ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

“A Honda não se sente compelida a dar suporte aos donos de Toyota que gostariam de usar os sistemas superiores de controle de airbag da Honda. Não se pode jogar jogos do Wii no Xbox 360. É justo tratar a Apple segundo os mesmos padrões de todo o resto”.

 

“[Nesta quarta-feira] a Apple finalmente fez o que devia e bloqueou a capacidade que os donos de Palm Pre tinham de sincronizar seus aparelhos com o software iTunes da Apple. E está tudo bem”, diz Alex Salkever no DailyFinance.

Segundo ele, não é razoável esperar que a Apple abra seu software à sincronização com outros aparelhos que não o iPhone e o iPod. “Sim, em um mundo de interoperabilidade perfeita, todos os aparelhos devem funcionar bem uns com os outros. Mas não vivemos nesse mundo e muitas das empresas de tecnologia que conheço também não. Então por que a Apple deveria?”

Salkever observa que a notícia do bloqueio do Pre no iTunes deixou algumas pessoas chocadas e revoltadas. “Conforme a notícia do bloqueio se espalhou na Internet, uivos de horror encheram a blogosfera. Donos de Pre queriam ver sangue. A galera da informação livre enlouqueceu. ‘O monopólio do iPhone e do iPod deve acabar!’, trombeteou uma manchete. É como se ninguém tivesse opções aos tocadores e ao smartphone da Apple”.

“Naturalmente, ninguém pareceu protestar pelo fato de os donos de iPhone não poderem sincronizar seus aparelhos com outros baseados em Windows ou de os donos de Pre não poderem sincronizar com o BlackBerry”, comenta Salkever.

Ele acha a revolta pelo bloqueio do Pre no iTunes algo tão sem sentido quanto esperar que se possa jogar jogos do Wii no Xbox 360, por exemplo. “Nunca ouvi queixas de que os pacotes de jogos não são compatíveis. O princípio é o mesmo: os fabricantes de hardware proprietário só permitem que software de concorrentes rode em seus aparelhos se quiserem. Ponto. Se a Apple não quer suportar o aparelho da Palm, é prerrogativa dela. Esse problema não está confinado ao setor de tecnologia. A Honda não se sente compelida a dar suporte aos donos de Toyota que gostariam de usar os sistemas superiores de controle de airbag da Honda, por exemplo. (…) É justo tratar a Apple segundo os mesmos padrões de todo o resto”.

Leia mais no artigo completo de Salkever.

Leitura adicional recomendada: CNBC: como a Palm podia crer que poderia ser aproveitar do iTunes?

Tags:, ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

Um comentário para “Apple fez bem em banir Palm Pre do iTunes, diz DailyFinance”
  1. Nilton Pedrett disse:

    Mais ou menos… o grande passo dado pela indústria foi justamente a interoperabilidade e compatibilidade seguindo padrões. Um analista que diga “Ok se a Apple resolver parar de usar USB para focar no Firewire” comete um erro tão crasso quanto os “visionários” que apostaram no APPLETALK ou o IPX como protocolos de rede após o mundo usar o TCP/IP.

    Obvio. Posso lançar (como a Canon fazia com a sua PowerShot) um protocolo proprietário para baixar as fotos no computador. Mas isso é interessante A LONGO PRAZO? Não tenho bola de cristal, mas todas as vezes nestes 20 e tantos anos que acompanho os noticiários de tecnologia, que uma empresa tentou dificultar a vida dos seus usuários ela entrou pelo cano. Alguém aí usa um pendrive FIREWIRE? nem eu.Vamos ao mundo real. Muita gente gosta do Mac por que ele virou um símbolo cool. Status. Sou obrigado a usar um e acho uma m. Adorava o OS 9. O X para mim é um XP malfeito (apesar do XP já ser um X mal copiado…). Os GNU/Linux-BDS-Unix like são um suplício para uso no desktop. O Vista nem se fala… a impressão que tenho é que os engenheiros de software NÃO USAM COMPUTADORES. Então, nem todo mundo pode simplesmente adotar uma solução integrada… imaginem uma empresa que adote o PRE como solução corporativa e tenha que escolher o SO para sua equipe. Já vejo alguém dizendo: “Mac não! ele não tem suporte para o PALM PRE”. Mais alguns milhares de MACs a menos no mercado.

    O pessoal de TI de hoje se esqueceu do que o Peter Norton ensinava no seu fabuloso “Introdução à Informática” :”Primeiro escolha o software para depois escolher o computador.”.

    No final das contas, dois moleques vão fazer um hack no itunes para usar o PALM de qualquer jeito mesmo…

    01010111!

  2.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.