ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Em meros 8 meses de atividade a loja online da Apple conseguiu reunir mais aplicações para sua plataforma móvel do que a Microsoft o fez em 9 anos.

 

“Outros fabricantes de smartphones podem estar correndo para lançar suas versões próprias da loja de aplicações da Apple — a última é a ‘App World’, da Research in Motion, para seus modelos de BlackBerry, programada para entrar em operação este mês —, mas isso não desestimulou os desenvolvedores a escrever programas para o iPhone e o iPod touch”, observa Philip Elmer-DeWitt em artigo publicado no site da revista Fortune.

Segundo ele, na verdade o número de aplicações para iPhone/iPod touch disponíveis para download parecer estar crescendo em ritmo acelerado. “A última marca: 25 mil aplicações, número atingido em algum momento da noite desta quinta-feira, de acordo com o site 148Apps, que mantém um contador atualizado automaticamente”.

Elmer-DeWitt lembra que, em meados de janeiro, a Apple anunciou ter atingido a marca de 500 milhões de downloads de aplicações para iPhone/iPod touch, mas não seria possível estimar quantos mais foram feitos desde então. “Sabemos, no entanto, que o mercado-alvo global do iPhone e do iPod touch continua a crescer. Por um cálculo (provido pelo leitor KenC), é quase certo que seja maior que 23 milhões de unidades. Ele inclui os 19 milhões de iPhones (mais de 17 milhões vendidos até o fim de 2008 mais pelo menos 2 milhões vendidos em janeiro e fevereiro) e um mínimo de 4 milhões de iPods touch”.

Mais detalhes, que incluem gráfico da evolução do número de aplicações disponíveis para download na App Store da Apple, no artigo completo de Elmer-DeWitt.

De acordo com relatório do Global Intelligence Alliance Group, divulgado em 25 de fevereiro de 2009, a plataforma Windows Mobile, da Microsoft, conta com cerca de 20 mil aplicações disponíveis para download em uma série de lojas online de terceiros. Com menos de 8 meses no mercado, a Apple desbancou a Microsoft — que já está nesse mercado há 9 anos — como líder na variedade de aplicações para smartphones vendidas em uma única loja online.

Artigos relacionados:

 

Tags:,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

4 comentários para “iPhone ultrapassa Windows Mobile como plataforma móvel com maior biblioteca de software”
  1. Ipso Facto disse:

    Banho de sangue! 🙂

    Todos saudemos o novo Rei das Plataformas Móveis!

    E agora divirtamo-nos relembrando Steve “Boca-Mole” Ballmer, CEO da Microsoft, rindo e fazendo pouco caso do iPhone no início de 2007:

  2. Knux disse:

    como o windows não pode perder em nada, logo veremos o Baboo apresentando números questionáveis e sem fontes para negar também esse fato.

  3. Arucard disse:

    Para uma plataforma móvel que estreou recentemente, o Mac OS X for iPhone, é um excelente marco para o uso do iPhone, mesmo que seja um telemóvel integrado minoritário em relação à Nokia.
    O modelo AppStore é interessante e recebeu elogios de revistas de jogos de consolas, como algo que nem a Sony ou a Nintendo alcançaram porque o SDK do iPhone é mais fácil de aceder para programadores independentes e não comerciais do que programar para uma Nintendo DS ou Playstation Portable, o kit de programação destas plataformas é inacessível para essas pessoas.
    Além disso o iPhone é um dos poucos telemóveis com uma GPU integrada ( o mesmo chip da Dreamcast!), tornado a criação de jogos 3D eficientes, porém ninguém portaria o Half-Life 2 num iPhone ou qualquer jogo do motor Source porque não têm potência gráfica para tanto. (O Half-Life 1 talvez fosse possível, o problema são os controlos)
    QUanto ao comentário infeliz de Balmer, deve-se basicamente ao facto dele ter subestimado o facto atractivo da Apple que promoveria o iPhone para as massas (para além dos fãs da Apple).
    O iPhone pode não ser tão revolucionário, porque tecnologias como o multi-touch foram criadas por investigadores da Universidade de Toronto em 1982 e no Bell’s Laboratory em 1983, mas somente hoje ganharam sentido prático. Na verdade, os écrans tácteis datam de projectos universitários desde os anos 60, mas não eram mais que puras curiosidades, com pouca aplicação na altura.
    A própria HP criara em 1983, o primeiro computador com écran táctil, o HP-150, que corria o MS-DOS 2.0 (bons tempos!) com aplicações poulares (como o Lotus 1-2-3) que foram modificadas para estrear o uso desta tecnologia. (Na verdade, a HP tinha acordos com empresas de software que permitia trocar o código-fonte de modo a permitir a modificação desta).
    A Apple fez bem em promover uma tecnologia com potencial e patentear as suas especificações, como qualquer outra companhia o faria.

  4. kkkk disse:

    sim,sim nao sei quantos mil apps pra iphone 99,9 % não serve pra nada…o iphone matou um monte de recursos básicos e nao tem nem um suite de verdade(como o office do windows)… pelo amor de deus, vocês falam do baboo mas voces sao iguaizinhos, o iphone não é e nem será nenhum artefato alenigina ,eu nao sou fan de nenhum s.o especifico. pra mim o mac os do iphone é bonitinho,mas não tem metade da versatilidade do windows ce que por sua vez tem bugs e uma interface nada “amigavel” e o symbiam esta no meio dos dois… eu tenho os 3, um iphone 3g,um n95 e um htc pro(tenho uma loja de telefonia) e usos os 3,quando to no trabalho ou escritorio nao penso duas vezes em usar o htc com velho win pra rodar minhas planilhas,apresentacoes e talz, meu n95 principalmente pra jogar e iphone eu só uso quando quero mostrar pra alguem o movimento da “pinca”…fora a beleza,kkkkk.

  5.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.