ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Processo da Nokia contra a Apple muito provavelmente é uma estratégia deliberada para pressionar a Apple a concordar com os termos impostos pela Nokia com respeito ao licenciamento de patentes de tecnologia. Processo também pode ter sido incentivado por algumas das outras empresas que já estão pagando à Nokia e querem que a Apple faça o mesmo.

 

“[Falamos] com Barry L. Cohen, [advogado] especializado em litígios comerciais e de propriedade intelectual da Thorp Reed & Armstrong, sobre o que acha da questão Nokia x Apple. Segundo o Sr. Cohen, uma vez que a Nokia tem sido bem sucedida em licenciar as patentes em questão para dúzias de outras empresas, a empresa finlandesa muito provavelmente sentiu-se confiante de que seria capaz de obter um acordo com a Apple também. Quando as negociações chegaram a um impasse, a Nokia sentiu que não haveria alternativa senão o recurso legal”, diz Jeremy Kessel, do CrunchGear.

“O processo da Nokia contra a Apple muito provavelmente é, pelo menos em parte, uma estratégia deliberada para pressionar a Apple a concordar com os termos impostos pela Nokia com respeito ao licenciamento de patentes de tecnologia. Uma vez que as 10 patentes em questão incluem tecnologias ‘fundamentais’ de celular, o processo também pode ter sido incentivado por algumas (ou muitas) das outras empresas que já estão pagando à Nokia e querem que a Apple faça o mesmo”, observa ele.

Para Kessel, a questão que fica no ar agora é: por que a Apple se recusaria a licenciar essas tecnologias se são imperativas para a operação do iPhone? “Novamente, sem falar com a Apple diretamente, só podemos especular. É possível que a Apple tenha licenciado tecnologias semelhantes da Ericsson (a qual, junto com Nokia e Qualcomm, detém alguns dos maiores portfolios de patentes de tecnologia do mundo), eliminando a necessidade de licenciar da Nokia as patentes em questão. Ou talvez a Apple creia não estar infringindo as patentes da Nokia, ou ainda que elas devem ser invalidadas. No entanto, considerando que cerca de 40 outras empresas do setor licenciaram essas patentes-chave, isso é extremamente improvável (talvez até impossível, dependendo de quais empresas detém quais patentes)”.

Ainda de acordo com Kessel, o advogado Cohen crê tratar-se mesmo de uma mera questão financeira. “Quanto mais a Apple ficar sem pagar o licenciamento, mais barato pode vender o iPhone e mais mercado pode conquistar. Alternativamente, a Apple pode não ter tido a intenção de pagar ou pode não ter concordado com o montante pedido pela Nokia. Dada a escala (ou seja, milhões de aparelhos), mesmo uma pequena discrepância no preço pode resultar em centenas de milhões de dólares indo de um lado a outro”.

“Independente da motivação real por trás do processo, considerando que menos de 1% dos casos vai a julgamento, é mais provável que a Nokia esteja usando a ação como moeda de barganha. Ambas as empresas, gostem elas disso ou não, podem arcar com o custo de ver casos como esse indo até o fim, uma vez que as custas processuais, mesmo se de múltiplos milhões de dólares, são relativamente insignificantes no grande cenário em que Nokia e Apple estão inseridas. Especialmente, processar a Apple garante à Nokia mais força na obtenção de outros acordos (isto é, receber royalties por suas patentes) e, espertamente, pode ajudar a Apple a economizar alguns trocados se um mediador independente for trazido para ajudar a resolver a disputa”, diz Kessel.

Leia mais no altamente recomendável artigo completo de Kessel.

Tags:,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

Comentários não são permitidos.

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.