ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

“As gigantes da indústria do celular — Nokia, Samsung, LG, Sony Ericsson e HTC — estão se humilhando ao copiar uma empresa cujo celular responde por apenas 1% dos aparelhos”.

 

“Copiar algumas páginas da cartilha da estratégia do iPhone da Apple, que traz muito do poder da Internet aos celulares, não é a melhor maneira de derrotar a intrometida dos computadores em seu próprio jogo. Mas isso é exatamente o que muitos dos maiores fabricantes de aparelhos de mão estão tentando fazer com novos celulares e serviços copiados que imitam os recursos-chave do iPhone”, diz Eric Auchard em artigo publicado pela agência de notícias Reuters.

Auchard conta que no maior evento anual da indústria da comunicação sem fio, o Mobile World Congress, que acontece em Barcelona, Espanha, a Apple está em todo lugar — todos falam dela e do iPhone — e ao mesmo tempo em lugar nenhum — ela evita esse tipo de evento, preferindo revelar seus produtos em eventos próprios.

“As gigantes da indústria do celular — Nokia, Samsung, LG, Sony Ericsson e HTC — estão se humilhando ao copiar uma empresa cujo celular responde por apenas 1% dos aparelhos. Há um ano, fabricantes de celulares com ágeis equipes de design surgiram com as primeiras cópias do iPhone. Este ano, estão indo mais além e procuram duplicar o software da interface do iPhone”, observa Auchard.

Ele conta que um executivo de uma grande operadora celular européia queixa-se de que todos estão muito ocupados tentando imitar o iPhone, despejando no mercado produtos mal-acabados. Segundo ele, analistas dizem que os clones geralmente têm desempenho inferior e são menos intuitivos que o iPhone.

“A Apple tem tentado amedrontar concorrentes com ameaças de processos judiciais em defesa das centenas de idéias patenteadas embutidas no iPhone. Como os rivais vão evitar violar essas patentes permanece sendo uma grande questão”, diz Auchard.

Ele acha que a proliferação de imitações e clones é uma armadilha, pois esse tipo de produto toma atalhos na qualidade ou sacrifica as margens de lucro na esperança de enfraquecer a Apple. “Isso joga os fabricantes dentro de um buraco mais fundo, pois a venda de smartphones tem crescido mais rápido e é mais lucrativa que a de outros aparelhos. E a Apple não está dormindo no ponto”.

Mais detalhes no artigo completo de Auchard.

Tags:, ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

6 comentários para “Copiando o iPhone e a App Store, todos querem ser a Apple, diz Reuters”
  1. Ipso Facto disse:

    A Apple está sendo inteligente ao não participar de eventos como o Mobile World Congress. Com isso, ela não se mistura ao punhado de bobocas copiadores que expõem suas “inovações” no evento.

    Inovar significa criar novos métodos, ter novas idéias, conceber novos produtos, coisas que mudem paradigmas e hábitos e se tornem objetos de desejo por isso. Exemplo: operar um celular sem teclado com múltiplos toques simultâneos dos dedos na tela. A Apple foi a primeira. ISSO é inovador! O que esses vergonhosos concorrentes estão fazendo com suas imitações de iPhone não é inovador. O que fazem é criar um punhado de cópias mal-acabadas que não oferecem mais que a aparência do iPhone. Essa incessante tentativa de vestir porcarias com a roupa da moda criada pela Apple é patética e triste. Tenho uma pergunta a fazer a esses gênios da lâmpada: quão idiota vocês pensam que o consumidor é?

  2. Knux disse:

    mas que isso… a MS inventou o surfaces antes do multi-touch da Apple…

    mas que? não tinha produto? usa câmeras de vídeo ao invés de sensor resistivo? ahn, desculpa…

    ironias a parte, daqui a pouco vai aparecer o ms-fanboy padrão falando essas besteiras…

  3. Knux disse:

    quando o cara fala que o iphone responde por apenas 1% dos aparelhos, ele inclui TODOS os aparelhos né? deve contar até os tijorollas antigos…

    porque no mercado de smartphones, já passou os concorrentes faz tempo.

  4. Leonardo disse:

    Bem, há consumidores idiotas a ponto de comprarem mp49s, por que não comprariam OMNIAs ou HTCs?

    Não sei, mas acho que apesar de uma empresa não ter sido a inovadora em alguma coisa, ela pode ser sim capaz de criar coisas semelhantes e de qualidade. É claro que existem mesmo muitas porcarias mal acabadas e de interface ruin, etc. Mas, basicamente, eu estou dizendo que existe mundo além Apple.

    E claro que eu aprecio inovações geniais, mas não tenho certeza de que elas se restrinjam a uma empresa por muito tempo, aos poucos, o que é revolução mesmo se espalha pelo mundo, como o mouse e a interface gráfica. Estou com a impressão de que é o que acontecerá com os celulares, via modelo do iPhone, já que tocar é muito prático, intuitivo, produtivo, e faz o design do aparelho ser mais eficiente.

    E meu favorito ainda é o iPhone, por tudo que vcs já conhecem dele, e em parte por ser o “original” também. Em parte por ser da Apple e ter qualidade reconhecida. Entretanto a personalidade controladora xiita da empresa tem me deixado com bastante birra e quebrado muito o meu encanto, não sei não…

    E o que será que vem depois? De verdadeiramente novo? Fico Imaginando…

  5. Luck disse:

    A Apple é um lixo !

    preços abusivos e limitação a mil !

    • Caio disse:

      Mesmo assim, tá arrebentando em popularidade. O iPhone vende que nem água e o Mac há anos bate recorde atrás de recorde em crescimento de vendas.

      Por que será, hein? Deve ser porque o mundo inteiro gosta de lixo, né?

  6.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.