ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 

Saiba porque ‘Me apaixonei na Apple Store’ não vai ficar na sua cabeça

Videoclip do rap da banda Fatty Spins foi gravado na Apple Store da 5a. Avenida, em Nova York, e fala dos produtos Apple para falar de amor.

 

Por MARCELO TODARO
Editor

Uma das músicas que compõem minha biblioteca do iTunes é “Keep Goin'”, de Alex Hees. Com ela, Hees venceu em 1999 o Grand Prize Winner do Macworld Mac Music Contest, prêmio internacional para músicas produzidas em computadores Apple Macintosh, organizado pelo conhecido jornalista David Pogue para a revista americana Macworld Magazine.

Fazer música em Mac é algo que hoje em dia qualquer amador consegue utilizando o fantástico GarageBand, programa integrante da suíte iLife distribuída com todo computador Macintosh. Mas isso não tira o mérito de Hees, já que, naquela época, qualquer coisa próxima de um GarageBand ainda era delírio de geeks com tempo sobrando.

Por causa da paixão despertada pelo Mac em alguns usuários, músicas com declarações de amor a ele já fora produzidas. Cheguei até a escrever artigo sobre uma delas para o falecido MacPress.

Mas, com a mudança de foco da Apple, que deixou de ser uma empresa exclusivamente de computadores, a inspiração para novas composições também mudou. Agora elas falam de tudo que a empresa produz, ao invés de só do Mac.

O mais recente exemplo disso pode ser visto no vídeo abaixo. Chamada “Me apaixonei na Apple Store”, o vídeo é ambientado na loja da Apple situada na 5a. Avenida, em Nova York — aquela conhecida por ser um cubo de vidro. Cheia de termos geeks, a letra fala de muitos dos produtos Apple — até mesmo de Steve Jobs e Bill Gates — para, na verdade, falar de amor. Talvez seja esse seu único mérito.

De original, a canção tem o acorde inicial que todo Mac toca ao ser ligado. O chato é que o mesmo acorde é repetido à exaustão ao longo dos 3 minutos da música, lembrando-me o velho Samba de Uma Nota Só, do mestre Tom Jobim — com a diferença que, em se tratando de Tom Jobim, o resultado daquela nota única é uma obra de arte musical, enquanto que tudo que a banda Fatty Spins conseguiu com a repetição do acorde do Mac foi um rapzinho maçante.

Para provar não se tratar de armação, a banda produziu outro vídeo que é o making of de “I Fell In Love At The Apple Store”.

Enjoy.

 

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

4 respostas a Saiba porque ‘Me apaixonei na Apple Store’ não vai ficar na sua cabeça

  1. Farlensia disse:

    huahuuhahua.

    É engraçado o que algumas pessoas fazem. :)

  2. Camada “Me apaixonei na Apple Store”, o vídeo é ambientado na loja da Apple situada na 5a. Avenida

    Faltou um H ai

  3. Detestei a m’usica, s’o o Apple Chime tocando ‘e um saco. :/

Os comentários estão encerrados.