ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Considerando tudo que o iPad oferece, “ninguém em seu juízo perfeito vai comprar um Kindle DX”, diz analista.

 

“A varejista online Amazon.com pode ter que escrever um novo capítulo para seu [leitor de livros eletrônicos] Kindle diante da concorrência do iPad da Apple”, diz Olga Kharif no site da revista BusinessWeek.

Segundo ela, analistas de Wall Street já estão cortando suas previsões de vendas do Kindle por causa da ameaça representada pelo tablet da Apple. “Charlie Wolf, analista sênior da Needham & Co., que no momento recomenda a compra das ações da Apple, reduziu em 9 de abril sua previsão de vendas do Kindle para este ano, estabelecendo que ficarão entre 2,5 e 3 milhões de unidades ao invés das 3,6 milhões anteriores. Wolf estima que a Amazon vendeu 2,2 milhões de unidades em 2009. ‘Não é um produto convincente’, diz ele sobre o Kindle, pois o iPad da Apple oferece mais recursos, como a reprodução de vídeos, além de um design mais atraente”.

Kharif conta ainda que Gene Munster, analista da firma de pesquisa de mercado Piper Jaffray que classifica as ações da Amazon como “overweight” (indicando que a empresa precisa aumentar sua exposição), também cortou sua previsão de vendas do Kindle para 2010 para 3,45 milhões, o que representaria queda de 400 mil unidades.

“O preço do iPad começa em US$ 499 pelo modelo de 16 GB de capacidade de armazenamento, tela multitoque coloria e uma biblioteca com 60 mil livros eletrônicos. Ele também permite ao usuário assistir vídeos, ouvir música e rodar uma variedade de aplicações. ‘Ninguém em seu juízo perfeito vai comprar um Kindle DX’, diz Munster”, relata Kharif.

Ainda segundo ela, os analistas dizem que, como com o iPad a Apple elevou a barra do padrão para esse tipo de produto, se quiser equiparar-se com as agora elevadas expectativas do consumidor a Amazon pode ter que baixar o preço do Kindle ou lançar modelo com mais recursos, como tela colorida, para torná-lo mais atraente.

“Em 3 de abril, dia em que o tablet foi posto à venda, a Piper Jaffray entrevistou 448 consumidores que esperavam na fila das lojas da Apple em Nova York e Minneapolis. 10% dos compradores em potencial disseram que consideravam comprar um Kindle, mas mudaram de idéia e optaram pelo iPad. E 58% dos entrevistados que já possuíam um Kindle disseram que pretendiam parar de usá-lo em vista da compra do iPad. (…) A Amazon não é a única empresa cujos produtos estão sofrendo com comparações com o tablet da Apple. O iPad está roubando a atenção dos usuários de outros leitores dedicados de livros eletrônicos, como o Nook da Barnes & Noble e o Reader da Sony, dizem os analistas”, acrescenta Kharif.

Leia mais no artigo completo de Kharif.

Tags:
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

9 comentários para “Versatilidade do iPad é uma ameaça ao Kindle, diz BusinessWeek”
  1. Ipso Facto disse:

    Kharif tem razão: a Amazon vai mesmo ter que escrever um novo capítulo para o Kindle. Mas tem que ser o capítulo final. Ela deve desistir de querer lidar com hardware, que não é sua praia, e concentrar-se em sua aplicação Kindle para iPhone, iPod touch e iPad. Pode evitar o desperdício de uma enorme quantidade de tempo, esforço e dinheiro se o fizer.

    Esse conselho se aplica também a qualquer outro fabricante de leitores dedicados de livros eletrônicos. Esqueçam hardware e concentrem-se apenas em aplicações para a plataforma da Apple. É melhor isso do que contabilizar prejuízos depois.

    Espero que você tenha entendido o que eu quis dizer com o destaque que dei acima ao “dedicado”. Com a chegada do iPad, a era dos leitores dedicados acabou. Se quiserem, Amazon e outras podem aventurar-se a lançar tablets para concorrer com o iPad, caso tenham competência para tanto.

    • Dee disse:

      Senhora OLGA ola, precisa protestar,tenho outra opiniao. Seus argumentos partem de premissas erradas. Primeiro, em qualquer parte do mundo existirao sempre mais pessoas assistindo tv, na internet ou vendo fotos que pessoas concentradas em ler. Nao me admira que haverao mais pessoas com ipad k kindle. Segundo, o ipad e um aparelho que nasceu basicamente para dedicar-se a leitura,ate mesmo um ipod ou um zune,pelo facto de ser dedicado a diversao podem bate-lo com facilidade. A questao do efeito vista sobre vista e importante.Pessoas em juizo perfeito nao irao comprar uma tela que canse a vista apenas para ler blocos de texto,um kindle chega. na actualidade,o kindle e largamente consumido por estudantes da area de letras como direito,linguistica,economia,etc, areas na qual o kindle e mesmo util. estudantes de ciencias,sobretudo medicina nao usam o kindle,portanto a apple nao tem como bater a amazon neste mercado porque o kindle nem sequer no terreno se encontra. em pleno juizo nao irei comprar um produto mais caro que me dara 12h-16h de leitura quando prefiro um dispositivo que dure semanas. acredito que comparar kindle com ipad e desleal,tal qual comparar xadrez com futebol. em minha opiniao os e-readers devem continuar lutando para melhorar a experiencia de leitura,que o pekeno universo de fanaticos pela leitura gostara do que ficar duelando por trazer internet,videos e fotos. Olga, esqueca o NOOK, nasceu claramente ultrapassado.

    • Dee disse:

      A senhora Olga entrevistou 448 pessoas que disseram que trocariam o kindle pelo ipad. Eu conheco 450 que nao irao troca-lo.

  2. Nairan disse:

    Sabe o que me parece, que o pessoal anti-Apple,. e não os, como eles chamam, fanboys, é que estão tão enrraizados em um pensamento fixo sobre a primeira impressão que tiveram do iPad, que não conseguem aceitar e muito menos entender que ele já é um sucesso.

    Como essas pessoas não conseguem compreender nem muito menos aceitar isso, entram em um estado de delirio, procurando mostrar como a faltya de USB, a falta de multi-tarefa, falta de camera e outras coisas mais que já foram mais que devidamantre analisadas, iram decretar o fim do iPad, esqueçam, aceitem que vocês estão errados, e que nem ao menos estão conseguindo perceber o real significado doque a Apple fez, e do tipo de mercado que ela criou com o iPad.

    Não conseguem compreender o real significado de “feito pra consumir conteúdo”, nem o real significado de “facilidade de uso”, nem entender como uma pessoa não queira um equipamento inchado por um sistema operacional “completo” mas que não lhe permite fazer nada, pela dificuldade de operar esse sistema.

    O iPad se tornou sucesso, porque é so ligar e usar, porque quem o usa não quer ficar decifrando comandos arcanos, nem se preocupar com a ultima vesão do kernel, alias nem quer saber o que isso significa, e antes que alguém venha a falar que isso é atitude de alienado, saibam que os alienados saõ os caras que acreditam que o computador deve ser algo restrito a pessoas que varm a noite mechendo e fuçando nas entranhas do sistema operacional so pra configurarem ele pra fazer coisas que ele deveria fazer sozinho sem que o usuário tivesse que mover uma palha pra isso.

    O lugar do eletricista ou do engenheiro eletrico, é nas usinas de força, nas distribuidoras de eletrecidade, ou fazendo instalação eletrica nas casas quando solicitado, o usúario quer chegar e ligar sua luz e ela acender, essa é a função do iPad.

    E eu afirmo, é so o começo, daqui pra frente a tendencia sera de surgirem cada vez mais equipamentos e permitiram às pessoas fazerem suas atividades sem se preocuparem em como elas estão acontecendo “por baixo dos panos”.

    É a computação das Jornadas nas Estrelas se tornando realidade finalmente.

    Éra a isso que Jobs se referia quando chamou o iPad de “magico”.

    • Roberto disse:

      Excelente comentario Nairan.

      Foste no ponto quando falou de esconder o que acontece por “debaixo dos panos” e a analogia da luz.

      Acho muito benéfico para o avanço tecnologico o que a Apple faz, mas ao mesmo tempo nao posso concordar com a pratica da empresa de transformar todo mundo em consumidores de conteudo. É essa minha principal critica contra a Apple de hoje.

      Meu produto ideal seria um ipad que se assemelha a um Macbook. Se quiser comprar softwares, compro, se quero os frees, baixo, se um amigo meu fez um programinha da faculdade pra rodar nele quero ter o direito de roda-lo no meu iPad sem ter que fazer jailbreak ou ferir os EULA. Os gadgets da Apple sao legais, mas perdem muito o brilho com essa politica, pelo menos na minha opiniao.

      A Apple, nao é mais a mesma, e se ela continuar assim sem uma concorrencia leal(vide patentes absurdas) a computaçao do futuro será só para alienados. Tomara que surja outra Apple para combater essa que está ai, que é o verdadeiro big brother dos antigos comerciais.

      • Nairan disse:

        Caro Roberto, comcordo com você em parte, realmente a falta de comcorrencia esta fazendo mal à Apple, mas isso é culpa exclusiva da indústria da informática, que se bitolou de tal forma dentro de conceitos do século passado, que simplesmente não consegue ver que a realidade mudou.

        Gosto muito dos produtos da Apple, porém gosto mais ainda do conceito da Apple quanto à quebrar paradigmas, romper com “verdades” estabelecidas, buscar novas maneiras de fazer o que já esta cristalizado em antigas idéias, e além disso não podemos esquecer que a informática, por sí só, ainda é uma aréa da tacnologia muito recente em termos de tempo disponivel junto ao ser humano e suas esferas sociais, politicas e mesmo científicas, ou seja ainda temos um caminho muito longo à traçar.

        Além disso a Apple sofre com o temperamento social de Jobs, que tem sérias dificuldades de conviver de forma mais armoniosa com outras pessoas devido justamente às características pessoais que fazem dele um desbravador de novas idéias.

        Dali, o pintor sofria dos mesmos males que aparentemente Jobs sofre, ter razão inquestionavel naquilo que domina, mas ser imaturo naquilo que se refere ao convivio social das pessoas.

        Isso gera os equivocos que a empresa comete quiando se trata de manter um rosto diante do resto do mundo, ainda bem que existem outras pessoas dentro da Apple que podem minimizar esses males.

        Mas tenho fé que com tempo, as arestas serão aparadas, enquanto isso o iPad seguira abrindo novos caminhos, e, espero novos conceitos surgiram de Cupertino para puxar a industria de informatica para o lugar que ela deve seguir.

  3. Nairan disse:

    Não adianta brigar, o que é verdade é verdade.

  4. Steve disse:

    O que acontece é que tem gente com mente fechada para tecnologia e tem inveja de quem faz sucesso e os números não menten. a iPad é mais um estrondoso sucesso da Apple.
    E quem falou mal do iPad vai comer a lingua agora.

  5.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.