ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

“Baseado em minha experiência com o Flash Player 10.1 para celulares, ele poderá logo se juntar ao drive de disquete no cemitério da tecnologia, um ítem que Steve Jobs ajudou a matar”.

 

“Sou a última pessoa na face da Terra que queria acreditar em Steve Jobs quando disse a Walter Mossberg no D8 que ‘o Flash já teve seu dia’. Tomei isso como nada mais que representação quando Jobs expressou seus pensamentos sobre o Flash e escreveu que ‘o Flash é fechado e proprietário, tem grandes defeitos técnicos e não suporta dispositivos baseados em toque’. Após investir algum tempo usando o Flash Player 10.1 no novo Droid 2, primeiro celular Android 2.2 a vir com o tocador preinstalado, sou tristemente forçado a admitir que Steve Jobs estava certo. A oferta da Adobe parece muito pouco, muito tarde”, diz Avram Piltch no site da revista LAPTOP Magazine.

Publicidade: As melhores ofertas de produtos Apple

Ele descreve o quão ruim é a versão móvel do Flash contando uma experiência. “Quando fui ao ABC.com e tentei reproduzir um vídeo, esperei cinco minutos enquanto o tocador dizia ‘carregando’. Durante esse tempo, foi quase impossível rolar a tela ou tocar objetos nela. Eventualmente, consegui rolar para cima para ver a mensagem que obstruía tudo e, por fim, disse: ‘Desculpe. Um erro ocorreu ao tentar carregar o vídeo. Tente novamente mais tarde'”.

“Quando visitei o Fox.com e tentei ver um episódio de House, o programa conseguiu reproduzi-lo, mas, mesmo numa rede Wi-Fi, a reprodução era como numa apresentação de slides. Pior que isso: o tocador parou de responder minhas tentativas de tocar os botões de pausa, volume e rolagem. Num dado momento da reprodução, uma mensagem sobreposta alertou-me de que o vídeo ‘não estava otimizado para celulares'”, conta Piltch.

“Durante esses soluços do Flash, foi quase impossível andar pela tela e muitos toques eram simplesmente ignorados ou demoravam muitos segundos para serem obedecidos. A única maneira que encontrei de sair dessa situação e retornar o celular à normalidade quando o Flash Player se comportava dessa forma era pressionando o botão de retorno ou o de início para sair do programa — e até para isso o celular levava um tempo para voltar a responder”, relata ele.

“Em abril, Jobs destacou que o Flash móvel tinha sido prometido e adiado desde o início de 2009. ‘Achamos que ele eventualmente será disponibilizado, mas ficamos felizes por não termos esperado por isso’, escreveu ele. Infelizmente, muitos dos provedores de conteúdo para a Internet também não esperaram. Quando surfamos um pouco, descobrimos mais e mais sites que mudaram para o HTML5. A diferença entre o HTML5 e o vídeo em Flash que funciona direito é tão suave que você nem percebe”, observa Piltch.

“Baseado em minha experiência com o Flash Player 10.1 para celulares, ele poderá logo se juntar ao drive de disquete no cemitério da tecnologia, um ítem que Steve Jobs ajudou a matar”, pondera ele.

Leia mais no artigo completo de Piltch.

Tags:
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

2 comentários para “Por que o Flash Player para Android prova que Steve Jobs tem razão”
  1. Ipso Facto disse:

    Por que Piltch não acabou logo com essa agonia e deu um fsck no Android se seu Flash Player estava sofrendo a ignominiosa morte que tanto merece? Será que ele é um desenvolvedor Flash? Tem ações da Adobe? Misteriosamente, Piltch não explica seu racional para ser “a última pessoa na face da Terra que queria acreditar em Steve Jobs” ou por que pensa ser “infeliz” o fato de muitos sites estarem abandonando o bugado, ineficiente, inseguro e moribundo Flash — que exclui mais de 100 milhões de usuários de aparelhos iOS — em favor do HTML5 do futuro.

    Essa gente que “odeia” Steve Jobs e a Apple ou não acredita no que ele diz enquanto expressa suas opiniões sobre dispositivos que, independente de marca, não existiriam sem Steve Jobs, me faz rir.

    A lista de artigos abaixo deve soar como história de terror para os assim chamados “administradores” da Adobe — isso, claro, se forem capazes de acordar de seu estado de estupor para lerem com alguma atenção.

    — US-CERT: Vulnerabilidades no Adobe Flash podem permitir que hackers controlem seu computador (12/ago/2010)
    http://www.us-cert.gov/cas/alerts/SA10-223A.html

    — Freelancer.com vê maciço aumento na demanda por trabalhos em HTML5 (7/jul/2010)
    http://applemania.info/?p=5608

    — Adeus, Flash: indústria pornô começa a trocar Flash por HTML5 (30/jun/2010)
    http://www.conceivablytech.com/1553/business/an-unexpected-apple-ally-porn-industry-to-drop-flash/

    — Hackers exploram falha crítica em produtos Adobe (7/jun/2010)
    http://applemania.info/?p=5506

    — Apple marginaliza o proprietário Flash conforme empresas e designers migram para o aberto HTML5
    http://online.wsj.com/article/SB20001424052748704912004575252662401694670.html

    — Demonstração do Adobe Flash no Android Nexus One causa repetidas instabilidades (ou simplesmente não funciona) (10/mai/2010)
    http://www.theinquirer.net/inquirer/news/1635614/flash-android

    — Microsoft faz eco à visão da Apple sobre o Adobe Flash e suporta o padrão HTML5 (6/mai/2010)
    http://www.reuters.com/article/idUSTRE63T47V20100430

    — ‘Resistir é inútil’: por que a Apple vai ganhar a guerra contra a Adobe (4/mai/2010)
    http://applemania.info/?p=5422

    — H.264 já ganhou: 66% dos vídeos online são nesse formato; Flash cai (2/mai/2010)
    http://techcrunch.com/2010/05/01/h-264-66-percent-web-video/

    — Microsoft: o futuro da web é o HTML5; IE9 só terá suporte a vídeo H.264 (30/abr/2010)
    http://blogs.msdn.com/ie/archive/2010/04/29/html5-video.aspx

    — Por que o Flash não funciona no iPad, iPhone e iPod touch (22/fev/2010)
    http://applemania.info/?p=5231

    — Por que o Flash não funciona no iPad, iPhone e iPod touch (parte II) (23/fev/2010)
    http://applemania.info/?p=5234

    Há muito mais de onde vieram esses, mas já dá para sentir o drama.

    Nota aos anunciantes (inclusive aos que anunciam através de redes de terceiros e, na prática, acabam tornando-se anunciantes do AppleMania também): seus banners baseados em Flash não estão sendo vistos pela sempre crescente massa de usuários de iPhone, iPod touch e iPad combinados (hoje contabilizada em mais de 100 milhões de usuários). Não é um volume desprezível. Se vocês querem que sua propaganda chegue até os que têm renda mais elevada, devem considerar trocar seus banners em Flash por outros de padrão aberto que pessoas com dinheiro poderão ver e eventualmente comprar o que é anunciado.

  2. HOOG disse:

    O Flash está disponível no Android e ninguém é obrigado a usar Flash nesse sistema. A vantagem é que no dia que você precisar, ele estará lá. Isso não faz mal a ninguém. Usa quem quer, se não quer, desabilita. Eu prefiro usar e até hoje não tive os problemas relacionados por Pitch e nem acho que Steve Jobs esteja perto de estar certo sobre esse assunto.

  3.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.