ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Empresa e seus possíveis patrocinadores talvez não estejam realmente interessados em vender PCs com o sistema operacional da Apple, e sim simplesmente tornar público o fato de que clonar Macs é possível ou, melhor ainda, como fazê-lo.

 

Quem realmente está por trás da Psystar?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Por STEVEJACK

A Psystar Corporation, sediada no estado da Flórida (EUA), vende “Open Computers”. Esses PCs, lançados em abril de 2008, têm a opção de vir com o sistema operacional Mac OS X Leopard [e agora também o Snow Leopard] preinstalado, tornando-os os primeiros computadores “hackintosh” distribuídos comercialmente. No entanto, à época do lançamento do hackintosh da Psystar, o Acordo de Licenciamento de Uso do Mac OS X 10.5 Leopard afirmava explicitamente:

Esta licença permite a você instalar, usar e rodar uma (1) cópia do software da Apple em um único computador da marca Apple por vez. Você concorda em não instalar, usar ou rodar o software da Apple em qualquer computador de uma marca que não seja Apple ou capacitar outros a fazê-lo.

O Acordo de Licenciamento de Uso do Mac OS X 10.6 Snow Leopard contém termos similares, assim como todas as versões anteriores do Mac OS X.

Agora a Psystar e a Apple disputam na Justiça se as medidas de segurança do Mac OS X devem ser mantidas confidenciais ou tornadas públicas.

Começo a pensar que a motivação da Psystar realmente não é vender “clones” do Mac, mas simplesmente tornar público o fato de que isso é possível ou, melhor ainda, como fazê-lo.

Até o momento, legalmente, apenas o Macintosh da Apple pode rodar todos os grandes sistemas operacionais do mundo, bem como todos os grandes programas escritos para eles. Todos os outros PCs não podem legalmente rodar o Mac OS X e as aplicações exclusivas para o Mac OS X, como iLife, Final Cut, etc. Para as montadoras de PCs — algumas das quais desejam licencar o Mac OS X porque seus produtos são vistos pelos entendidos em tecnologia como inferiores ao Macintosh não só por serem limitados em termos de opções de sistemas operacionais (legalmente impedidas de rodar o Mac OS X), como também por causa qualidade técnica da construção das máquinas (monobloco, por exemplo) —, ter acesso a tais informações tornadas públicas pode ser algo bem benéfico. Mesmo se for ilegal instalar o Mac OS X num PC genérico, não importa: veja o crescente número de programas pirata disponíveis hoje.

Imagine se Steve Jobs fosse abordado por algumas montadoras de PCs para licenciar o Mac OS X e ele prontamente risse na cara deles antes de mandá-los lamber sabão. Não é difícil imaginar isso, é? Que alternativa resta a esses rejeitados fabricantes de PCs? Eles sabem que o Mac OS X pode ser modificado para rodar em seu hardware e que tal capacidade provavelmente ajudaria nas vendas, além do benefício adicional de prejudicar as do hardware da Apple. Hmmmmm… se ao menos o público em geral soubesse que isso pode ser feito e como fazê-lo… Eles sabem que não podem legalmente divulgar tal capacidade, mas nada os impede de usar os tribunais (junto com o dinheiro de seus impostos) e a mídia para fazer o trabalho.

Afinal, a Apple já disse nos tribunais crer na existência de outras corporações e/ou indivíduos por trás da Psystar. Talvez esses patrocinadores não creiam que sairão vitoriosos na tentativa de forçar a Apple a licenciar ou, de alguma forma, tornar sua propriedade disponível a qualquer montadora de PC que deseje instalá-la, mas talvez seu interesse seja apenas o de gerar publicidade sobre o caso e tornar as técnicas conhecidas, considerando que os custos legais valem a pena (contanto que nunca se descubra quem são).

SteveJack é usuário de longa data de Macintosh, web designer, produtor de mídia e colaborador regular da coluna Opinião do site MacDailyNews. Reproduzido com permissão.

Tags:, ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

Comentários não são permitidos.

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.
Get Adobe Flash player