ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Empresa demonstra claramente como a tática da Psystar tem o único propósito de protelar a decisão do caso em curso na Califórnia, tática similar à tentada pela Psystar ao pedir concordata.

 

Quem realmente está por trás da Psystar?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

“Na semana passada a Psystar entrou com processo contra a Apple no estado da Flórida alegando que a ligação feita pela empresa entre o Snow Leopard e o hardware da Apple é anticompetitiva, restritiva e, em último caso, uma violação das leis antitruste. Caso isso soe familiar, é porque argumentos similares concernentes ao OS X Leopard já foram usados pela Psystar e rejeitados pela corte da Califórnia no caso atualmente em curso”, diz o Edible Apple.

Segundo o artigo, a Psystar está tentando convencer a Justiça de que o novo litígio difere do anterior, movido pela Apple contra a Psystar, porque aquele envolve o Leopard enquanto o novo diz respeito ao Snow Leopard.

“Numa tentativa de provar que os casos são diferentes, a Psystar argumenta que os ‘mecanismos técnicos usados pela Apple para atar o Mac OS X Snow Leopard ao Macintosh’ são completamente diferentes dos usados no Leopard. Curiosamente, no entanto, a Psystar não forneceu qualquer descrição de como tais restrições mudaram ou, mais importante, como ela conseguir saber disso ao entrar com o processo antes mesmo do Snow Leopard começar a ser vendido”, observa o Edible Apple.

Mas, segundo o site, a Apple não engoliu a lorota da Psystar e disse:

A Psystar alega, em seu processo na Flórida, que utiliza um método de defraudação diferente para o Snow Leopard. A Apple duvida que isso seja verdade. Uma imediata avaliação do código-fonte da Psystar responderá essa questão.

“O processo mais recente da Psystar ressuscita teorias antitruste já rejeitadas pela corte da Califórnia como sem fundamento. Na primeira instância, a Psystar alegou que a Apple tinha um monopólio do mercado do OS X, enquanto agora alega que a Apple tem um monopólio do mercado de ‘computadores prêmium’. Em ambas as instâncias, a Psystar tenta estabelecer uma visão estreita de um ‘mercado’ que simplesmente não existe sob a lei”, comenta o Edible Apple.

Citando outra parte da resposta da Apple dada na Justiça:

A Psystar não deve ter permissão de reafirmar em uma nova ação as alegações antitruste que esta Corte já rejeitou e que a Psystar optou por não corrigir. Nem deve a Psystar ter permissão para, em litígio simultâneo em outro fórum, submeter assunto pendente neste caso e nesta Corte. Permitir esse grosseiro joguete entre fóruns não só é prejudicial à Apple ao atrasar a conclusão de assuntos em questão neste caso como também é um desperdício de recursos judiciais e pode desnecessariamente criar a possibilidade de resultados inconsistentes.

Em outras partes de sua resposta, diz o Edible Apple, a Apple demonstra claramente como a tática da Psystar tem o único propósito de protelar a decisão do caso em curso na Califórnia contra ela, tática similar à tentada por ela ao pedir concordata.

“Baseado numa ampla análise dos argumentos de ambos os lados, parece-nos claro que o processo aberto pela Psystar na Flórida é, na melhor das hipóteses, frágil e frívolo. A Psystar não fornece nenhuma evidência específica de que a questão envolvendo o Snow Leopard, técnica ou não, é de alguma forma diferente da que envolve o Leopard. Nossa previsão é a de que os dois casos serão resolvidos na Califórnia. Mas, para nossa sorte, não teremos que esperar muito. O juiz Alsup, do caso da Califórnia, já agendou audiência para 4 de setembro para resolver os problemas levantados tanto pela Psystar quanto pela Apple”, conclui o site.

Leia mais, incluindo outras partes da resposta da Apple, no artigo completo do Edible Apple.

Tags:
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

5 comentários para “Apple responde a novo processo da Psystar: ‘joguete grosseiro’”
  1. Knux disse:

    a corte da califórnia já julgou o mérito dos argumentos anti-truste e contra a eula? acho que perdi essa notícia….

  2. Knux disse:

    verdade…

    os argumentos sobre anti-truste foram rejeitados… a invalidade da eula é que não foi.

    • Zumbi dos Palmares disse:

      Ainda.

    • Knux disse:

      ué, mas isso é óbvio… ninguém supõe que essa novela vá durar para sempre 😛

      analisando friamente, acho que as chances da psystar são poucas… ela devia ter cortado as palhaçadas e ido direto ao ponto: essa eula vale ou não? dessa maneira teria mais chances.

      irritar o juíz (e agora mais um) não vai ajudar em nada o caso.

  3.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.
Get Adobe Flash player