ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

“Se proteger a hegemonia do Windows significa criar distorções para fazer a plataforma Macintosh da Apple parecer uma alternativa inaceitável, então isso não é problema para tolos como LeBlanc”.

 

A opinião de SteveJack emitida abaixo está relacionada à reação da Microsoft à notícia de que a Google Inc. abandonou o uso do Windows em favor do Mac OS X e do Linux. Veja detalhes neste artigo do Terra.

 

Por STEVEJACK

A afirmação “o Windows é muito menos seguro que o Mac OS X” pode parecer óbvia e evidente para a maioria de nós, mas ainda há um bocado de babões idiotas incapazes de enxergar o imenso abismo de segurança existente entre o Windows e o Mac OS X e os efeitos disso para o usuário final.

O motivo pelo qual vemos esse tipo de atitude tola e ilógica é porque, de acordo com Marcel Warmerdam, analista do IDC, cada dólar ganho pela Microsoft com o Windows injeta 12 dólares na economia global. Bilhões e bilhões de dólares estão sendo gastos para fazer com que mais e mais pessoas continuem usando o Windows.

Se proteger a hegemonia do Windows significa criar distorções para fazer a plataforma Macintosh da Apple parecer uma alternativa inaceitável, então isso não é problema para tolos como [Brandon] LeBlanc [gerente de comunicação da Microsoft para o Windows]. Eles realmente não têm outro mecanismo de defesa para o indefensável Windows senão criar medo, incerteza e dúvida [“FUD”, na sigla em inglês] nas comparações da segurança do Windows com o estelar histórico de proteção ao usuário registrado pelo Mac OS X. O fato é que, usando apenas o bom senso, o usuário de Mac OS X navega despreocupadamente na Internet enquanto que os sofredores do Windows certamente não.

Pela enésima vez: é absolutamente ilógico atribuir a segurança da plataforma Macintosh à obscuridade. Se obscuridade fosse sinônimo de segurança, então por que, em abril de 2007, surgiu um virus para iPods rodando Linux (algumas poucas centenas de unidades dentre as dezenas de milhões existentes no mundo) mas não surgiu um único virus em nove anos — isso mesmo, nove anos! — para os mais de 33 milhões de computadores Mac OS X atualmente online? Será que, quando completarmos uma bela década livre de virus, surgirá algum traço de inteligência na mente desses abjetos imbecis defensores do mito da segurança pela obscuridade do Mac? E por que os criminosos não miram os usuários de maior poder aquisitivo, que são os de Mac?

Tenho feito essas perguntas há anos, mas o silêncio que recebo em resposta permanece revelador. Ou melhor, tenho recebido respostas, sim, mas na forma de uma perene enxurrada de ignorâncias e/ou mentiras por parte dos apologistas da Microsoft.

A idéia de que as preocupações com o pântano da insegurança do Windows existem porque mais gente o usa e que o Mac não tem problemas de segurança porque menos gente o usa não é verdadeira. O Mac OS X é simplesmente mais seguro que o Windows por projeto. Ponto. Como referência e razões que explicam a maior segurança do Mac OS X em relação ao Windows, veja um conciso mea culpa de David Pogue, do jornal The New York Times, a respeito do mito da segurança via obscuridade do Mac.

Lógica pura certamente não é o que querem ouvir os dissimulados picaretas da Microsoft, os mascates da indústria dos antivirus, as montadoras de PCs e os sanguessugas aprisionados ao ecossistema Windows. Eles estão é atrás de criar medo no usuário para mantê-lo refém no redil do Windows, mesmo que o preço a pagar seja reputação, realidade, lógica, produtividade, sanidade, etc. Tantos já investiram tanto no Windows que simplesmente não podem ficar parados e deixar tudo se perder por causa de uma solução vastamente superior e mais segura como a da Apple. Mesmo assim, estão perdendo. E cada dia mais rápido.

Toda vez que surge um novo virus para Windows, ou que um novo sistema operacional é lançado, ou que uma grande empresa anuncia estar abandonando o Windows, ou que o Macintosh registra recordes de vendas, ou um novo e “ameaçador” produto novo da Apple chega ao mercado, o mito da segurança pela obscuridade do Mac é regurgitado. Isso acontece por um motivo, ainda que esse motivo se torne cada vez mais ridículo a cada ano que passa.

A “Segurança pela Obscuridade” é um mecanismo de defesa dos desiludidos e também uma ferramenta dos apologistas da Microsoft e dos que lucram com o ecossistema Windows concebida para tentar impedir a dispersão dos sofredores do Windows. 33 milhões de Macs online absolutamente não é um número “obscuro”, mas nove anos de despreocupada e segura navegação na Internet pelos usuários de Mac é segurança. Fora os esquemas de engenharia social (phishing scam, trojans — afinal, nenhum sistema operacional é capaz de instilar bom senso na mente do usuário), a única coisa que realmente afeta o usuário de Mac é a miríade de máquinas Windows comprometidas causando lentidão na Internet com spam e tráfego nefasto de bots à procura de mais máquinas Windows inseguras.

O problema tem nome: Windows. Saia dessa vida, compre um Mac!

SteveJack é usuário de longa data de Macintosh, web designer, produtor de mídia e colaborador regular da coluna Opinião do site MacDailyNews. Reproduzido com permissão.

Tags:,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

12 comentários para “SteveJack e a reação da Microsoft ao abandono do Windows pela Google”
  1. Vasco Silva disse:

    Ainda me pergunto como é que é possivel um site como este ainda estar no ar…

    Com cada notícia ridícula uma atras da outra,

    e para quem se diz Applemaníaco, não é o que parece. Porque em vez deste site se dedicar a escrever coisas sobre a Apple, como novos lançamentos, planos, reviews de macs, iphones e produtos do género, não! A única coisa q este site sabre fazer é basear-se em opiniões de uns analistas (opiniões que convêm aos assuntos tratados por este site, que não faz nada mais nada menos, do que xingar a concorrência) sempre a dedurar a concorrência.

    Não sei s o a má (Péssima) qualidade deste site se deve às influências da Apple, uma empresa “porca” que não sabe jogar limpo, ou se é algum ódio pessoal ressentido ao longo dos anos. mesmo assim atrevo-me a dizer que esse fanatismo presente em cada notícia que aqui são publicadas é a coisa mais ridícula a face da terra

    Eu realmente espero que um dia, o editor deste site cresça, pare um pouco e reflicata, e então publique notícias de real interesse.

    • Johnny Bravo disse:

      Apenas para que o leitor se situe em relação a quem é o “digníssimo” missivista acima.

      Vasco Silva é um cidadão português bem conhecido dos leitores do AppleMania por sempre ter defendido com grande parcialidade a plataforma da Microsoft na casa dos outros. É o típico fanboy de Bill Gates e turma. Sempre que vem aqui, é para enaltecer o ecossistema Windows e criticar o da Apple. Ele não faz outra coisa senão isso.

      Segundo eu soube junto ao editor do site, Vasco já teve inúmeros comentários apagados e foi advertido várias vezes por causa da truculência e arrogância com que costuma se manifestar. Apesar de ser persona non grata, vive voltando por aqui, por algum bizarro motivo. Aos interessados, eis o tipo de comentário que o Vasco já deixou por aqui (e estes são os mais suaves, pois os piores foram apagados):

      http://applemania.info/?p=4770#comment-14552
      http://applemania.info/?p=4429#comment-13667 (exemplo de advertência recebida do editor)
      http://applemania.info/?p=4185#comment-13487
      http://applemania.info/?p=3516#comment-12184
      http://applemania.info/?p=2438#comment-9799
      http://applemania.info/?p=2438#comment-9792
      http://applemania.info/?p=2242#comment-9498

      Há muito mais de onde vieram esses, mas por eles já dá para ter uma boa idéia de quem é o cidadão acima.

      Isto posto, vamos comentar os comentários dele:

      Ainda me pergunto como é que é possivel um site como este ainda estar no ar

      É porque, em sua soberba sabedoria, só pode existir sites que falam bem da Microsoft e quem falar mal (merecidamente, diga-se de passagem) deve ser varrido da face da Terra, certo?

      A única coisa q este site sabre fazer é basear-se em opiniões de uns analistas (opiniões que convêm aos assuntos tratados por este site, que não faz nada mais nada menos, do que xingar a concorrência) sempre a dedurar a concorrência.

      Eis aí uma prova inconteste de sua falta de visão de mercado e de sua ignorância quanto à cultura predominante no mundo Apple.

      Não posso falar em nome do editor, mas, como leitor do site desde o início (coisa que você nunca foi), está bem claro que a linha editorial do AppleMania pretende ser a de botar o dedo na ferida e mostrar o outro lado da moeda que é desconhecido das ovelhas cativas do redil da Microsoft. É por isso que o site o incomoda tanto. Não é conveniente para você que esse lado da moeda seja mostrado, nem que alguém bote o dedo na sua ferida.

      Não sei s o a má (Péssima) qualidade deste site

      “Péssima” na opinião de quem? Na sua? Ahahahahah! Poderia dizer a todos aqui por que sua opinião de babaovo da Microsoft tem alguma importância?

      Tu és peixe fora d’água aqui, ó gajo! Ainda não percebeste isso? Tua turma não está aqui, teu lugar é lá com os babaovos da Microsoft em sites tipo Baboo da vida.

      Se ainda te perguntas como é possível um site como este ainda estar no ar, me pergunto como é possível que ainda fiques vindo aqui só para jogar teu nome na lama…

      …e então publique notícias de real interesse

      “Real interesse” para quem? Para ti? O Baboo publica notícias de “real interesse” pra ti, por que não ficas por lá e nos poupa de tuas birras?

      As notícias daqui são de real interesse para mim e para os milhares e milhares de leitores diários do site, sabes disso? Se não, então “cresça, pare um pouco e reflita” para saber que tua opinião é minoria por aqui.

      Agora peça licença para ir atualizar teu antivirus e saia de fininho, sim?

      • Caio disse:

        Notou que ele não fez nenhum esforço para contestar os argumentos do autor do artigo? Tipo “isto está errado pelo motivo X, aquilo não vale por causa de Y”, etc.. Tudo que ele se limitou a fazer foi espernear feito criança birrenta.

        Esse é o Vasco Silva. O cara não se manca mesmo…

  2. Wesley disse:

    Johnny Bravo, os títulos das notícias desse site mostram que a linha editorial é atacar o Windows, Microsoft, Adobe, Google, HTC, netbooks e qualquer outra empresa que tenha algo contra a Apple ou algm produto que concorra com os produtos da Apple.

    Não tem nada a ver com a Microsoft em si (“a linha editorial do AppleMania pretende ser a de botar o dedo na ferida e mostrar o outro lado da moeda que é desconhecido das ovelhas cativas do redil da Microsoft”).

    • Zumbi dos Palmares disse:

      Wesley,

      Caso ainda não tenha notado depois de tanto tempo andando por aqui, o subtitulo do site lá em cima, logo abaixo do nome, diz: “Informática e tecnologia pela ótica do mundo Apple”. Acho que o site está retratando muito bem essa ótica. A Microsoft, por exemplo, é rival da Apple em vários aspectos e o site está simplesmente publicando notícias tiradas principalmente da mídia estrangeira que demonstram essa rivalidade. O mundo Apple gosta de criticar e ironizar a concorrência (naquilo em que realmente merece ser criticada e ironizada). Isso faz parte da cultura desse mundo. Até recentemente a própria Apple o fazia em seu marketing, na divertida e multipremiada campanha Get a Mac.

      Se a própria Apple alimenta esse ufanismo, por que o AppleMania não deveria fazê-lo?

      Então é melhor você, Vasco e turma se situarem melhor no contexto do ambiente em que estão passeando para que possam entender o porquê de certas coisas antes de criticá-las.

    • Johnny Bravo disse:

      O Wesley também parece ignorar o fato de que, como o Zumbi destacou, nenhum desses artigos é inventado pelo AppleMania. Foram todos extraídos de grandes veículos da mídia estrangeira. O que o AppleMania faz é peneirar e resumir os de seu interesse, mas o conteúdo deles é absolutamente verossímil.

      Dia desses veio aqui um “iluminado” criticar o AppleMania por ter publicado um artigo crítico ao Android, dizendo que de um portal com esse nome não se poderia esperar outra coisa senão dor de cotovelo. O sujeito sequer se deu ao trabalho de clicar no link para o artigo original em inglês para ver de onde o texto veio. Respondi-lhe que, se aquilo era “dor de cotovelo”, então deveria haver muito mais gente grande com essa dor, como New York Times, Wired, IDG, ZDNet, Fortune, Forbes, Washington Post, Seattle Times, Gizmodo, etc., etc., pois estavam todos publicando artigos críticos ao Android.

      Então por que, ao invés de criticar o site, Wesley e turma não criticam os artigos no que acham que estão errados? Por que não contestam os argumentos desses artigos? Seria muito mais inteligente. Mas é como diz um velho ditado:

      Uma pessoa inteligente conversa sobre idéias.
      Uma pessoa mediana conversa sobre coisas.
      Uma pessoa medíocre conversa sobre pessoas. (Ou sites.)

  3. Vasco Silva disse:

    “O AppleMania é um veículo informativo online dedicado a conteúdo jornalístico e comunidade virtual sobre a tecnologia Apple e outras que estejam direta ou indiretamente ligadas a ela, seja no aspecto tecnológico ou mercadológico.

    Oferecemos notícias diárias, base de conhecimento e comunidade para admiradores e usuários de produtos e serviços da Apple Inc. — fabricante dos computadores Macintosh, do iPod e do iPhone, dentre outros produtos —, concentrando o que o leitor necessita para manter-se informado e tornar seu convívio com a tecnologia Apple ainda mais interessante.”

    Será esta a realidade??

    Não me parece!

    Acredito que a maioria nos utilizadores que a este site acedem, vêm com o propósito de saber coisas novas sobre produtos, e não para ver artículos rídiculos, que não interessa a quem realmente gosta de tecnologia.

    Sim, eu defendi a Microsoft em comentários, assim como vocês defenderam a Apple nos vossos.

    Eu não sou exclusivo da Microsoft. Eu acho os produtos Apple deveras interessantes, mas com um preço que não se justifica. Além de que uma coisa que me deixa a mim (e acredito que a muitas outras pessoas) reticente a comprar produtos da Apple, é devido a política que a empresa emprega tanto nos seus próprios produtos, como na política que adopta perante o mercado/concorrência.

    Caio, eu não tenho que fazer qualquer tipo de esforço, porque o meu propósito aqui foi dar a minha opinião sobre este site, e sei que muita gente concorda comigo. AH, e poupa-me fanatismos a esta hora, eu nao estou com vontade para discussões.

    • Johnny Bravo disse:

      Mas você não aprende mesmo, não é?

      não para ver artículos rídiculos, que não interessa a quem realmente gosta de tecnologia

      “Ridículos” e que “não interessam” na opinião de quem? Na sua?

      Eu acho os produtos Apple deveras interessantes, mas com um preço que não se justifica.

      Felizmente o mercado discorda de você. Olhe os números.

      • Vasco Silva disse:

        Onde está uma notícia de real interesse neste site?

        Quando encontrares alguma, dá-me um link, ok?

        Queres exemplos?

        http://www.mobilewhack.com/iphone-4g-concept/ – esta interessa por possuir os specs do iphone4

        http://pplware.sapo.pt/informacao/apple-apresenta-o-iphone-4/

        Outra notícia de real interesse (embora antiga)

        http://www.laptopmag.com/review/laptops/apple-macbook.aspx

        Ou isto:

        http://pplware.sapo.pt/apple/secrets-1-0-6-ferramentas-secretas-no-mac-osx/

        Isto era o tipo de conteúdo que deveria ser publicado neste site. Infelizmente não é… Acho que podiam mudar o nome de Applemania para Fanatismomania. Ou Deduromania.

        Responde-me a uma pergunta por favor. MAS SINCERAMENTE!

        Isto é verdade? Isto acontece realmente neste site?

        |
        |
        v

        “Oferecemos notícias diárias, base de conhecimento e comunidade para admiradores e usuários de produtos e serviços da Apple Inc. — fabricante dos computadores Macintosh, do iPod e do iPhone, dentre outros produtos —, concentrando o que o leitor necessita para manter-se informado e tornar seu convívio com a tecnologia Apple ainda mais interessante.”

        Aguardo

        • Victor disse:

          Ô Vasco, nunca ninguém lhe ensinou que as pessoas têm gostos e preferências diferentes e que os seus gostos e preferências não necessariamente têm que ser iguais aos dos outros?

          Se você não gosta do que é publicado no AppleMania, por quê ainda vem aqui? Só pra ser o chato de galocha do pedaço?

          Você não é obrigado a vir aqui, vem porque quer. Há milhões e milhões de sites na Internet e há de haver um que o agrade. Agora, vir aqui e ficar enchendo o saco porque não gosta do que é publicado é o cúmulo da falta de educação!

          Nunca ouviu falar daquele velho ditado que diz “os incomodados que se mudem”?

  4. Vitor disse:

    è isso aí irmãos!!! toca a denegrir mais a windows!!! compre um mac, um ipad um iphone e depois passe fome!!!
    Afinal MAC é o melhor que à, pelo menos é o que dizem 5% dos utilizadores de computador…

    eii espera lá…

    são tão poucos a dizer o mesmo… porque será!!

    • Zumbi dos Palmares disse:

      Porque poucos são os que compreendem a validade de um velho ditado: “qualidade tem seu preço”.

  5.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.