ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Ampliação do suporte ao OpenGL do Snow Leopard por mais fabricantes vai continuar enfraquecendo os esforços da Microsoft por matar os padrões abertos das GPUs e substituí-los por alternativas exclusivas para Windows.

 

“O suporte da Apple ao OpenGL e sua introdução do OpenCL como novo padrão em computação GPGPU funcionarão juntos para enfraquecer o esforço proprietário da Microsoft para tornar o DirectX/D3D a API primária suportada pelos desenvolvedores de hardware GPU, como AMD/ATI e NVidia”, diz Daniel Eran Dilger no AppleInsider.

Segundo ele, o poder estabelecido pela Microsoft em seus esforços por matar os padrões abertos das unidades de processamento gráfico (GPU) e substituí-los por alternativas exclusivas para Windows vai continuar enfraquecendo à medida que, do Wii ao PlayStation 3 e à força arrasadora do iPhone/iPod touch da própria Apple na computação móvel, outras plataformas depositam seu suporte exclusivamente no OpenGL.

“A tendência de maior utilização dos recursos disponíveis da GPU, junto com a arquitetura Grand Central Dispatch do Snow Leopard, que ajuda os desenvolvedores a tornar isso fácil e transparente, possibilita também à Apple inovar em hardware futuro, acrescentando novos chips de aceleração a seus próprios projetos ou simplesmente incluindo melhor suporte aos recursos das GPUs existentes dos atuais fabricantes”, comenta Dilger.

“A Apple não só agarrou o poder da GPU em 1999 mas a aplicou no Quartz Graphics do Mac OS X; a Microsoft não implementou modernas e avançadas composições gráficas senão no Windows Vista, em 2007, e então fracassou em vendê-las a seus usuários”, diz Dilger.

Leia mais no artigo completo de Dilger.

Tags:, , , , ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

13 comentários para “Otimização de GPU do Snow Leopard tem Microsoft como alvo, diz AppleInsider”
  1. Romulo disse:

    Provavelmente a API da MS não vai enfraquecer como se espera, a grande plataforma de 90 por cento de usuários que mesmo assim já guarda um numero pequeno de jogadores (porem incomparável nos computadores) para um mercado tão faminto, jamais vai permitir que o Windows deixe de ser uma plataforma de jogos… Afinal o jogador é um grupo especifico de usuários que geralmente não busca um Mac, tem prazer em montar suas maquinas. Que vale muito mais a pena ou comprar um console, algo no qual a Apple ainda não entrou, e onde só se fala sobre futuro…

    Se a Apple lançar alguma linha para esse usuário as coisas podem mudar, mas até la o jogador continua querendo seu computador personalizado ou seu console mega poderoso…

    Concordo que as alternativas abertas podem crescer muito mas elas não vão diminuir o Direct 3D provavelmente. Elas vão suprir um buraco que existe no mercado de jogos a anos…

    Curiosamente… A Microsoft colaborou por um grande período com o pessoal da OpenGL, aliás, curiosamente foi uma das fundadoras. La por 2004 ela saiu de lá alegando que iam redirecionar os esforços para sua API gráfica Direct3D.

    Ele ja foi sim muito ruim, la pela versão 7.0 os programadores reclamavam que era quase impossível fazer algo com ele… Infelizmente as custas do OpenGL ele melhorou muito no 9.0.

    Mas algumas abstrações, como camadas de desenho, são muito mais fáceis de implementar com o Direct3D. Pois ele nasceu como uma API para jogos, e como tal é incomparável desenvolver jogos com ela. Enquanto o OpenGL é para uso geral. Mesmo tendo um linha de escrita mais intuitiva e um código mais elegante, é mais fácil desenvolver jogos com a API da MS…

    Ainda por cima o mercado dos fabricantes tem que se entender, antes das APIs ainda existe a grande dor de cabeça das arquiteturas dos fabricantes, onde a ATI decide implementar o Direct em hardware e o openGL em software, e a NVIDIA, faz o contrario, sem contar nos compiladores…

    Enquanto existirem ”n” APIs os mercados específicos vão trabalhar com a que mais se adequar em custo, em tecnologia e ao consumidor, por enquanto o mercado de jogos continua direct. E é ele quem controla grande parte das vendas dos fabricantes.

    • Lukeskymac disse:

      Voce se esqueceu do Wii e do PS3… alem do iPhone.

    • Romulo disse:

      O ps3 e o Wii oferecem compatibilidade com o direct x 9, para você ter uma idéia… O ps3 apesar de usar OpenGL, é modificado e garante compatibilidade com o direct x 9.

      Um ponto que poucos sabem é que o Direct X 10 nos PCs e o Direct X 9 L, nos Xbox 360 permitem efeitos visuais mais trabalhados e avançados que o OpenGl. Graças ao fato de que ele se concentra nisso, em jogos… Esse é um dos grandes problemas dos consoles em geral sem poder atualizar a API.

      O OpenGL tem motivos muito dissipados para lidar com o mercado de jogos na mesma força que o Direct X, talvez ele um dia consiga, mas dês de 2004 ele tem tido problemas para se mostrar capaz.

      Direct X não lidera por que ha dinheiro envolvido em comprar o mercado, se fosse o caso temos a Apple injetando esforços no OpenGl. Porem dês de que o grupo de projeto da ms saiu o openGL decaiu no mercado de jogos. Sim, ele era mais equilibrado com o mercado de jogos la por 2002! Lançamentos de qualidade faziam uso dele sim.

      O fato é que ele é mais funcional para tarefas de pesquisa e projetos científicos, GPGPU e algumas outras tarefas comparado com o Direct X… Alias é um dos grandes motivos de a interface do vista ser realmente ruim e pesada, pois se usa o OpenGL como uma camada sobre o Direct X, fica horrível, enfim.

      OpenGL é muito importante para o mundo no fim das contas… Porem ele tem que crescer, e suprir melhor esse lado do mercado e tentar contra atacar nos jogos…

      Eu falei do iPhone e disse o que é bem claro para mim… o iPhone não é plataforma de jogos, isso é futurologia, no momento o iphone não tem jogos que possam competir com outros consoles, são bons passa tempo mas não promoveram nenhuma evolução tecnológica que justificasse comentar a API, ou uma batalha no mercado games… é o mesmo que dizer que o zune é uma plataforma maravilhosa para jogos só comentando o hardware do aparelho…

      O OpenGL pode e deve crescer, para quem não sabe o Xbox 360 também tem nível de compatibilidade com o OpenGL. Agora nada indica que o Direct X vai diminuir, apenas o OpenGL vai ocupar o lugar dele no padrão aberto fornecendo solução total para todos.

      O maior problema que eu acredito existir são empresas acomodadas que reclamas até vomitar do Direct X mas não contribuem para o OpenGL, afinal ele é um projeto aberto não é fácil assim se sustentar no mercado e só a Apple não vai carregar esse fardo nas costas.

      Um bom começo seria desenvolver para Mac e Linux alguns jogos, ou até para o XP, pois no Vista em diante o OpenGL funcionara como uma camada sob o Direct X e bom… Esta na hora das empresas defenderem melhor seus interesses para não dependerem tanto do Direct X.

    • Lukeskymac disse:

      “O ps3 e o Wii oferecem compatibilidade com o direct x 9, para você ter uma idéia… O ps3 apesar de usar OpenGL, é modificado e garante compatibilidade com o direct x 9.”

      Irrelevante. A Sony não é burra o bastante para apoiar uma API proprietária como a da Microsoft, nem a Nintendo. O que importa é que eles NÃO usam DirectX, e o PS3 é bem superior graficamente ao Xbox, não importa o que disser.

      “no momento o iphone não tem jogos que possam competir com outros consoles”

      err, Errado! O iPhone, apenas de estar cheio de joguinhos casuais de desenvolvedores pequenos, também recebeu vários jogos hard-core e até remakes dos clássicos…. Assassin’s Creed, Myst, Wolfenstein, Need for Speed Undercover, Civilization IV (este último infelizmente tem uma interface horrível) e tantos outros não chegam nem perto de casuais pelo que consta meu livro.
      O iPhone sempre foi uma ameaça ao Nintendo DS… Agora que temos o 3GS com hardware superior (que já está começando a ganhar jogos otimizados) e suporte a acessórios via Dock, mesmo que a falta de um bom analógico e os quatro botões físicos básicos impeça os jogos de iPhone em certo ponto, basta as grandes marcas criarem um simples acessório que adicione essa funcionalidade… e quando menos esperar, o PSP vira poeira!

      “O OpenGL pode e deve crescer, para quem não sabe o Xbox 360 também tem nível de compatibilidade com o OpenGL.”

      Novamente irrelevante… É como afirmar que a Microsoft talvez apóie o Quick Time só porque ele tem versão Windows… ela tem seu tocador proprietário, e sabemos muito bem que ele foi feito *especialmente* para impedir o sucesso do QuickTime…

      “O maior problema que eu acredito existir são empresas acomodadas que reclamas até vomitar do Direct X mas não contribuem para o OpenGL”

      FATO: Desenvolvedores são preguisoços. MUITO. Eles são o motivo pelo qual o Mac é percebido como plataforma ruim para jogos, devido aos seus portes malfeitos que são, na maioria das vezes, a versão Windows com algum emulador em cima. Eles também são meu maior medo em relação ao SL: GDC e OpenCL tem o potencial de triplicar a performance de certos aplicativos quando usados propriamente, mas temo que poucos desenvolvedores os adotem…

    • Romulo disse:

      Irrelevante. A Sony não é burra o bastante para apoiar uma API proprietária como a da Microsoft, nem a Nintendo. O que importa é que eles NÃO usam DirectX, e o PS3 é bem superior graficamente ao Xbox, não importa o que disser.

      Claro cada um usa a que preferir e obviamente não sendo dona da API, para a Sony o OPG tem vantagens comerciais, só mostra que o OGL é viável, porem não ideal.
      A compatibilidade foi comentada a fim de demonstra que o OPG não é atualmente 100 por cento capaz de se oferecer sozinha sem alterações, uma solução pronta. Algo que eu acho crucial para ela, sendo uma API não obrigatória ao desenvolvedor e ainda livre.
      Afinal ela se propõem a servir para desenvolvimento no geral, se ela quer atuar em todo tipo de desenvolvimento, ao contrario do Direct X, ela não pode se mostrar como uma alternativa menos eficiente para jogos.

      É um dos passos a se dar para aumentar a participação no mercado e fazer algo que a MS atualmente não precisa, chamar a atenção para si, ser atraente para o desenvolvedor.

      Não estou querendo mudar sua opinião sobre o PS3, não gosto de consoles, saem mais caro que investir em um computador que evolui mais rápido do meu ponto de vista, estou dizendo o que eu acho.

      O PS3 é dificultoso de se programar, tirar proveito dos múltiplos núcleos que são 8 até agora não foi feito, extrapola o orçamento que as empresas procuram e gera prejuízo, não é o caminho a se tomar para projetar jogos mais pesados. sem contar que o OPG não gera os efeitos gráficos do Direct X 9 do Xbox nem do Direct X 10.
      Para mim os consoles atuais ainda são uma imagem pouco madura dos consoles que estão por vir. Da mesma forma que vejo muita coisa no mercado de games, como SLI e Crossfire como exemplo.

      A resposta no mercado foi clara, o aparelho não vendeu como se esperava, e apesar do nível patético de falhas do Xbox 360 ele tem se saído melhor em vendas, assim como os desenvolvedores não conseguiram desnivelar os jogos do PS3 para com o Xbox. Apesar da diferença de potencial de hardware, complicar a arquitetura não é o melhor jeito de subir a performance.

      rr, Errado! O iPhone, apenas de estar cheio de joguinhos casuais de desenvolvedores pequenos, também recebeu vários jogos hard-core e até remakes dos clássicos…. Assassin’s Creed, Myst, Wolfenstein, Need for Speed Undercover, Civilization IV (este último infelizmente tem uma interface horrível) e tantos outros não chegam nem perto de casuais pelo que consta meu livro.

      O iPhone sempre foi uma ameaça ao Nintendo DS… Agora que temos o 3GS com hardware superior (que já está começando a ganhar jogos otimizados) e suporte a acessórios via Dock, mesmo que a falta de um bom analógico e os quatro botões físicos básicos impeça os jogos de iPhone em certo ponto, basta as grandes marcas criarem um simples acessório que adicione essa funcionalidade… e quando menos esperar, o PSP vira poeira!

      Para mim continuará sendo futurologia. a Apple tem de cruzar uma linha que delimita um dispositivo capaz de rodar jogos para um dispositivo concorrente real para consoles. Comparando desta forma o Windows mobile também é muito promissor para consoles, todos os jogos citados tem versão para Windows mobile no caso, mas sabemos que ele não serve a esse mercado como um console… Fica a questão de onde estão as razões promissoras.

      O iPhone está no horizonte pelas possibilidades interessantes de interação com os jogos até o momento, assim como o fato de estar disseminado no mercado. Até agora os esforços para mim tem se mostrado em uma pesquisa para portar o iPhone para as designações de um console propriamente dito, que engloba a interface entre jogador e jogo, disponibilidade de jogos que não se aplicam a qualquer aparelho e um hardware de vídeo adequado para jogos pouco convencionais que saem para consoles portáteis especificamente (ponto mais relevante do meu ponto de vista, que é o maior diferenciador de console portátil para um aparelho de mão que roda jogos).

      O iPhone mostrou uma nova possibilidade de interação que precisa ser estudada, isso eu concordo e acho muito legal, mas não basta mostrar algo novo e se dizer um futuro console promissor quando requisitos básicos precisam ser adequados para ser um console e não um aparelho capaz de rodar jogos que tem um mais de interatividade mas não faz o mesmo que o console.

      Até la ele continua sendo uma possibilidade no mercado de jogos, mas não representa concorrência real para o mercado realmente grande de jogos.

      Novamente irrelevante… É como afirmar que a Microsoft talvez apóie o Quick Time só porque ele tem versão Windows… ela tem seu tocador proprietário, e sabemos muito bem que ele foi feito *especialmente* para impedir o sucesso do QuickTime…

      Como assim? Em nenhum momento a MS trabalha com o QT, ajuda ou depende dele, foi um esforço completamente a parte de portar para o Windows que não foi feito pela MS.

      Ela NÃO apóia o QT e mais relevante, não depende dele…

      Com isso quis mostrar o fato de que a MS pensa em usar as funcionalidades do OGL e assim mostra também ser dependente do OGL embora o faça porcamente, não sendo capaz de competir nos requisitos do OGL, que apesar de pouco relevantes para o mercado de jogos mostram sua importância.

      FATO: Desenvolvedores são preguisoços. MUITO. Eles são o motivo pelo qual o Mac é percebido como plataforma ruim para jogos, devido aos seus portes malfeitos que são, na maioria das vezes, a versão Windows com algum emulador em cima. Eles também são meu maior medo em relação ao SL: GDC e OpenCL tem o potencial de triplicar a performance de certos aplicativos quando usados propriamente, mas temo que poucos desenvolvedores os adotem…

      Luke, não aceitar uma API por ela ser menos intuitiva e mais complicada de se programar não é preguiça nenhuma. É dizer não a uma API que falha no seu trabalho, para o qual ela existe, que é simplificar o desenvolvimento e a comunicação entre o hardware e o código para o desenvolvedor, ao máximo.

      No menor dos motivos isso representa adotar uma ferramenta inadequada para a proposta, no caso programar jogos.

      Não achar substancialmente viável refazer todo o código com uma API menos intuitiva e ainda menos adequada para se atingir o maior mercado não é preguiça, infelizmente é necessidades comerciais…

      Se você providenciar uma empresa que queira ter prejuízo suportando as duas APIs substancialmente, os múltiplos núcleos de um computador convencional ou um código totalmente em 64 bits e outro em 32, bom para o consumidor.

      São exemplos de praticas atualmente inviáveis economicamente e mercadologicamente e não de preguiça. Inclusive são praticas impossíveis de se por em funcionamento até mesmo pela comunidade que procura desenvolver rapidamente e vem tentando portar alguns jogos para o Linux. Processo muito trabalhoso, fora o fato de esbarrar em alguns problemas.

      Você está certo em ter esse medo mas o motivo não é preguiça, muita empresa descontente com o Direct X não quer arcar com o futuro por que não quer ter prejuízo a curto prazo. Projetos como o da Sony de implementar o OGL são formidáveis apesar de não serem ainda maduros tem um futuro muito promissor, e se espera que empresas desenvolvedora de jogos tomem partido como a Sony de dar um suporte digno ao OGL tão competitivo quanto, forçando sua introdução no mercado nem que para isso tenham de ralar o joelho.

      Não basta ficar olhando, é preciso, nem que seja atirar no escuro.

      Agora isso não demonstra ser capaz de enfraquecer o Direct X, acredito que ele reinara muito ainda no mercado realmente dele, dos computados PCs, e o OGL se tornara a ferramente que se deseja que ela vire para consoles, sistemas Unix e qualquer coisa que envolva liberdade. Mercado onde o Direct X não tem força e como eu disse é um buraco que precisa ser preenchido.

      Por que possivelmente será assim? Dificilmente o Direct X deixara de ser uma solução pratica para programar jogos se vier a ocorrer vai ser por desleixo. E por mais que o OGL se encaixe nos requisitos, dificilmente uma grande massa de usuário jogadores vai migrar para o Mac ou qualquer sistema Unix para Jogar. Pode ocorrer? Pode, tudo é possível, mas a que tudo indica provavelmente não.

  2. Antonio disse:

    Nunca ouvi falar que o OpenCL é uma ferramenta para se produzir games, o que ouvi é que ele é uma ferramenta para se utilizar o poder de processamento das GPUS em aplicativos, que o seu padrão de programação é baseado no OpenGL.

    A Microsoft foi muito eficiente em disseminar o Directx com pradrão da industria de Games, e o único Rival direto são os consoles de videogame.

    O iPhone utiliza OpenGL e provou que seus jogos baratos e casuais tem mercado, o que é muito importante para se disseminar um padrão e como a ferramenta e custo de inserir um App de Game na AppStore é muito baixo teremos uma geração de programadores tendo que investir no conhecimento do OpenGL o que é muito importante para se disseminar esse padrão.

    • Romulo disse:

      Realmente não é para jogos. Mas com certeza dentro do Windows não vai ter vez… Como ferramenta criada pela Apple acho que não ha muito o que temer… Os programas vão ser bem implementados para os Macs.

      No caso os consoles rodam com OGL, seria esse o rival… porem o mercado de consoles não chega a competir com o de PCs…

      O OGL tem potencial para se disseminar em qualquer coisa fora da MS… O processo esta muito lento em parte pois grande parte do mercado é voltado para MS…

  3. Knux disse:

    É engraçado que eu vejo cada vez menos blockbusters no mercado de games pc…

    Um amigo tem um pc fodão, rodava COD e Crisis no talo, mas na hora de rodar Ghostbusters, ele teve que comprar para PS3 mesmo…. mais barato do que atualizar a máquina dele que já era cara.

    O mercado de games de pc está encolhendo e o que as fabricantes de consoles decidirem apoiar será o padrão.

    • Romulo disse:

      Eu escuto que o mercado de PCs encolhe dês de o play 1 mas a história continua bombando para os PCs…

      Jogos para console e jogos para PC sem versão um para outro são coisas muito comuns, isso quando não se fala de jogos onlines onde o PC domina o mercado Koreano. Que andam tocando o horizonte com jogos extremamente complexos como Blade & soul. Ou ainda jogos inviáveis em um console onde não da para substituir a complexidade do mouse e do teclado…

      Infelizmente o pc todo mundo vai ter de atualizar um dia, na saída do ps3 ele custava um absurdo, veio a custar 1000 reais agora quando uma placa superior a ele sai quase a mesma coisa, digo superior pois é capaz de processar tranqüilamente o dobro de pontos flutuantes… Geralmente atualizar o pc se bem organizado, é coisa de trocar uma ou 2 peças por ano e sabendo vender as antigas não tem como dizer que sai mais caro se você sabe se organizar para tal.

      O mercado de games no pc dificilmente vai diminuir, são coisas bem diferentes com circunstancias bem diferentes… o que acontece é que o mercado de consoles não cresceu ao máximo, basicamente por que os consoles ainda não estão maduros, de tal forma que não vende o esperado.

  4. Romulo disse:

    Para os que ainda acham que o DX esta comprando o mercado, a BioWare por exemplo mudou por vontade própria do OGL para o DX, devido aos ganhos para jogos.

    O OGL acabou ficando um longo tempo estagnado, com as inovações sendo introduzidas lentamente devido às divergências entre os membros do conselho. A própria SGI acabou saindo do mercado depois de ver suas estações de trabalho perderem espaço para placas das linhas Quadro FX da nVidia e FireGL/FirePro da ATI que, devido ao grande volume de produção das placas domésticas, são capazes de oferecer as soluções profissionais com preços muito mais competitivos…

    Em 2007 a manutenção foi para o Khronos Group e o anúncio do OpenGL 3.0 renovou as esperanças… Porem, melhorias relacionadas ao desenvolvimento de jogos foram pouco a pouco perdendo espaço, fazendo com que o OpenGL 3.0 acabasse trazendo apenas melhorias relacionadas ao uso em estações de trabalho, que passaram a ser o principal mercado do OGL.

    Um problema do qual a MS não sofre é o concelho, as decisões são tomadas rapidamente para o DX que é uma API destinada a jogos , otimizado para o uso em placas de dois fabricantes (nVidia e ATI), enquanto o OpenGL tem um quadro muito maior de otimização para outros hardwares, e uma carga de legado muito maior, o que torna a concorrência mais difícil.

    Concordo que no inicio o DX era muito limitado, uma porcaria, realmente dava para dizer que o DX era mais usado devido a subsídios que qualquer outra coisa, mas o quadro começou a mudar com a versão 7.0 onde ele atingiu uma quase paridade com o OGL na época e oferecia ferramentas de desenvolvimento bem mais praticas de se usar, o que levou ao fato de a maioria dos software houses a se mudarem para o DX…

    Em pleno final de 2009 ainda temos uma predominância de jogos desenvolvidos para o DirectX 9, sem contar os poucos (devido a tristeza que é o Vista) desenvolvido para o 10. Alias uma migração interessantemente mais lenta que nas versões anteriores do DX. Fora o fator do Vista ser insuportável, o DX procura não formar legado e vai criando uma série de incompatibilidades com placas antigas, que agrada mais aos desenvolvedores, devido aos 2 fatores, basearem o jogo em
    DX9 e implementarem uma camada extra para rodar quando detectado compatibilidade com DX10.

    Alias outro motivo é os consoles que no final das contas tem importância no mercado. Este também contribuiu para a retardação de adoção de novas tecnologias… Já que os consoles possuem configurações muito mais modestas que um PC high-end são atualizados em um ritmo muito mais lento… Existem 2 lados nessa moeda pois por um lado é bom, evitando que o mercado fique obsoleto rapidamente, por outro é ruim para quem quer imagens realistas nos jogos…

    E a MS pretende continuar trabalhando bem no que trata ao DX.. O DX11 vai ser apenas um 10 com alguns extras, facilitando a adoção e ajudando o mercado a se adaptar mantendo compatibilidade com o 10. Na verdade o DX11 prove uma grande margem para placas do futuro suportando texturas de até 16384×16384, contra o antigo limite que já era impensável a poucos anos, de 4096×4096…

  5. Lukeskymac disse:

    Estou com pouco tempo então ao invés de dizer tudo que queria dizer, vou abordar apenas 2 pontos:

    1- Não, o OpenCL não foi “feito para jogos” apenas, mas o potencial que ele tem de incrementar a performance destes é incrível. Se tiver paciência e um pouco de conhecimento sobre inglês, eu sugiro dar uma olhada na avaliação da Ars Technica do SL.

    2-Discordo com o Knux. Ghostbusters é um hog maciço, esse é um caso de desenvolvedores preguisoços, pois eles não são pressionados a manter o jogo operacional num hardware limitado como o do PS3. Além do mais, e os MMOs? E os RTSs? Os shooters ainda são melhores nos PCs, não se pode duvidar do mouse. O problema é que a grande potência que podia muito bem reduzir o mercado dos consoles de volta a seu patamar inicial a alguns anos atrás, a Micro$oft, simplesmente pulou no barco e começou a deixar de lado os jogos de PC para jogar toneladas de dinheiro na fogueira que é o Xbocha, errr, Xbox.

    • Romulo disse:

      Não é bem assim, a ms não abandonou o mercado de games para PCs, o direct 10 e 11 são um argumento muito pertinente para provar isso, afinal trazem inovações gráficas a muito tempo esperadas e até o momento são pertinentes para os PCs e placas high-end.

      O problema é que:

      1 – o Vistá foi um fracasso e o seven ainda nem está nas prateleiras, se bem que apesar das ”melhorias” já esta fadado provavelmente a entrar no mercado como uma fumaça, com poucos usuários aderindo a ele., dessa forma restando quem sabe ao futuro do DX 11, os consoles da proxima geração…

      2 – Consoles e computadores hoje mantem-se no DX9 ainda, seja por compatibilidade ou por serem baseados na APi… Dessa forma o mercado vem desenvolvendo seus jogos nele… Com camadas que detectam um PC adequado com o DX11. Dessa forma tanto para o PS3, Xbox 360 e claramente, PCs a la XP o mercado ainda esta florescendo muito e até que os desenvolvedores vejam uma base segura para usar o DX11 as coisas não vão mudar… Possivelmente estaria ai uma chance para o OGL se a MS cotinuar insistindo no vista e no Vista 2 seven.

      Afinal os Hardwares cresceram muito e são capazes hoje de trabalhar muito bem com o DX10, coisa que na época do PS3 estava engatinhando, porem funcionava muito bem com o 9. Eu acredito que o mercado vai aderir bem melhor ao DX11, agora quanto é complicado dizer.

  6. Antonio disse:

    Eu acredito muito no potencial do iPhone e iPod touch de disseminar nos programadores a necessidade de ser aprender o OpenGL, apesar do tanto o iPhone como o iPod touch não serem uma plataforma especifica de Jogos os modelo de distribuição e venda feita pela App Store o tornou um mercado lucrativo para os desenvolvedores Grandes e Pequenos o que pode estimular os mantenedores do padrão investir mais nele.

  7.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.