ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Revista Newsweek tem como certa a chegada da nova plataforma de computadores da Apple e como quase certa a demissão do CEO da Microsoft.

 

A revista Newsweek publicou lista das 10 previsões mais prováveis para 2010. Organizada em ordem de probabilidade, no topo da lista está a chegada do tão rumorejado tablet da Apple. Dentre as mais prováveis também está a demissão do CEO da Microsoft, Steve Ballmer.

A lista da Newsweek é composta pelas seguintes previsões:

  1. Finalmente, a Apple lança seu tablet — “Oficialmente, a Apple nunca disse uma palavra sobre o desenvolvimento de um computador tablet. Mesmo assim, há meses todos na tecnologia vêm falando, escrevendo e debatendo sobre o tablet Apple como se já fosse realidade. O produto já recebeu mais cobertura da imprensa do que a maioria dos produtos já existentes. Blogueiros discutem seus pontos fortes e fracos, vantagens e desvantagens — assim é a vida no estranho e maravilhoso mundo da Apple. E isso não acontece por acaso. A Apple orquestra essas coisas. Fez o mesmo com o iPhone, lembra? Um anos antes do lançamento do produto, rumores circulavam e falsos protótipos apareciam em todo lugar. Tudo para criar burburinho e envolver o produto numa nuvem de drama e mistério para que, quando chegar, as pessoas morram de vontade de ter um só para ver do que se trata. O grande barato da Apple, no entanto, é que seus produtos sobrevivem ao burburinho. Seguramente o iPhone o fez. É, talvez, o mais importante produto tecnológico da década. Conseguirá o tablet repetir o feito? Achamos que sim. O Kindle, da Amazon, foi o leitor eletrônico pioneiro do mercado, mas está longe de ser perfeito. Nossa aposta é que a Apple entrará nesse espaço tal como fez com o iPod e o iPhone: deixando outros fazerem o trabalho pioneiro e cometerem todos os erros para então chegar junto com um produto que arrasa a concorrência com design, qualidade e serviço melhores, além de uma interface anos-luz à frente de qualquer outra coisa no planeta.”
  2. Murdoch sai da Google Inc.
  3. Malware invade o Facebook
  4. Starbucks persegue você
  5. O Blu-ray chega ao download de vídeos
  6. O celular substitui a carteira
  7. O Facebook se torna público
  8. Mudanças no Twitter
  9. Microsoft demite Steve Ballmer — “O décimo aniversário de Ballmer como CEO da Microsoft é em janeiro, mas é difícil imaginá-lo tendo o que comemorar. As ações da Microsoft mergulharam cerca de 50% durante sua gestão, perdendo não só de outras empresas de tecnologia, mas também da média industrial da Dow Jones. Distraído pelo fiasco do Windows Vista, Ballmer deixou escapar cada grande mercado novo de tecnologia da última década. O Google ganhou a corrida da busca na Internet e da propaganda online baseada em palavras-chave. A Apple ganhou em tocadores MP3 e em venda online de músicas e agora detém a atenção do mercado de celulares, enquanto o Windows Mobile entra no esquecimento. O tocador musical Zune da Microsoft é uma droga. O Bing, ferramenta de busca online da Microsoft, nunca alcançará o Google. Diz-se que Ballmer é um cara brilhante, mas cometeu um erro estúpido na tentativa de comprar o Yahoo. Gosta de gritar e de intimidar — não é um sujeito fácil de se trabalhar com ele. Se a Microsoft fosse qualquer outra empresa, esse cara estaria em apuros. O detalhe é que Ballmer foi posto onde está pelo fundador da Microsoft, Bill Gates, e os dois tem sido amigos desde os dias da faculdade em Harvard. Se Gates quiser se livrar de Ballmer, terá que encontrar um meio de fazê-lo graciosamente, sem deixar seu amigo numa encrenca. Outro problema: não há herdeiro aparente para o cargo no staff da empresa. Apesar disso, os investidores devem começar a ficar inquietos: em breve vão começar a exigir mudanças.”
  10. Google vai enfrentar processo antitruste

Leia mais no artigo completo da Newsweek.

Tags:, , ,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

2 comentários para “Ballmer demitido da Microsoft e tablet Apple: previsões para 2010”
  1. Ipso Facto disse:

    Como sempre digo, que Ballmer tenha vida longa à frente da Microsoft, já que sua gestão tem sido altamente benéfica à Apple.

  2. knux disse:

    Não me assusta assim mais!

  3.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.