ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

59,3% dos 1100 gerentes de TI entrevistados pela provedora de ferramentas gerenciais ScriptLogic disseram não ter intenção de submeter sua base instalada de computadores a um upgrade para o novo sistema operacional da Microsoft.

 

“No que pode ser um golpe nas esperanças da Microsoft de motivar seus clientes corporativos a fazer o upgrade de seu software para o Windows 7, uma nova pesquisa alega que a maioria das empresas não têm planos de migrar seus desktops e laptops para o novo sistema operacional da Microsoft”, informa Paul McDougall em artigo publicado no site da revista InformationWeek.

De acordo com McDougall, mais da metade (59,3%) dos 1100 gerentes de TI entrevistados pela provedora de ferramentas gerenciais ScriptLogic disseram não ter intenção de adotar o Windows 7.

“34% dos entrevistados disseram que talvez empregassem o Windows 7 lá pelo fim de 2010, enquanto apenas 5,4% disseram que farão o upgrade para o novo SO tão logo esteja disponível este ano. Tendo rejeitado amplamente o Windows Vista, o atual SO da Microsoft, muitas empresas ainda rodam o Windows XP, que terá completado oito anos de idade quando o Windows 7 for lançado, em 22 de outubro. O fracasso do Vista, combinado com o resultado de uma pesquisa mostrando escasso interesse corporativo pelo Windows 7, levanta questões sobre a capacidade da Microsoft de inovar no mercado corporativo. (…) Se a Microsoft não for capaz de mudar esse quadro, pode abrir a porta para concorrentes como Linux, IBM com seu Open Collaboration Client e até Google com o seu recém anunciado Chrome OS”, observa McDougall.

Leia mais no artigo completo de McDougall.

Tags:,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

7 comentários para “Empresas não pretendem adotar Windows 7, diz pesquisa”
  1. Ipso Facto disse:

    Tal como diz Paul Thurrott, apologista roxo da Microsoft, em seu SuperSite for Windows: “Há algo inerentemente menos interessante em qualquer produto que seja em essência uma cópia de outro, pois as empresas que os fazem não são líderes, são seguidoras”.

    O mesmo Thurrot apologista roxo da Microsoft também disse: “Os usuários de Mac OS fizeram uma escolha tecnológica consciente e, portanto, são geralmente melhor informados que os outros”.

    Obrigado, Paul. Pelo menos você é tão bom quanto a Microsoft em valorizar a mensagem da Apple. 😉

    • Johnny Bravo disse:

      Eu não aceito. Por dois motivos:

      1. O artigo que estamos comentando fala da adoção do Windows 7 PELAS EMPRESAS, não por usuários domésticos. Para quem está habituado ao Windows e não sabe que existe coisa melhor, qualquer coisa que a Microsoft empurre goela abaixo dos pobres sofredores vende.

      2. Ninguém sabe qual é a capacidade de acesso do site que deu problema. Pode ser bem baixa.

    • Vasco Silva disse:

      Bla Bla Whiskas Whiskas

    • Johnny Bravo disse:

      Essa é sua melhor resposta, Vasco?

      Sei que pode fazer melhor que isso. Vamos lá, se esforce, você consegue!

    • Romulo disse:

      Pode ser qualquer coisa… A não ser que eles coloquem comparativos com o XP (e olhe la) de vendas, as empresas vão demorar e muuito a substituir seus sistemas

      O XP ainda é melhor beneficio para as empresas, é mais econômico em termos de hardware e ainda tem suporte e é o mais estável (alias o XP até parece agora sistema para servidor), infelizmente é assim que da para sustentar 50, 70, 100 terminais.

      Nem o Linux se encaixa em muitos caso, devido aos funcionários ou empasses específicos da empresa, embora fosse a escolha mais eficaz de todas para este serviço.

      O fato é que a MS parou de pensar nas empresas! O sistema, mesmo a versão empresarial, não serve como sistema robusto para um terminal, ainda assim tem muitas firulas que você não consegue se livrar.

      Enquanto isso, o Linux é super eficiente permitindo até emulações em servidor mais robustas para vários terminais, sem contar que o sistema é super adaptável, o que o grupo de TI achar dispensável pode ser removido.

    • Knux disse:

      somente um completo boçal para achar que empresas entrarão na lista de pré-vendas do windows… francamente…

  2.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.