ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Embora a Apple tenha ganho uma “grande dianteira inicial” com sua App Store, executivo da Microsoft disse que “ainda há muito jogo pela frente”.

 

“O iPhone da Apple pode ser o favorito do momento, mas não dê o Windows Mobile como carta fora do baralho. Pelo menos essa é a visão de uma fonte tendenciosa que se pronunciou [nesta quarta-feira, 22] na conferência sobre jogos eletrônicos Casual Connect, em Seattle [EUA]. Steven Hegenderfer, gerente de grupo de produto do Windows Mobile, disse que a indústria de celulares ainda está bem na ‘infância'”, relata John Cook em artigo publicado no TechFlash.

“‘Quem quer que ache que a Apple vai dominar essa coisa está dolorosamente errado’, disse Hegenderfer. ‘E não estou estou sendo convencido. Estamos ainda no início dessa indústria… ainda mal tocamos a ponta do iceberg. E isso é entusiasmante… É como um rally em busca do pote de ouro’. E, embora a Apple tenha ganho uma ‘grande dianteira inicial’ com sua App Store, Hegenderfer disse que ‘ainda há muito jogo pela frente'”, conta Cook.

Em resposta a comentários de um desenvolvedor de software presente na platéia, Hegenderfer disse haver uma área em que ele realmente sente inveja da Apple. “‘Se há uma área onde invejo a Apple é [a da uniformidade da plataforma iPhone]. Do ponto de vista do desenvolvedor, é como dizer a si mesmo: Puxa, tenho uma única base instalada como alvo e conheço o tamanho da tela, o processador e o que está no aparelho. Adoro isso'”.

Leia mais no artigo completo de Cook.

Tags:
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

6 comentários para “Microsoft: Apple não vai mandar na indústria de celulares”
  1. Ipso Facto disse:

    Ele está certo sobre a indústria estar ainda na infância, mas a Apple é como aquele garoto precoce que já completou a faculdade antes dos 21, enquanto a Microsoft com seu Windows Mobile está mais para um paciente na UTI ligado a um respirador artificial. O paciente pode se recuperar? Claro que pode. O garoto precoce pode ficar doido e desgraçar a própria vida? Claro que pode. Mas que chances há de que uma ou outra coisa aconteça?

    Subestimar a maciça vantagem da Apple não faz mal aos retardatários na corrida porque, mesmo que decidam parar de iludir-se e reconheçam haver um monumental desafio à frente, provavelmente nunca alcançarão o líder — especialmente quando esse retardatário é um ultrapassado Windows Mobile. Foi justamente por causa da típica atitude da Microsoft de subir no salto alto e subestimar a concorrência que o analista Jackson Turner, da Arguns Research, recomendou aos acionistas da Microsoft que vendam suas ações.

    Uniformidade na plataforma é algo que você nunca verá no seu modelo de negócio, Zune Boy. Se essa for a única área em que você tem inveja da Apple, então, sem surpresas, está fadado a continuar vendo seu mercado encolher.

  2. Knux disse:

    cara, a ms SUMIU do mercado de celulares… a HTC pretende que mais da metade dos seus próximos celulares sejam lançados com android.

    eles tinham que pegar o chapéu e ir embora, fingir que nunca mexeram com celular.

  3. Romulo disse:

    Eu já disse, ta na hora de a MS para com essa de atirar para todos os lados e se concentrar em alguma coisa para ver se faz algo direito.

  4. Lukeskymac disse:

    Lembrando que o presidente dessa mesma empresa dispensou o iPhone e afirmou que não conseguiria uma fração o mercado.

  5. Fábio disse:

    A Apple é líder hoje, mas sua hegemonia obviamente não é garantida. Eu creio que a Apple será surpreendida com algum smartphone de baixo custo rodando Android, o que vai aumentar absurdamente a concorrência. Se ela vencer esse novo round, aí sim será difícil batê-la.

    • Lukeskymac disse:

      Claro, porque foi isso o que todo mundo achou que iria acontecer com o iPod. E foi o que aconteceu, certo? ¬¬

  6.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.