ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Empresa russa alega não estar violando licença do Mac OS X porque comprou cópias legítimas diretamente da Apple para instalar em seus PCs.

 

“A RussianMac é a mais nova empresa a lançar um clone do Mac e testar a determinação da Apple em impedir empresas de vender seu sistema operacional”, diz Jim Dalrymple em artigo publicado no CNET News.

Ele observa que, em seu website, a RussianMac diz que uma versão completa do Mac OS X 10.5 Leopard vem pré-instalada em seus computadores e confirma que o sistema operacional é capaz de receber as atualizações automáticas da Apple.

“Eis onde a Apple parece ter colocado as clonadoras em sua alça de mira. O Acordo de Licença de Uso [EULA, na sigla em inglês] claramente proíbe qualquer um de instalar o software em hardware não vendido pela Apple. Isso efetivamente fecha a porta para empresas determinadas a produzir clones do Mac. No entanto, a RussianMac sustenta que não viola os termos da EULA porque o sistema operacional foi comprado diretamente da Apple. Mas isso ainda não contorna a condição de instalá-lo em máquinas que não sejam da marca Apple. Legítimo ou não, esse é um argumento popular: a alemã PearC usa-o em sua defesa para vender clones do Mac naquele país”, comenta Dalrymple.

Ele lembra o famoso caso da Psystar, empresa americana que está sendo processada pela Apple por esse mesmo motivo. “A batalha legal entre Apple e Psystar está em curso. As duas devem se encontrar no tribunal em 9 de novembro. Muitos especialistas em direito acreditam que a Apple sairá vitoriosa do caso”.

Leia mais no artigo completo de Dalrymple. Outros detalhes (em russo) no site da RussianMac.

Tags:, , ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

7 comentários para “Surge na Rússia mais uma clonadora de Macs”
  1. Ipso Facto disse:

    Um chip especial (atenção para o ESPECIAL) requerido pelo OS X dentro de cada Mac de verdade teria resolvido o problema antes que surgisse. Talvez seja algo que a Apple queira considerar no futuro se realmente quiser impedir a proliferação de clones do Mac. O fato é que teria sido uma solução inicial tão simples que às vezes me pergunto se a Apple, apesar da batalha legal contra tipos como a Psystar, realmente não se importa em ver seu sistema operacional sendo instalado em PCs de outras marcas. Se a Apple fala sério ao dizer na EULA que “esta licença [do Mac OS X] permite-lhe instalar, usar e rodar uma cópia do software Apple em um único computador da marca Apple por vez”, por que não há nenhuma barreira que impeça o OS X de ser inicializado em máquinas não projetadas pela Apple?

    Ainda defendo a abordagem da venda avulsa do OS X a preços pra lá de salgados — o que seria um direito absolutamente legítimo da Apple — para desestimular a ação de RussianMacs, PearCs e outras espertalhonas. E, novamente, por que a Apple não o faz é um mistério além de qualquer compreensão.

  2. aLx disse:

    Putz… q assunto cíclico, não?
    E olha que já nem está mais tããããããão em evidencia este lance de hackintosh!

    Mas me diz uma coisa, IPSO… deixando tudo de lado, o q vc faria se acordasse um dia e desse de cara com a notícia: Apple licencia sistema operacional para X, X, X e X empresas.

    O que acha que aconteceria a seguir?

    abs.

  3. Romulo disse:

    Quem sabe a Apple deva usar criptografia quântica no código do seu sistema, liberando com um chip quântico nos Macs 😀

    Pois é, é seu direito de achar o que bem entender Ipso. Eu achei que você foi ingenuo…

    Enquanto tiver gente confiante de que a justiça é imparcial, provavelmente continuara havendo pessoas para enfrentar a Apple neste assunto. Ninguém está infringindo a liberdade da Apple… Mas até onde você pode controlar quem pisa na calçada a frente de sua casa?

    Para comprar um sistema você deve ser subordinado a adquirir o hardware da mesma empresa? A Apple diz ser parte do hardware, uma ferramenta de sustento (obviamente ela não lhe cobra para que seu Mac (computador produto Apple) venha com um Mac OS X já que depende deste para funcionar). Alem de ambíguo, o que já bastaria, simplesmente sou subordinado pelo bel prazer da empresa, a abrir mão de minha liberdade… Já que não posso rodar em qualquer computador o meu Mac OS X. Quando tanto Linux, e outros derivados Unix compatíveis com a plataforma AMD/Intel, e o próprio Windows, rodam em Macs e PCs.

    E sua abordagem direta do “paga muito mais ou não leva, não gosto azar´´ deixa o caso mais ilógico ainda, quando o produto é um PRODUTO onde nos 2 casos você é dono de uma licença e de uma copia idêntica e tem de pagar valores diferentes, se eu tiver um HP vou ter de pagar quanto? Talvez eu deva começar a me preocupar com o valor da gasolina para a marca do meu carro também… Dois pesos duas medidas???

    Mistério nenhum Ipso… Simplesmente a Apple precisa de um bom motivo para realmente diferenciar totalmente seus Macs dos PCs, e o maior motivo é Sistema, é a legitima Alma do ramo. Quando começarem a aparecer Pcs a la Apple você acha o que? A Apple está insegura do que pode vir a ser depois disso, e por isso ela luta.

    Que seja o que for, quem sabe a gente descobre o quão forte a Apple pode ser lutando em um ambiente não controlado… E quem sabe, daqui para a frente surjam coisas bem melhores… Essa é a magia da concorrência…

  4. Knux disse:

    o que o ipso facto está sugerindo é DRM e falharia pelo mesmo motivo que falhou para o dvd, para o hd dvd e para o blu ray…

    o chip especial vai ter uma chave? se a chave está lá, eu posso acessá-la e quebrá-la. não tem segredo, o drm é um esquema destinado ao fracasso.

    • Romulo disse:

      como eu disse no principio do meu comentário, esta claro que não existe solução para isso. Qualquer coisa que a Apple venha a usar, vai movimentar pessoas que iram pular esse muro de qualquer jeito…

      Se tem alguma solução a nível de tecnologia, é com certeza dinheiro jogado fora…

    • Lukeskymac disse:

      Que engraçado. Me diga por que minhas analogias sempre estão erradas mas as suas não? Isso é bem diferente de DRM.

      E quem disse que tal chip teria uma chave? Como assim “quebrá-la”?? O chip estaria presente (provavelmente soldado) na placa-mãe de todos os Mac. Durante o boot do OS X, seria verificada a presença do chip. Sem chip, sem OS X.

      Se vc modificasse o OS X para que não houvesse a rotina relacionada ao chip e usasse so vc, td bem. Claro, vc estaria violando a EULA, mas não estaria lucrando com isso, e é por isso que até agora a Apple tolerou Hackintoshes.

    • Knux disse:

      não é uma analogia, é um fato.

      colocar um chip de verificação é uma implementação de DRM no sistema operacional. ou você acha que DRM só existe para música e vídeo?

      é óbvio que não vão colocar um chip vazio para o mac os x meramente verificar a presença, pois isso seria mais fácil ainda de burlar. é necessario haver uma chave para que pelo menos seja necessário um esforço para quebrar o sistema.

      e por favor, não venha falar de eula, que fica ridículo. o conceito jamais foi testado nos eua, você não sabe se é válido… quanto mais na rússia!

  5.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.
Get Adobe Flash player