ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

“Novo comercial da Microsoft oferece convincentes evidências de não haver restado nenhuma vergonha à gigante do software”.

 

“É oficial: a Microsoft não tem vergonha. Nenhuma. Ela deveria simplesmente parar de gastar dinheiro alugando espaço para armazenar sua vergonha porque, como eu disse, ela não tem nenhuma”, critica Dan Neil no site do jornal The Los Angeles Times.

Neil refere-se à mais nova peça publicitária da Microsoft. Produzida pela agência Crispin Porter & Bogusky — a mesma da malfadada campanha Laptop Hunters —, o comercial traz de volta a precoce garota Kylie, de 4 anos, mostrada na série de comerciais “I’m a PC” da Microsoft. Com isso, opina Neil, a Microsoft está exibindo uma “obra prima da manipulação emocional”.

O vídeo começa com Kylie dizendo “Olá, meu nome é Kylie e achei estas palavras felizes por todo o computador do papai”, apontando para títulos de avaliações positivas sobre o Windows 7 feitas por revistas de tecnologia, as quais Kylie coloca em uma apresentação de slides com imagens de um unicórnio, um gatinho em meio a marshmallows e um coelhinho em um chapéu empalhado. “Palavras felizes precisam de figuras felizes”, diz ela.

“Podemos assumir que na campanha do Windows 7, cujo lançamento será em 22 de outubro, veremos filhotes de pinguins e esquilos esquiadores promovendo o software da gigante de Redmond. ‘Sou um PC e mais alegria está para vir’, diz Kylie, com uma doçura que faz meu queixo querer cair”, diz Neil.

“Tenho muito o que dizer sobre isso. Primeiro, adoro o fato de que a Estrela da Morte do software tenha sido tão massacrada na guerra da propaganda de computadores que agora tenha optado por usar criancinhas adoráveis e unicórnios com selas de arcoíris em sua propaganda. Isso é propaganda na posição de refém: compre o Windows 7 ou as criancinhas o farão”, comenta ele.

“Segundo, considerando que a guerra dos PCs chegou a um estranho paralelo com política de identidade — os usuários de Mac são mais espertos/legais/informados, os de PC são bobos e dominados pelo trabalho —, esse comercial nada faz para dissipar a impressão de que o PC de alguma forma parece ‘remédio'”, observa Neil.

“Terceiro, esse comercial parece mais uma capitulação. A participação da Apple no mercado doméstico de computadores nos EUA triplicou nos últimos cinco anos, para 8,7% no segundo trimestre de 2009. Isso inclui crescimento ano-a-ano de 5,5% contra uma retração de 1,2% no mercado geral de computadores”, pondera Neil.

Ele acha que, com o comercial da Kylie, a Microsoft desistiu da estratégia de peitar a Apple no campo do marketing. “Isso foi inteligente. A Microsoft só legitimou as críticas contra ela feitas pela Apple e só o que conseguiu foi perder flancos em cada combate”.

Leia mais no artigo completo de Neil.

Tags:, ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

10 comentários para “‘Microsoft não tem vergonha’, diz Los Angeles Times sobre novo comercial da empresa”
  1. Ipso Facto disse:

    Windows 7: o Vista requentado. Mesma fundação raquítica, mesma macarronada de código, desta vez com mais maquiagem. E unicórnios! Não é um Mac, mas, se você é leigo e sua prioridade é a etiqueta de preço, então vai firme e seja feliz (ou tente, considerando o inferno astral do malware que assola o mundo Windows).

    E agora, o comercial que a Microsoft espera que suas ovelhinhas nunca assistam:

  2. Sebrito disse:

    Meu Deus do céu, o comercial é horrível, não entendi nada quando começou a tocar aquela música do Europe, do nada.

  3. Romulo disse:

    Ainda bem que usar Linux não requer ter propagandas arrogantes, fiasquentas ou simplesmente propagandas em sí, envergonhando os usuários… Mais transparente impossível. :/

  4. VanHalenBR disse:

    Eu vi essa propaganda quando estava lá, e meu qual o foco dessa propaganada ? o Windows 7 faz apresentações mal feitas ? Aliás @Sebrito essa música do Europe era usada para a Xuxa entrar,… então podemos dizer que eles usaram a música da Xuxa 😀

  5. […] ‘Microsoft não tem vergonha’, diz Los Angeles Times sobre novo comercial da empresa Postado por Nerval Alves Em setembro – 16 – 2009 Easy AdSense by Unrealextraído do AppleMania.Info: […]

  6. Augusto M disse:

    Que artigo estupido do jornal.
    De certo, se acha vergonhoso apelar emocionalmente deveria se virar contra todas as boas campanhas de marketing, pois essa é a base de todas, inclusive das da Apple.

    Acredito que a propaganda está muito bem direcionada e condizente com campanha de lançamento.

  7. Rômulo disse:

    Essa foi de longe a pior propaganda que eu já vi em minha vida!!!!!!

  8. silva disse:

    Será que essas propagandas estão no site da ?

  9.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.