ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Por que a Google parece estar imitando a Apple em cada passo? Talvez porque não tenha idéias melhores. A Apple, por outro lado, provou que sabe marchar em direção a outros mercados.

 

“Só porque você é paranóico não significa que não será apanhado. No caso da Apple, ela já foi. A Apple é conhecida por sua obcessão pelo sigilo. Os funcionários recebem diferentes codinomes para novos produtos para que não fofoquem sobre eles na cafeteria da empresa. Revendedores e fornecedores são punidos se vazarem qualquer notícia. Blogs que publicam notícias sobre novos produtos tem sido ameaçados por advogados e até comprados”, comenta Brian Caulfield em artigo publicado no site da revista Forbes.

Mas, no caso da Google Inc., aparentemente a Apple não está conseguindo manter seus segredos guardados a sete chaves, observa ele. O motivo atende pelo nome de Eric Schmidt, CEO da Google que tem assento no quadro de diretores da Apple.

“A Google anunciou [semana passada] que em breve oferecerá um sistema operacional para PCs e netbooks, passo que a coloca diretamente contra a Apple, cujo negócio foi erguido em torno de seu sistema operacional Mac OS X. E esse foi apenas o mais recente dos negócios da Apple que a Google imitou. Significa que Schmidt é um espião? Não. O que parece é que os paralelos entre Google e Apple são produto de duas culturas diferentes: a Apple age, a Google reage. Eis porque a Google continua tropeçando em tantos dos negócios da Apple. As duas empresas são concorrentes acidentais, mas parece que ainda não perceberam isso”, pondera Caulfield.

Além do sistema operacional — o Mac OS X roda em processadores x86 e ARM e foi desenvolvido sobre uma variante do Unix, o Chrome também —, Caulfield cita em detalhes outros exemplos da “reação” da Google às ações da Apple: Android em resposta ao iPhone, navegador Chrome seguindo-se ao Safari e Google Docs após o iWork.

“Por que a Google parece estar imitando a Apple em cada passo? Talvez porque não tenha idéias melhores. Levou anos até que a Google conseguisse encontrar um caminho fora de seu negócio original de propaganda em buscas online e falhou em conseguir mais que um pequeno reconhecimento. Propaganda foi a fonte de 98% da receita da Google no trimestre de março, mais que os 97% de igual período do ano anterior. A Apple, por outro lado, provou que sabe marchar em direção a outros mercados. Lançou seu software musical iTunes em janeiro de 2001, antes de lançar o iPod em outubro. Começou a vender filmes no iTunes antes de colocá-los no iPod. Então, em 2007, transformou o iTunes — já onipresente graças ao iPod — em uma plataforma de ligação entre o computador e o iPhone. Resultado: a receita da Apple extraplou as fronteiras do iPod e seu negócio de mídia e avançou para o iPhone e o Mac. Os dois primeiros negócios nem existiam uma década antes. Nesse contexto, a paranóia da Apple faz sentido. Ela parece ter planos que vão muito além do típico para uma empresa tão popular. E, porque seus produtos e serviços funcionam tão bem, cada fiapo de informação que possa ser colhida sobre ela vira notícia. Bem, exceto, talvez, para Schmidt”, conclui Caulfield.

Leia mais no artigo completo de Caulfield.

Tags:, ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

27 comentários para “Google rouba idéias da Apple porque não tem idéias próprias, diz Forbes”
  1. marcos disse:

    fala sério, tudo bem que esse é um site boltado pra plataforma da maça, mas deveria haver um filtro minimo pra bobagens dita por especialistas

    o google esta atras da microsoft e nao da apple

    • Johnny Bravo disse:

      Deveria haver também um filtro para comentários bocós.

      Marcos, parece que você está confundindo perseguir com imitar. Em lugar algum do artigo o autor disse que a Google está perseguindo a Apple, e sim que está imitando-a. São coisas diferentes.

  2. Knux disse:

    Oh!

    O Google imitou a Apple ao entrar no negócio de SO e celulares?! A Apple lá inventou esses segmentos? Que tipo de idiota afirmaria isso?

    O Google já planejava entrar no mercado de telefones muito antes do iPhone e isso remonta à sua jogada de dar um lance na frequência de radio liberada pela tv analógica, apenas para poder introduzir regras mais abertas.

    • Johnny Bravo disse:

      O Google imitou a Apple ao entrar no negócio de SO e celulares?! A Apple lá inventou esses segmentos? Que tipo de idiota afirmaria isso?

      O mesmo tipo de idiota que presume que só pode haver imitação quando há invenção.

      A Apple não inventou o smartphone, no entanto toda a indústria está copiando o iPhone. Também não inventou a loja online de aplicações, mas agora todo mundo quer ter uma. Desde quando imitações só acontecem quando há uma invenção?

      Falou asneira, Knux.

      O Google já planejava entrar no mercado de telefones muito antes do iPhone e isso remonta à sua jogada de dar um lance na frequência de radio liberada pela tv analógica, apenas para poder introduzir regras mais abertas.

      No entanto, o Android só surgiu depois do iPhone. Vai negar isso também?

  3. Knux disse:

    O Google tanto não está imitando a Apple nos SO’s que está apostando nos netbooks, um segmento que a Apple tem ignorado solenemente.

    A entrada no segmento de celulares começou antes do iPhone, ao dar um lance de 1 BI por uma faixa na frequencia das tvs analógicas apenas para poder inserir regras e padrões mais abertos no segmento.

    Não tem burro nem imitador no Google, posso garantir.

    • Johnny Bravo disse:

      Garanta o quanto quiser, o fato é que há coincidências demais para serem só coincidências.

    • Knux disse:

      por coincidências, entenda-se “competir nos mesmos mercados, ponto”.

      as tecnologias e abordagens são completamente diferentes.

    • Johnny Bravo disse:

      As tecnologias e abordagens do Linux são diferentes do Windows, nem por isso deixam de ser concorrentes.

      Não se pode negar que a Google “tropeçou” nos negócios da Apple e acabou se tornando uma concorrente acidental dela, como disse o autor. Não faz qualquer diferença que as tecnologias e abordagens sejam diferentes.

    • Knux disse:

      Abordagem diferentes, portanto não é cópia, portanto não pegou nenhuma idéia da Apple, portanto idéias próprias.

      CQD

  4. Lukeskymac disse:

    Tenho que concordar com o Knux, embora a Google (a não ser que vocês achem que um buscador tenha inteligência artificial) realmente copie a Apple, esse artigo da Forbes é um monte de Babooseira.

  5. Knux disse:

    vamos lá vai…

    quem quer provar que o google imitou a apple, cite pelo menos 5 imitações que não envolvam “fazer um so para computador”, “fazer um so para celulares” ou “entrar no mesmo mercado”.

    para ambos, eu posso citar exemplos de uma filosofia completamente oposta à da apple:
    1- fazer SOs para netbooks de vários fabricantes;
    2- fazer SOs para celulares de vários fabricantes.

    Ninguém nem viu o Chrome OS ainda, mas já sabemos que é dedicado a netbooks e que as aplicações serão majoritariamente em html5, duas coisas que a Apple NÃO faz.

  6. Romulo disse:

    É… É ódio contra Eric e sua empresa “rebelde“ que decidiu entrar na competição de celulares e sistemas operacionais, só pode.

    Tudo bem quanto ao fato de que Eric tem de sair da Apple, também concordo, está virado em um campo minado, agora, seja la qual for o motivo (provavelmente o montante de serviços Google presente nos produtos Apple) de ele ainda estar la, de momento é se conformar e esperar.

    Não ficar fazendo como a Forbs, deixando escapar sua amargura irracional em artigos como esse.

    TODOS os serviços da Google lucram com propaganda, afinal são grátis ao publico, chega a ser patético dizer aquela porcentagem quando prova completamente que a Google é um sucesso. O sistema de buscas, o youtube, o Gmail, etc, todos eles são alimentados pelas propagandas que disponibilizam, ou seja, a Google possui produtos tão famosos e de sucesso quanto o iPhone, pois mesmo sendo uma empresa da década de 90, tão recente, a Google teve o poder de atingir a força de mercado que a Apple tem hoje.

    Seguir um derivado Unix seria no minimo uma ideia que qualquer um poderia ter tido hoje em dia, como se a Apple tivesse feito antes de todos um derivado do Unix. É a patética patente de ideias do sistema de patentes Americanas em ação. Ah eu a inventei o ato de beber em uma caneca com os pés, ninguém pode mais fazer isso sem me pagar.

    O multi touch não é idéia da Apple, empresas de pesquisa e produção nesse mercado já tinham essa tecnologia a seculos, construir sistemas derivados de Unix também não o é, e o “copiado“ copiar colar do iPhone também não era da Google. Parece que as ideias e não as criações estão sendo tomadas… Vamos patetear a roda e a ideia de andar em 2 pernas. Ou será que todas as ideias presentes nos Unix like são copias do Windows?

    Acredite quem quiser, mas a Google não vai reprimir as vontades antigas dela por causa da Apple. Ou por que as pessoas acreditam que ela está copiando.

    • Knux disse:

      e como se usar um sistema *NIX fosse copiar a Apple né?

      Tantas outras empresas fizeram isso antes dela… a única que não fez isso foi a MS e todos vimos no que deu essa iniciativa.

    • Fábio disse:

      Até parece que uma empresa como a Google vai correr atrás da Apple. A Apple vai ter que comer muito feijão pra isso…

  7. Fábio disse:

    Knux, a Microsoft já teve uma versão *NIX. Chamava-se Xenix

  8. Daniel Carlos disse:

    Calma crianças, tem Google pra todo mundo!!! Seguinte: eu acho que essa da Google entrar no negócio de Netbooks vai acabar quebrando a banca da Microsoft, uma vez que cada ano que passa e cada novo sistema, a Microsoft só tem aumentado mais e mais os requisitos minimos para usar seus sistemas operacionais, serviços e produtos… Se existe alguma relação entre Apple e Google, com certeza não é de cópia, imitação ou furia, mas sim uma cruzada para derrubar uma cultura morta de deuses mortos, Steve Jobs falou isso quando Mark Markula fez a proposta de U$250.000,00 para iniciar a Apple. Naquela época, o objetivo de Steve Jobs era derrubar a IBM, hoje que a IBM está quase falida, cambaleando como um bebado, Steve Jobs viu que a verdadeira cultura morta é a Microsoft, pois muita gente ainda utiliza Windows mesmo sabendo que ele é um sistema operacional do passado… Mas a Apple não quer sujar suas mãos no mundo dos PCs convencionais, pois o foco dela é vender seus próprios computadores. Então, Apple e Google se juntam para derrubar a Microsoft, pois com a Google no mercado de Sistemas Operacionais para Netbooks, a Apple continua com seus computadores e iPhones tranquilamente, enquanto a Microsoft sofre ataques massivos diretamente em seu terreno. Se Eric Schmidt é alguma coisa entre Google e Apple, ele é um Mensageiro, e não um espião…

    • Johnny Bravo disse:

      Daniel, a palavra “massivo” não existe na língua portuguesa. O correto é “maciço”.

      Um abraço!

  9. Knux disse:

    oje que a IBM está quase falida, cambaleando como um bebado

    citation needed

  10. Daniel Carlos disse:

    Knux, se olhar para a IBM hoje e o que ela era quando Bill Gates e Steve Jobs tinham idade de faculdade, a IBM regrediu muito…

    Johnny, também num existe a palavra “Inicializar”, mas mesmo assim a gente usa esse termo… o meu “Massivo” vem de “em massa”, um ataque forte sabe???

    • Johnny Bravo disse:

      Quem disse a você que “inicializar” não existe? Pois vá olhar o Houaiss e o Michaelis!

      Sei bem de onde veio seu “massivo”, mas não justifica inventar palavras considerando a existência de correlatas em nosso próprio idioma. O correto é “maciço”, que quer dizer rigorosamente o mesmo que o seu “em massa”.

  11. Flavio disse:

    O que tem de mais???
    Se a Apple for competente, nunca o Google irá abocanhar seu mercado, se for inconpetente, saia da frente. Simples assim.

  12. Android disse:

    Será que não tem ideias mesmo, e que o Android é uma copia do Iphone?

    http://br-linux.org/2009/android-nos-eletronicos-domesticos-ainda-em-2009/

    Parem de falar besteira. O Android nem concorrente do iPhone é.
    Quem vai concorrer com o iphone, serão os aparelhos lançados com android ou não.

    • Johnny Bravo disse:

      A capacidade que certos cabeça-de-minhoca têm de falar asneira nunca pára de me surpreender…

      Ô gênio da lâmpada, dá pra dizer a todos aqui onde foi que você viu escrito que alguém pensa que o Android “é uma cópia do iPhone”?

      Vamos lá, estamos esperando!

      Não é à toa que o Brasil é uma vergonha quando o assunto é interpretação de leituras. Francamente…

  13.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.
Get Adobe Flash player