ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Ao contrário do que diz o CEO da Microsoft, a Apple já domina o mercado de smartphones. Basta olhar o número de imitações do iPhone ou da App Store para ver quem está claramente definindo as tendências do mercado.

 

Por STEVEJACK

O artigo de SteveJack foi escrito em resposta a declarações do CEO da Microsoft, Steve Ballmer, que afirmou nesta quinta-feira (24) que o iPhone é um produto de nicho e que a Apple não vai dominar o mercado de smartphones.

Em primeiro lugar, a muito cuidadosa definição de “nicho” de Ballmer, cunhada para satisfazer seus próprios propósitos, não a torna realmente um “nicho”. Tocadores pessoais de mídia não são mais um “nicho”. E advinhe: o iPod, com o software da Apple, é de longe o mais popular, e não é software “vendido por alguém que não fabrica seu próprio” hardware.

Ballmer obviamente não quer ou não consegue aprender. A sorte que a empresa teve para dominar o mercado de PCs não será repetida. A Google está tentando isso com aparelhos móveis, mas não vai funcionar. Ela não vai conquistar 90% dos aparelhos, mas, se há alguma empresa com chances de consegui-lo, é a Apple. A Microsoft nem mesmo faz parte dessa discussão.

A Apple produz ecossistemas completos, não apenas um sistema operacional carregado em um punhado de produtos muito diferentes. O iPhone já tem mais acessórios que todos os demais smartphones combinados. Em 2 anos, o iPhone já tem 5 vezes o total de aplicações conseguido em uma década pelo Windows Mobile. O Windows Mobile é um fracasso. O mercado de aparelhos móveis simplesmente não vai replicar o que ocorreu no de PCs. A tática da Microsoft funcionou no passado, quando muitas pessoas eram tecnicamente analfabetas e os produtos eram muito caros; as pessoas compravam o que se lhes dizia ser “suficientemente bom” e o que parecia cair bem na etiqueta de preço. Hoje, cada vez mais pessoas querem produtos que funcionem e elas reconhecem que, de longe, os da Apple funcionam melhor, têm mais aplicações, funcionam perfeitamente com o iTunes e a iTunes Store, têm iPods embutidos, tem a maior quantidade de acessórios, têm o maior e melhor suporte em automóveis, etc. Além disso, o iPhone da Apple custa a partir de US$ 99, e não duas ou três ou mais centenas de dólares a mais, como os computadores pessoais de quando a Microsoft construiu seu império.

A Microsoft e a Google perseguem o que a princípio parece uma boa estratégia, mas só até você pegar em um iPod ou entrar em uma loja da Target ou revenda de automóveis ou querer uma aplicação específica e, então, notar que tudo é feito para o iPhone. O consumidor percebe isso e diz a si mesmo: “Vou comprar um iPhone porque ele vai funcionar em meu carro, em meu equipamento de som, com meus tênis Nike, com meu monitor de glicose, com meu iTunes, que raios, com tudo! Além disso, posso conseguir qualquer capa ou aplicação que eu quiser. Qualquer outro produto concorrente seria, de longe, muito limitado”.

A propósito, a Apple já domina o mercado de smartphones. Basta olhar o número de imitações do iPhone ou da App Store que foram e estão sendo lançadas para ver quem está claramente definindo as tendências do mercado.

Para referência futura, incluí os comentários de Ballmer em meu iCal, junto com todo o resto de suas previsões erradas sobre o iPhone.

SteveJack é usuário de longa data de Macintosh, web designer, produtor de mídia e colaborador regular da coluna Opinião do site MacDailyNews. Reproduzido com permissão.

Tags:, ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

3 comentários para “Steve Ballmer e sua inglória missão de desacreditar o iPhone”
  1. Ipso Facto disse:

    Segue abaixo a primeira grande asneira dita por Ballmer sobre o iPhone, no início de 2007.

    Nada como um pouco de realidade para denunciar a língua comprida de um falastrão como Ballmer.

  2. Farlensia disse:

    Ballmer é de longe a imagem comercial mais furada que eu ja vi, sei la, parece que ele ficou uns 30 anos atrás e acha que pode continuar iludindo pessoas…

  3. knux disse:

    Isso depois que ele mesmo admitiu que a MS “screwed up with windows mobile”.

    Tudo bem que ele tem que chamar atenção ao WinMo, para que as pessoas simplesmente não esqueçam que a MS um dia atuou no mercado de celulares, mas quem tem telhado de vidro não deveria atirar pedras na sólida laje de concreto do vizinho.

  4.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.