comprar Mac só para rodar Windows (neste caso, qualquer PC de fundo de quintal serve), por isso Gartenberg falha também em não informar ao leitor que ele pode rodar o Windows como sistema operacional convidado dentro do Mac OS X só para aquelas tarefas que exigem software exclusivo para Windows, enquanto todas as demais podem ser desempenhadas concomitantemente de modo mais elegante, intuitivo, fácil e seguro no ambiente Mac OS X.

    • Fernando Valente disse:

      Outra coisa que temos que lembrar é que o Windows permite que você apague alguns arquivos importantes do sistema, no Mac OS X e Linux só é possivel utilizando sudo que pede a senha de administrador.

  2. Há uma coisa errada que esse cara falou. A verdade é que os sistemas da Apple sempre foram melhores que o Windows, é inquestionável, pode ser questionado em relação ao Linux, Solaris e outros, mas Windows não.

  3. Fernando disse:

    Tanto em estábilidade, confiabilidade, quantidade de recursos, visual e segurança o Mac ganha disparado e é inquestionável isso em relação ao Windows.

  4. Antonio disse:

    Falha de segurança todo sistema tem até o Linux, o diferencial é que uma falha quando é explorada no Mac tem que ter o fator humano para tornar ela possivel como, instalar software piratas o crackes de programas proprietário ou mesmo aceitar codec para ver videos porno.

    No Windows se tem muito mais problemas sem a interação direta do usuário.

    • felipe disse:

      “No Windows se tem muito mais problemas SEM A INTERAÇÂO DIRETA DO USUÁRIO.”

      Conta como funciona essa coisa de computação sem interação do usuário.

    • Fernando Valente disse:

      Uma simples tag HTML pode chamar um virús e infectar a máquina, fora também a posssibilidade de invadir só de se saber o IP.

    • felipe disse:

      “Uma simples tag HTML pode chamar um virús e infectar a máquina”
      tag HTML é rodada no browser, quem roda o browser é o usuário, então não é indireto. ah sim… mac não tem virús :s

      “…invadir só de se saber o IP.”
      a não ser que vc tenha pegado algum trojan (mais uma vez, culpa do usuário) e vc tenha algum amigo (muy amigo) desocupado ouvindo todas as portas do teu pc atrás de alguma brecha então não tem perigo nenhum saberem o IP. isso é coisa de forúm hacker do tipo “Aprenda a ser um hacker”… mas os hackers preferem chamar essas pessoas de “lammers”

    • Fernando Valente disse:

      Concordo que os browsers não deveriam executar arquivos EXE, COM, BAT e similares sem permissão. Sobre o IP, o que você falou não faz sentido, existem 1001 maneiras de se pegar IPs, não precisa ser um “aprendiz de hacker” pra ficar pegando IPs, quando você entra num site, seu IP fica gravado no servidor. Se isso fosse verdade, porque quem só usa Orkut e MSN tem problemas com virús?

      Quem viu o código de fonte do Windows diz que o sistema é cheio de gambiarras, um código todo ferrado. Isso ai facilita pros hackers.

    • felipe disse:

      ta, qdo a pessoa entra no orkut o ip fica gravado no servidor do google, a nao ser que alguém invada o servidor do google os dados estarão seguros. os usuários de msn e orkut tem problemas com virús por causa da engenharia social. eles recebem uma msg ou scrap do tipo “clique aqui e aprenda a desbloquear os albums do orkut” ou do tipo “to nua na cam, clica aqui”. aí entra mais uma vez código malicioso nas páginas e a interação direta do usuário (burro). basta saber por onde clica e a segurança será de 99%.
      e outra coisa, o código fonte do windows é fechado se alguém conseguisse esse código estaria rico, eu acho. o linux é aberto…

    • Fernando Valente disse:

      Minha mãe usa Windows XP SP3 original todo atualizado com anti-virús atualizado e firewall atualizado, só entra no Orkut, MSN, e-mail e faz pedido no site da AVON e da Natura, é a única coisa que ela entra e toda hora tenho que ir lá por causa de virús. Não é bem assim como você pensa, conseguir IPs não é tão dificil assim.

    • felipe disse:

      antivirus e sistemas atualizados significam “vc está em dia, seu risco de ser infectado é menor”. e qdo vc diz “…só entra no Orkut, MSN, e-mail…” vc citou 3 das maiores fontes de virús. eu já expliquei pq os usuários de msn e orkut são tão infectados e o mesmo serve para o email. qtas vezes vc recebeu um email da receita federal, policia federal ou msm da administração do orkut. tudo engenharia social, então se usuário clicar nesse tipo de coisa e pegar um virús ou não pegar pq usa mac ou linux ou pq o antivirus está atualizado a culpa pode ser ou não do sistema mas o usuário não vai deixar de ser… burro! então o q as pessoas tem que fazer é saber onde estão clicando!

      e realmente, não é tão dificil pegar um ip. esse é o ip do site do pentagono 155.7.40.86 . semana passada a rede do pentagono foi invadida. então, será que vc ou eu conseguimos fazer alguma coisa só de saber o ip? creio que não.

      mas sinceramente, essa conversa de “invadir por IP” e “código de fonte do windows” mostram que eu vc não tem nem um pingo de conhecimento técnico. sem ofensas, é comum essa liberdade de expressão na internet acaba criando falsos experts.

    • Fernando Valente disse:

      Realmente, aquelas mensagens tipo “fudi com meu namorado e filmei, clique aqui para ver” tem virús e talz, mas isso depende, mesmo não clicando nessas mensagens e e-mails falsos, virús acontecem no Windows. Sobre o código de fonte, você não acha estranho um sistema que não tem tanta coisa assim como o Vista ter 15GB? Só uma lingua, poucas ferramentas e drivers(compare com o Fedora). O código de fonte dele é bagunçado, coisa que hackers que viram o código de fonte dizem. Querendo ou não, o Windows é inseguro, querendo ou não, na epôca que Macs tinham mais mercado que PCs, já existiam virús pra MS-DOS, e pro System não. Deixa de ser pseudo-expert e procure saber um pouco, estude um pouco de MS-DOS que você vai aprender a apagar a inicialização do Windows com algumas poucas linhas de código.

    • felipe disse:

      virús acontecem em qualquer sistema, a questão é: sempre haverá um usuário pra fazer esse sistema ser infectado. não tem como você deixar o computador ligado em rede e ele simplesmente ser infectado por um conficker ou qualquer virús que seja.
      o corre é “código fonte” e não “código de fonte”. em 2004 vazou na internet um trecho do código fonte do windows nt. são 13 milhões de linhas de código. eu uso o windows vista home premium, ele ocupava uns 4gb logo que instalei. a instalação do vista, windows 7 e macos tem por volta de 3gb.
      ah, e não existe ‘lingua’ e sim ‘linguagem de programação. é mto mais fácil vc encontrar drivers pra sistemas windows do que distros linux, porém tive apenas um problema com drivers no ubuntu.
      a primeira versão do DOS, PC-DOS 1.0, foi lançada em 1981, o mac com o System 1 foi lançado em 1984, é normal que já existissem virus para DOS. não me considero pseudo-expert, mas trabalho com computadores desde os tempo dos tk-85 programando em BASIC. nesse tempo vc não devia nem ter nascido.
      é muito fácil apagar a inicialização do windows, formatar o hd, e muitas outras coisas usando poucas linhas de códigos, se fosse difícil eu não conseguiria remover os programas da inicialização do sistema pra ter um boot mais rápido. mas eu faço isso sem linha de código é só ir no msconfig.

    • Fernando Valente disse:

      Lingua que falo é suporte a idiomas e sim, sei o que é uma linguagem de programação. Vista com 3GB!? O que você tirou dele? Já instalei o Vista 500 vezes e sempre ficava lá pelos 15GB. Apesar do DOS ter vindo antes, o Apple II tinha um market share muito grande, é impossivel se infectar um Apple II, mas alguns anos depois do Macintosh ter HD, suporte a cores e etc, não existiam virús pra Mac, apesar de o market share ser bem maior. Sempre tem usuário burro, mas já ví acontecer milhares de vezes com PCs com conexão com a internet de pegar virús sem mais nem menos. No OS X você só apaga arquivos do sistema como super usuário, não é que nem no Windows que só um simples drag&drop pra lixeira apaga um arquivo do sistema(não são todos os arquivos, mas alguns podem ser apagados dessa forma). O Fedora sempre reconheceu todo o hardware das maquinas que já instalei, porém o Windows quase nunca reconhece tudo, sempre fica vários componentes precisando de drivers.

    • felipe disse:

      vista com 3gb! isso msm! eu tenho o dvd da hp com a instalação do vista que vem com office, norton blablabla,tem até the sims 2 junto. essa instalação deve ter mais de 10gb com certeza. mas a que eu uso são 3 gb!!!! e nunca precisei de suporte pra lingua chinesa ou árabe… :s
      dizer que é impossível se infectar é um tanto exagerado. mas de qualquer forma o Apple II é de 1977, naquela época o número de usuários de computadores era muito menor fazendo com que a propagação ou msm a criação de virús fosse muito limitada. o primeiro virus de computador só surgiu em 1981 para Apple DOS 3.3 no Apple II!!! enquanto o primeiro virus pra PC surgiu em 1986!!
      no windows existe o uac, que eu acho um saco pq ele pede autorização pra fazer tudo. não tem como vc apagar um arquivo do sistema, pq um arquivo do sistema estará sendo usado pelo sistema, e não tem como apagar um arquivo que esteja em uso. todo computador vem com um disco de instalação com todos os drivers, caso tenha problemas. usuário que consegue apagar arquivo de sistema é melhor ir mexer com calculadora.

    • Fernando Valente disse:

      É impossivel se infectar um Apple II simplesmente pelo fato de que ele funciona pelo metodo de diskets de boot, qualquer programa precisa ter uma inicialização, é inserir o disket e ligar, ai o programa da boot. Vista com 3GB certamente é a versão da HP, algumas fabricantes distribuem versões modificadas do Windows, geramente tem menos bugs, funcionam melhor e são mais rápidas. Não estou falando que outras linguas são nescessárias, mas um sistema com 15GB ou tem muitas ferramentas ou tem várias linguas ou tem muitos drivers ou tem algo errado, não achei que o Vista tem tantas ferramentas assim, nada que não tenha no Mac(com exeção do Dreamscene, mas tem uma coisa parecida no OS X). Eu sei do CD de drivers, mas o Linux não precisa(quase nunca) de instalar algum driver, já vem instalado, alhas, já vem com vários programas que o Vista. Não é o usuário que vai apagar os arquivos, e sim um software mal intencionado. Não são arquivos em uso, mas que só são usados durante o boot. UAC resolve bastante coisa, mas realmente enche o saco e não resolve tudo.

  5.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.