ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 

Anel da castidade ganha versão para iPhone

No que pode ser a primeira versão digital do anel, programa foi desenvolvido por empresa que espera atrair jovens ligados em tecnologia e que desejam demonstrar os benefícios do autocontrole sexual até o casamento.

 

Os anéis da castidade — também conhecidos como anéis de pureza, anéis de compromisso ou anéis de abstinência — são uma invenção americana da década de 1990. Surgiram dentre grupos de abstinência sexual ligados a igrejas cristãs e são vendidos a adolescentes ou pais de adolescentes que queiram presentear seus filhos.

O uso desses anéis geralmente é acompanhado por um voto religioso de celibato até o casamento. São usados como demonstração de compromisso com a abstinência sexual até que sejam substituídos por uma aliança de casamento.

Ao contrário dos anéis de compromisso, os de castidade não necessariamente indicam compromisso afetivo. O simbolismo do anel da castidade é semelhante ao pretendido por quem usa correntes no pescoço com pingentes em forma de cruz ou crucifixo representando a fé do usuário em Jesus Cristo. O anel da castidade vai mais além, sendo um sinal externo de um compromisso voluntário de ordem moral.

Agora os jovens podem demonstrar seu voto de pureza também através do iPhone e do iPod touch, com o lançamento da aplicação PurityRing na App Store da Apple.

Desenvolvida pela Island Wall Entertainment, o que a aplicação faz é exibir um anel prateado girando na tela do aparelho. A empresa, que se descreve como a maior desenvolvedora de aplicações para cristãos para o iPhone, espera atrair jovens ligados em tecnologia e que, ao mesmo tempo, desejam demonstrar os benefícios do autocontrole sexual até o casamento. O programa tem a intenção de ser um complemento ao anel físico, e não um substituto.

Crê-se que esta seja a primeira versão digital do anel.

Dentre os usuários famosos dos anéis de castidade — e que agora tornam-se potenciais usuários do PurityRing — estão os integrantes da banda pop Jonas Brothers.

A aplicação é vendida a US$ 0,99 na App Store e pode ser baixada aqui (iTunes requerido).

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

4 respostas a Anel da castidade ganha versão para iPhone

  1. Knux disse:

    Eu tenho uma teoria sobre um outro anel que essas moças usam para continuarem puras 😛

  2. nemo disse:

    cara que programa idiota… a apple adota tirar onda que tem trocentas aplicações no itunes mais no mínimo só umas 500 deve prestar.

    • Johnny Bravo disse:

      É mesmo? E quem é que define o que presta e o que não presta? Você?

      Se você acha esse programa idiota, deve achar os próprios anéis físicos idiotas também. Mas, para uma quantidade de gente muito maior do que você imagina, os anéis não são uma coisa idiota. Esses são potenciais usuários desse programa, até porque custa quase nada.

      Um pouco de respeito pelos gostos e preferências alheios não faz mal a ninguém.

    • Romulo disse:

      É poxa :) da mesma forma que respeitam o gosto de quem usa Windows.

Os comentários estão encerrados.