ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

“O mundo teria bem mais respeito pela Microsoft se ela fosse honesta na promoção do Windows 7. Nós somos capazes de suportar a verdade, mas será que a Microsoft é?”.

 

“Quem acredita na propaganda de que o Windows 7 foi ‘feito por mim’ acredita em qualquer coisa. Então tentemos isto: o Windows 7 foi ‘feito’ por gente que odiava o Windows Vista. Se você não comprou o Vista, ajudou a fazer o 7, o novo sistema operacional ‘anti-Vista’ da Microsoft que, no entanto, é a evolução do tão odiado predecessor”, diz David Coursey no site da revista PC World.

“Esqueça o clima de amor de festa que rondou o lançamento do Windows 7. Essa profusão de afeto marca um novo mínimo para o nível de afeição. As pessoas gostam do Windows 7 não tanto pelo que é quanto pelo que não é. Gostar do Windows 7 é tipo aquele bom sentimento que você recebe quando seu coração finalmente pára de bater”, alfineta Coursey.

“A fase beta de desenvolvimento do Windows 7 não foi uma busca pela resposta do usuário tanto quanto um esperto teste de marketing. Isso não faz do Windows 7 um sistema operacional ruim, mas ser melhor que o Vista não faz dele um grande sistema operacional. O mundo teria bem mais respeito pela Microsoft se ela fosse honesta na promoção do Windows 7. Nós somos capazes de suportar a verdade, mas será que a Microsoft é?”, prossegue alfinetando Coursey.

Leia mais no artigo completo de Coursey.

“Aqueles de nós que participaram ativamente da fase beta [do Windows 7] — seja oficialmente, fazendo parte do programa beta formal, ou não oficialmente, baixando e testando cada revisão que vazou na Internet — conhecem a história verdadeira”, afirma Randall C. Kennedy no site da revista InfoWorld.

“Por exemplo, sabemos que, apesar da mensagem da Microsoft tentando transmitir bons sentimentos sobre a resposta do consumidor, na verdade o Windows 7 foi amplamente criado por meio de um processo de desenvolvimento hermeticamente selado conduzido por Stephen Sinofsky e um seleto grupo de seus marketeiros mais próximos. Sabemos também que as grandes decisões sobre o projeto do produto — como a nova barra de tarefas — foram tomadas meses, senão anos, antes que as primeiras revisões tivessem vazado. E sabemos que, apesar do maciço programa beta público, virtualmente nada no sistema mudou do momento em que foi disponibilizado em janeiro até os bits finais em julho”, conta ele.

“A verdade é que toda a campanha de marketing da Microsoft para o Windows 7 é baseada numa mentira. A metralhadora da Microsoft dispara a alegação de um nível sem precedentes de envolvimento do consumidor, embora nossos detectores de mentiras nos digam que justamente o inverso é verdade: com o Windows 7, a Microsoft ignorou a comunidade Windows como nunca antes. Mesmo seus testadores beta ‘privados’ — o grupo exclusivo convidado pela Microsoft a testar o sistema e então publicamente ignorado — queixa-se de falta de acesso”, dispara Kennedy.

Leia mais no artigo completo de Kennedy.

Tags:
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

9 comentários para “PC World e InfoWorld: Windows 7 é ‘feito pela mentira’”
  1. Carlos Alberto disse:

    Desculpe, mas como produtor desta matéria o senhor não passa de um tremendo idiota bitolado. Qual fabrica de automóvel não lancou no passado um carro ruim e depois um carro ótimo? Eu lembro que a VolksWagen lançou na época o famoso Zé do Caixão, um carro horrivel, ruim de regulagem e beberrão e nem por isso, os compradores habituais abandonaram a empresa. O mesmo não acontece som sistemas operacionais para computador, tem apenas uma empresa competente no mercado. Não vamos comparar aqui essa indecência da Apple com nome de gato do mato, que até agora só vende para computador para publicitário. O Linux é muito bom, só que é um cachorro sem dono, tente pegar um telefone e ligar para o suporte do Linus reclamando que teu micro travou. Muito fácil reclamar da obra alheia e não ter nem capacidade pra operar nem um controle remoto de TV.
    O pessoal da Microsoft são gênios, conseguem fazer um produto que vende para 6,5 bilhões de pessoas e contentar a maioria para azar dessa minoria revoltada.

    • Johnny Bravo disse:

      Vixe! Cada fanboy da Microsoft revoltadinho que aparece por aqui…

      Ô gênio da lâmpada, em primeiro lugar, caso não tenha notado, o “produtor desta matéria” são dois jornalistas de duas das mais conceituadas publicações de informática do mundo, a PC World e a InfoWorld. Portanto, se quiser vomitar sua sabedoria de parede de banheiro público sobre eles, faça-o lá nos links dos artigos originais em inglês, pois aqui eles muito provavelmente não terão chance de curvar-se diante de sua soberba sabedoria.

      Em segundo lugar, dizer que a Apple só vende computador para publicitário apenas demonstra sua infame ignorância sobre o Macintosh. A menos, claro, que você esteja querendo dizer que o Mac vem ganhando cada vez mais mercado nos últimos anos porque há cada vez mais publicitários no mundo.

      Em terceiro lugar, os autores dos artigos não disseram nenhuma bobagem. Eles, que estão por dentro dos bastidores do desenvolvimento do Windows 7, apenas tornaram público que a Microsoft está enganando o mundo divulgando que ouviu o usuário quando na verdade não ouviu. Se você tem provas em contrário, apresente-as (e aos autores originais também). Do contrário, estará demonstrando não passar de mais um fanboy falastrão deslumbrado da Microsoft.

    • Lukeskymac disse:

      “que até agora só vende para computador para publicitário”, fotógrafo, cientista, editor de cinema, músico…

      “O Linux é muito bom, só que é um cachorro sem dono, tente pegar um telefone e ligar para o suporte do Linus reclamando que teu micro travou.”

      O RLY? Tente pegar um telefone e ligar para a M$ reclamando que o Windows travou! QUANTA DIFERENÇA!

      “Muito fácil reclamar da obra alheia e não ter nem capacidade pra operar nem um controle remoto de TV.”

      Oi? Tenho certeza que todos os que comentam regularmente aqui tem um nível de conhecimento sobre informática muito superior ao da média.

      Agora, o que detonou sua credibilidade foi essa frase:

      “O pessoal da Microsoft são gênios,”
      Huh?
      “conseguem fazer um produto que vende para 6,5 bilhões de pessoas”
      Bem, elas estão tão alienadas que acham que Windows é a única coisa que existe.
      “e contentar a maioria”
      Eu não chamaria a reação dos não-fanboys da M$ ao Windows de “contentamento”
      “para azar dessa minoria revoltada.”
      Com bom motivo!

  2. Romulo disse:

    Bom, enfim as vezes as pessoas não dão a minima para o que escrevem ou o que transparecem em publico… enfim…

    Um tanto hipócrita a idéia…

    Estou para ver uma empresa que lance uma propaganda:

    ”este produto que fizemos, com alguns defeitos, enfim, estamos vendendo mesmo que não seja o estado de arte de um produto, mesmo que não seja grande coisa, compre por 800 reais! ligue XXXXX!!!”

    Imaginem na época em que o iMac de 20 polegadas estava dando problema no monitor:

    ”esse computador maravilhoso obra prima divina! Porem, com um probleminha besta… um monitor com efeito de lavado e qualidade duvidosa, mas nada de mais! paguem 4000 reais! liguem! Vão adorar tudo, menos a tela mas tudo bem!”

    Eu pessoalmente acho que cada um escolhe suas dores de cabeça, e acredite até uma Ferrari pode ter suas enxaquecas…

  3. Tio Deive disse:

    Johnny Bravo não se preocupe com quem escreve Linus quando queria dizer Linux, e que diz que a Microsoft vende para cada um dos humanos habitantes desse planeta. Uma sumidade esse rapaz…

  4. daniel carlos disse:

    Sinceramente, sou completamente anti-windows… só o uso ainda porque é o unico sistema operacional que roda relativamente bem no meu eeePC… Mas acho que o cara que criou essa matéria foi meio infeliz… Aonde é que está a mentira??? Li a matéria toda e num entendi o motivo do titulo… Os caras da Microsoft venderam uma coisa dizendo ser outra, o famoso Gato por Lebre???

  5. Daniel Carlos disse:

    Parece que temos um quinto tipo de usuário perambulando em nosso meio: Os Macs, os Winusers, os Microlosers, os Linuxers e agora os LinuXiitas… Po meu, todos aqui sabem que Linux e Mac tem o mesmo nucleo: Unix!!! Sendo assim, a unica diferença é que a Apple cobra pelo seu sistema e o vende em conjunto com um computador que tira TOTAL proveito do sistema operacional que o sistema pode oferecer, e vice versa… o Linux, num é vendido, mas nem sempre tiram proveito do Hardware que vem com ele, e vice versa… Sinceramente, eu já estive dos TRÊS lados, e o que eu mais lembro com carinho é o Linux, mas infelizmente não é o melhor dos tres sistemas operacionais… Ah, valew poresclarescer a minha duvida… Eu nem tinha percebido que a Microsoft é a unica mentirosa da história por fazer um trabalho sujo de marketing… Muitas outras empresas vendem seus produtos falando que é uma coisa e quando chega num é a mesma coisa… Mas, que seja neh…

    • Farlensia disse:

      linux e Mac sao TOTALMENTE diferentes, os núcleos de ambos os sistemas seguiu um caminho diferente assim como a interface…

      O fato de o Linux infelizmente não ser muito adequado ao usuário leigo já mostra tudo, o que dirá os benchs que mostram habilidades natas de cada um…

      Lógico, com os curiosos o linux cria uma relação carinhosa, e realmente exige trabalho braçal em alguns casos, por sorte para pessoas assim, é muito divertido encontrar as soluções…

      Mas mesmo assim da para encontrar casos de grande sucesso por ai… Eu mesmo já apresentei o Ubuntu para muitos leigos, e os cativei totalmente (é preciso mostrar que o sistema pode ser preparado uma única vez para ficar ao seu dispor, completo e com alta qualidade). Sinceramente acho realmente que é uma raridade o Linux travar apos instalado e preparado…

      E logicamente reconheço o Mac, indiquei para meus pais que ja tem uma certa idade, sei como o Mac OS pode ser intuitivo e apesar de o hardware não ser top de linha, o acabamento é confortável e pequenos detalhes como a construção da tampa com imã, o leitor de CD pratico, o cabo de força pratico fazem diferença para pessoas que como eles tem mais dificuldade em lidar com aparelhos eletrônicos.

  6.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.