ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

“Qualquer empresa que queira concorrer com a Apple não pode fazê-lo apenas no âmbito do hardware, ou do software, ou da loja. A Apple não mudou só as regras do jogo: mudou o jogo todo”.

 

“Quantas vezes você já ouviu ou leu sobre um ‘matador de iPod’, o novo tocador MP3 da empresa XYZ que vai impactar o mercado do iPod/iPhone (creio que o Google Nexus One e o Motorola Droid são os novatos do clube)? Quantas vezes isso realmente aconteceu? Então, por que o iPod é o mais vendido tocador multimídia portátil do mundo? Por que nenhuma outra empresa conseguiu erodir o mercado do iPod? O que há de tão mágico nele?”, questiona David Moskowitz no CIO Update.

Segundo ele, a resposta a essas perguntas pode surpreender o leitor por mostrar que o problema não está onde pensa-se que pode estar e oferece os seguintes pontos para ponderação:

  • “O problema não está no desenvolvimento de um aparelho tecnicamente melhor ou mais capaz. Muita gente não compra o iPod só por causa de sua tecnologia”;
  • “O problema não está em uma loja de músicas melhor. Novamente, as pessoas não compram o iPod por estarem apaixonadas pela iTunes Music Store. Na verdade, nem é preciso iPod para comprar músicas da loja iTunes”;
  • “O problema não é criar um software melhor para servir de interface. As pessoas não compram o iPod para obter o software, uma vez que ele pode ser baixado gratuitamente”.

“Então, onde está a resposta?”, pergunta Moskowitz.

De acordo com ele, a resposta está numa combinação de fatores que, juntos, tornam o iPod e o iPhone produtos que oferecem uma experiência de uso até agora imbatível.

“O motivo pelo qual o iPod é o tocador portátil número 1 é porque a Apple não tentou criar só um bom tocador: ela criou uma experiência completa, unindo um bom aparelho, um bom software e uma boa loja de músicas. Todas essas peças funcionam juntas inigualavelmente bem. Qualquer empresa que queira concorrer com isso não pode fazê-lo apenas no âmbito do hardware, ou do software, ou da loja. A Apple não mudou só as regras do jogo: mudou o jogo todo”, observa Moskowitz.

Ele nota também que o sucesso do produto não importa tanto quanto um serviço sem igual que integre provedores de conteúdo para esse produto.

“A Apple reconhece que o serviço, e não a tecnologia, é o fator crítico para ganhar mercado. A Apple foi a primeira empresa a ligar os pontos e juntar todas as peças em um serviço coeso e fácil de usar — não só para os usuários, mas também para os desenvolvedores. Qualquer concorrente que pense que pode competir com um desses fatores individualmente não entende o valor da nova proposta criada pela Apple”, destaca Moskowitz.

Muito mais detalhes no extenso e altamente recomendável artigo completo de Moskowitz.

Tags:,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

Comentários não são permitidos.

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.
Get Adobe Flash player