ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

“A Google está sendo rápida e gritantemente tragada para o mundo das patentes. Bem vindos, Larry e Sergei, à bagunça que é nosso sistema de propriedade intelectual do Século XXI”.

 

“Desde que a Oracle processou a Google por alegadas violações de patentes da propriedade intelectual do Java, tem havido muita especulação sobre o que a Oracle realmente quer. Talvez seja porque, sob nova administração, a Sun não está mais interessada em código aberto (como visto na morte do OpenSolaris) ou qualquer outra forma de abertura”, diz Joel West no Seeking Alpha.

Publicidade: As melhores ofertas de produtos Apple

“Mas, qualquer que seja a motivação, a Google será mudada para sempre”, opina ele.

“A Google está sendo rápida e gritantemente tragada para o mundo das patentes. Bem vindos, Larry e Sergei, à bagunça que é nosso sistema de propriedade intelectual do Século XXI”, diz West.

Ele observa que os dois fundadores da Google Inc. tinham uma visão de mundo na qual eficiência e escala superiores forneciam uma posição privilegiada no mercado e uma vantagem competitiva, destacando também que o CEO Eric Schmidt uniu-se à Google após passar por duas empresas — Sun e Novell — que perderam esse jogo e provoca: “Serei eu o único a ver uma ironia no fato de Schmidt agora estar sendo atacado pelo clube que ajudou a criar?”

“Infelizmente, o mundo não é tão simples quanto dizer que a empresa com o maior mercado fica com todo o espólio. Pegunte a Bill Gates — ou talvez Lou Gerstner, da IBM, ou Steve Jobs ou o pessoal que processou a Rambus”, aponta West.

West observa também que o processo pode ter a ver mais do que com apenas a linguagem Java e seu uso supostamente não autorizado no Android. “Há uma década, havia quatro grandes detentores de patentes de sistemas operacionais: IBM, Microsoft, HP (provavelmente de suas aquisições da Tandem e DEC) e Sun. James Gosling (do Java) nota que a Sun se armou com patentes para defender-se da IBM. Agora a Google está distribuindo um dos sistemas operacionais mais populares já inventados e sendo desafiada pela empresa que detém um dos quatro maiores portfolios de patentes”.

Leia mais no artigo completo de West.

Tags:,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

6 comentários para “Processo da Oracle por violação de patente mudará Google para sempre, diz Seeking Alpha”
  1. Knux disse:

    nota: as negociações começaram antes da aquisição pela oracle. como foram infrutíferas, a oracle apenas deu o próximo passo.

    o java é gpl, que já tem um histórico de ser mantido por tribunais. não acho que a oracle vá conseguir qualquer coisa além de espantar a comunidade desenvolvedora que se formou em torno do java.

    • JC disse:

      é verdade. grandes empresas que investiram milhares de dólares em desenvolvimento dos seus sistemas críticos rodando em Java, vão jogar tudo isso no lixo, por que a Oracle é feia e boba. rs

      pensa um pouco antes de teclar, pensar não doi!

      • Romulo disse:

        JC o java não é feito so de empresas, o java é open e por isso é complexo, vasto e único em capacidades, o caso é que isso assusta os desenvolvedores que nao tem acesso ao arsenal jurídico de empresas como a Google. Um mundo de empresas pequenas e setores de TI.

        E com certeza, fara qualquer um que esta iniciando um projeto java pensar duas vezes se terá grana para pagar a Oracle antecipadamente…

      • Romulo disse:

        Ah esqueci de colocar essa citação:

        Quando você conversa com CIOs e menciona a palavra “Oracle”, eles ficam nervosos. Em 2010, podemos ver a Oracle disparando toda a sua força de vendas. Em 2010, os CIOs têm escolhas, e, quando possível, a Oracle não será uma delas – Thornton A. May, colunista de Computerworld dos Estados Unidos.

        http://if5.com.br/2010/01/07/11-previsoes-para-a-area-de-ti-em-2010/

    • Romulo disse:

      nem somente por isso Knux, a máquina virtual Dalvik da Google é uma implantação do zero… E todos sabemos que a base do java é open a muito tempo.

  2. Knux disse:

    aliás, comparar o solaris a um so baseado em linux para celulares é coisa de quem não sabe o que está falando….

  3.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.