ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Em sua campanha de marketing Laptop Hunters, empressa de Bill Gates mostra etiqueta de preço de portátil da Apple custando 300 dólares acima do preço real.

 

“Agora falemos da Apple. O que vocês farão a respeito daqueles comerciais da Apple? Isso foi há um ano. Nossa, quando voltei para casa das férias, irmãos, irmãs, primos me disseram: ‘Ei, espero que você não tenha nada a ver com aquele marketing da Microsoft'”, disse Kevin Turner, diretor de operações da Microsoft, durante a Worldwide Partner Conference 2009 da Microsoft nesta quarta-feira (15). “O que vocês farão a respeito daqueles comerciais da Apple?”

Turner respondeu: “Fiquem ligados, fiquem ligados, fiquem ligados. Uau! Demos o troco? Os comerciais PC Hunter, os PC Rookie foram claramente os vencedores”.

“E sabe como sei que estão funcionando? Porque há duas semanas recebemos uma ligação do departamento jurídico da Apple dizendo: ‘Ei, vocês precisam parar de exibir aqueles comerciais, baixamos nossos preços’. Eles baixaram cerca de US$ 100 ou algo assim. Foi a melhor ligação telefônica que já recebi em minha carreira. (Aplausos.)”

“Respondi a princípio: ‘É uma piada? Quem é você?’ Mas que oportunidade. E vamos continuar exibindo e exibindo e exibindo nosso comerciais”.

Leia mais no artigo completo da Microsoft.

O MacBook Pro que a Microsoft continua falsamente anunciando em sua campanha de marketing como custando US$ 1999 (vide foto) na verdade custa US$ 1699. A imagem pertence a um dos vídeos da campanha Laptop Hunters da Microsoft que pode ser visto na íntegra aqui.

Tags:
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

6 comentários para “Advogados da Apple forçam Microsoft a parar com propaganda enganosa do MacBook Pro”
  1. Ipso Facto disse:

    Aparentemente a Microsoft nunca ouviu falar em propaganda enganosa. A imagem acima — de uma campanha que, aliás, está ajudando a Apple a vender mais Macs — mostra um preço não 100 nem 200 dólares maior, mas 300 dólares. Turner certamente sabe disso, mas, sabe como é, mentir está no DNA da Microsoft.

    O MacBook Pro que a Microsoft falsamente anuncia como tendo preço de varejo de US$ 1999 na verdade custa US$ 1699. Mesmo assim, a Microsoft prefere continuar mentindo e exibindo sua propaganda enganosa. Subliminarmente, a Microsoft coloca atrás da etiqueta errada uma outra ainda mais errada, de US$ 2499. Por que faz isso? Pois, se não o fizer, não consegue ajudar a vender hardware fajuto com Windows, por isso recorre a todo tipo de truque, tal como a encenação desempenhada pelo Sr. Turner ontem. 300 dólares é uma bela diferença que a Microsoft aparentemente não se incomodará em corrigir até que seja obrigada pela força do departamento jurídico da Apple. A atitude de Turner ao receber a ligação da Apple diz muito a respeito da mentalidade e da moral da Microsoft.

    Tenho uma teoria para o fracasso da Microsoft em sua risível tentativa de frear a ascenção do Mac. Talvez o público não tenha se identificado com os frustrantes personagens da campanha, retratados como ignorantes obcecados por uma etiqueta de preço e incapazes de entender conceitos básicos para a compra de um computador pessoal. Há uma boa chance de que o público não queira ver a si mesmo como alguém sem visão capaz de dizer, como disse Lauren, “não sou legal o bastante para usar Mac”.

    Compare a pobreza da campanha da Microsoft com a eficaz simplicidade da mensagem anti-PC da Apple no seguinte vídeo integrante da premiada campanha Get a Mac:

    A campanha da Microsoft é tão sem noção que rendeu até uma ácida crítica da LandlineTV em forma de paródia:

    Usuário de PC/Windows: saia dessa vida, compre um Mac! E JAMAIS acredite em uma única palavra dita pelos executivos da Microsoft.

    • Johnny Bravo disse:

      Você tá de zona, né? Ou então está sendo pago para vir aqui fazer propaganda do concorrente.

      O artigo do outro site não diz nada que este não tenha dito, exceto pela opinião do autor dizendo não acreditar na veracidade da história. Se é a isso que você se refere, isso não quer dizer que o artigo do AppleMania esteja incompleto, e sim que só não tem uma opinião expressa nele.

      Nesse aspecto, prefiro a abordagem do AppleMania, na qual o editor se expressa em um comentário, e não no texto do artigo. Aliás, se o que conta são opiniões, a de nosso editor tá bem mais completa e abrangente que a do outro. Sugiro ler a dele para ficar melhor informado. 😉

  2. Knux disse:

    Eu não sei se a Apple teria o trabalho de ligar para o cara ou mesmo entrar na justiça. Mas a propaganda é mentirosa e caluniosa… dá para ver da onde vem o hábito de mentir dos ms-fanboys.

  3. Romulo disse:

    Eaarrr… A propaganda vai continuar :/

  4. Sinceramente não entendo este tipo de campanha da Microsoft. Acho que esta “Gigante empresa” ainda não se deu conta que só produz unicamente software. Como pode esta empresa realizar tal propaganda contra uma empresa APPLE que fabrica Hardware e o seu próprio Software e que ainda dá possibilidade de instalar outros softwar. Um computador MAC tem o Boot Camp que serve para instalar outros sistemas operativos além do OS X. Suponho que se a venda do Mac vai subindo até é natural que muitos dos novos utilizadores queiram acrescentar outro sistema operativo.Da minha parte, chega-me bem o OS X, prefiro um ou outro programa para a plataforma Mac.

  5.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.
Get Adobe Flash player