ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 

400 mil unidades depois, Palm Pre ainda é uma bomba, diz Business Insider

“Pre não é nenhum iPhone e, especialmente, não é nenhum iPhone 3GS, e vale colocar esses 400 mil Pres vendidos dentro de seu devido contexto: a Apple vendeu mais que o dobro dos novos iPhone em um único fim de semana”.

 

“Os clientes da [operadora] Sprint sedentos por um smartphone têm devorado Palm Pres. Um analista [Ed Snyder, da Charter Equity Research] estima que quase 400 mil unidades já foram vendidas até agora nas últimas 5 semanas. Mas será que isso significa que estamos desistindo de nossa opinião anterior de que o Pre é uma bomba? Não!”, diz Henry Blodget em artigo publicado no The Business Insider.

“O Pre não é nenhum iPhone e, especialmente, não é nenhum iPhone 3GS, e vale colocar esses 400 mil Pres vendidos dentro de seu devido contexto: a Apple vendeu mais que o dobro dos novos iPhone em um único fim de semana”, observa Blodget.

Ele acha que o tabuleiro de xadrez do mercado de smartphones não tem espaço para quatro plataformas. “Ainda achamos que o jogo dos smartphones cada vez mais se transforma em um jogo de plataformas e Apple, RIM e até Google têm enorme vantagem sobre o Pre como plataformas de desenvolvimento. O mundo não precisa de QUATRO grandes plataformas de mão. Ele provavelmente nem mesmo precisa de duas ou três. Portanto, a longo prazo, ainda achamos que o Pre será uma bomba”.

Leia mais no artigo completo de Blodget.

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

4 respostas a 400 mil unidades depois, Palm Pre ainda é uma bomba, diz Business Insider

  1. Ipso Facto disse:

    A AT&T, sozinha, tem mais ENCOMENDAS do iPhone 3GS do que a Palm já vendeu Pres até o momento!

    Como venho dizendo desde 21 de janeiro:

    O Palm “Quero-Ser-iPhone” Pre nada mais é que uma isca para atrair a atenção da mídia e, eventualmente, fazer a empresa ser comprada por alguém. A Palm simplesmente não tem poder de fogo suficiente para criar outra plataforma móvel, especialmente através de um produto supérfluo. Se o Pre não for um mero blefe, então os responsáveis por ele estão tapeando a si próprios.

  2. Bernard disse:

    O interessante é que o articulista já tirou de jogo a MIcrosoft com o Win Mobile. nem levou em consideração como “grande jogador”!!!

  3. MikeNeo disse:

    Bom 10 anos depois de lançado, o windows mobile ainda nem entrou no jogo, é porque talvez nunca entre mesmo.

  4. Knux disse:

    Há tempos ninguém considera o Windows Mobile como grande jogador…

    Trabalho em uma empresa de telecom e posso garantir que todos os executivos daqui usam iPhone ou Blackberry… e executivos de telecom devem saber o que escolher 😉

Os comentários estão encerrados.