ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

Seu grande imbróglio com a Apple é um clássico exemplo da mão pesada da Google e do que pode ter sido uma hipocrisia de bastidores.

 

“A Google tem tido uma enorme dificuldade em diversificar. Embora continue controlando um segmento da tecnologia tão dinâmico e lucrativo, no coração e na alma de seu balancete ela enfrenta feroz concorrência de Microsoft, Yahoo, Apple e de um punhado de iniciantes”, diz Jim Goldman no site da rede CNBC.

Para ele, esse fato não nos deve deixar enganar a respeito do potencial da empresa, cujo buscador responde por 63% de todas as pesquisas online feitas no mundo. “É um resultado vertiginoso. Mas é aí que a história da Google começa e termina, mesmo após tantas tentativas de gerar receita através de outras áreas”.

Goldman gosta de comparar a Google à uma espécie de queridinha da tecnologia que atraiu maciços investimentos logo em seu início e, desde então, procura meios criativos de gastar esse dinheiro, inclusive aventurando-se na diversificação de seus negócios. “Lembre-se que a Google gastou mais de US$ 1 bilhão na compra do YouTube, mas, mesmo após esses anos, o negócio ainda não gerou nenhum lucro material”.

Por esses e outros motivos, Goldman acha que a Google está numa encruzilhada. “A empresa é muito louvada por investir pesado em pesquisa e desenvolvimento. Tendo vivido e coberto o Vale do Silício nos últimos 20 anos, acabei gostando de sua abordagem jogue-na-parede-para-ver-se-gruda da inovação”.

“Mas a Google também tem que tomar cuidado e manter suas bravatas sob controle. Seu grande imbróglio com a Apple é um clássico exemplo da mão pesada da Google e do que pode ter sido uma hipocrisia de bastidores (oh não, vamos competir com você. Espere, já estamos competindo com você!). Isso custou à Google o que poderia ter sido uma grande parceria corporativa e, ao CEO Eric Schmidt, custou sua amizade com Steve Jobs”, pondera Goldman.

“A Google costumava ter o mundo nas mãos mesmo que o mundo ainda a tenha mantido nas dele. De agora em diante, contudo, sua sobrevivência dependerá do que a empresa vai fazer a seguir e de onde o dinheiro virá. A Google não tem problema algum para gerar manchetes. Gerar receitas, no entanto, é uma história bem diferente”, avalia Goldman.

Leia mais no extenso e altamente recomendável artigo completo de Goldman.

Tags:
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

2 comentários para “A Google está numa encruzilhada, diz CNBC”
  1. Knux disse:

    youtube não gerou nenhum lucro ainda?

    [citation needed]

  2. Steve disse:

    Eu fiz esta pergunta outro dia, além das buscas, onde o Google ganha dinheiro? Android? Vai chegar um momento que a fonte vai secar. A publicidade móvel nnao vai ser baseada em navegadores como disse Jobs, e não sei o quanto a Google entendeu isto.

  3.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.