ESTE SITE ESTÁ À VENDA
Faça sua oferta aqui
 
« iTunes ganha interface 'limpa' e rede social »     ...     « Lançamento de Ping estremece relação entre Apple e Facebook »     ...     « Em tráfego de dados, Android e Linux perdem para aparelhos com iOS »     ...     « Teste de velocidade no iPhone 3G: iOS 4.0 contra iOS 4.1 »     ...     « TIM faz 'degustação' do iPhone 4 a partir de amanhã »     ...     « Rede social da Apple precisa de ajustes »     ...     « Aplicativo para iPad mostra a localização dos centros da Nasa »     ...     « Primeiras impressões: testamos os novos iPods »     ...     « Os 10 melhores programas para Mac »     ...     « Novos iPods Shuffle e Nano chegam ao Brasil em 2 semanas »     ...     « Anatel homologa iPad 3G para venda no Brasil »     ...     « Livraria Saraiva lança plataforma de livros digitais para iPad »     ...     « Loja on-line da Apple supera a marca de 250 mil aplicativos »     ...     « App Store bate novo recorde e mantém liderança isolada no mercado »     ...     « App Store atinge a marca de 6.5 bilhões de downloads »     ...     « Steve Jobs apresenta mudanças no iPod »     ...     « Steve Jobs apresenta versão menor e mais barata da Apple TV »     ...     « Apple cria locadora virtual de filmes e renova linha de iPods nos EUA »     ...     « Apple atualiza linha de iPods, mas deixa Classic de fora »     ...     « Novo iPod Shuffle: os botões estão de volta! »     ...     « Apple apresenta iOS 4.1 com correções para bugs do iPhone 4 e 3G »     ...     « Windows Live Sync (ou será Live Mesh?) chega à plataforma Mac »     ...     « Orquestra de iPads apresenta aplicativo musical »     ...     « Apple planeja utilizar tecnologia em que metais se comportam semelhante ao plástico »     ...     « Capa para iPhone funciona como abridor de garrafa »

 

 

A RIM parece cada vez mais com a Microsoft: uma empresa que continua navegando, mas não tem a inovação necessária para continuar crescendo.

 

“‘Eu não poderia estar me sentindo melhor’, gorjeou Jim Balsillie em 24 de junho. O co-CEO da Research In Motion [RIM] falava a analistas após a empresa relatar vendas trimestrais e lucros agudamente maiores que os de igual período do ano anterior. Mas o preço da ação da RIM caiu mais de 10% no dia seguinte, evaporando cerca de US$ 3,5 bilhões do valor de mercado da empresa”, diz Fabrice Taylor no site do jornal The Globe and Mail.

Publicidade: As melhores ofertas de produtos Apple

“A liquidação parecia intrincada na superfície. A RIM embarcou mais de 11 milhões de BlackBerrys no trimestre encerrado em 29 de maio. Isso acrescentou quase cinco milhões de usuários, elevando sua base total para 46 milhões. Ela produziu US$ 1,1 bilhão em fluxo de caixa e recomprou US$ 400 milhões de suas próprias ações. Apesar de todos esses indicadores positivos, o preço da ação ainda parecia relativamente barato, 10 vezes menos que a previsão de ganhos da RIM para este ano. Isso é típicamente um múltiplo para empresas maduras que pararam de crescer”, destaca Taylor.

“Então por que o investidor correu para a porta de saída? Porque perdeu a fé na capacidade da RIM de enfrentar a concorrência no mercado de smarpthones, especialmente — mas não exclusivamente — a da Apple. E ele está certo. (…) A RIM basicamente criou o mercado de smartphones nos anos 90, mas a Apple precisou de apenas alguns anos para abocanhar um enorme pedaço dele. A RIM agora faz o jogo de correr atrás, respondendo às inovações da Apple ao invés de liderá-las”, observa Taylor.

“Para ser bem sucedido em tecnologia você tem que atrair as mentes mais brilhantes. Para onde você acha que elas preferem ir hoje? A RIM parece cada vez mais com a Microsoft: uma empresa que continua navegando, mas não tem a inovação necessária para continuar crescendo. Pessoal, digo-lhes que a corrida entre o iPhone e o BlackBerry terminou e a Apple é a vencedora”, pondera Taylor.

Leia mais no artigo completo de Taylor.

Tags:,
 

Fuja do lugar comum: venha para o AppleMania!

 

2 comentários para “Por que a RIM perdeu a corrida do smartphone para a Apple”
  1. Ipso Facto disse:

    E com isso vemos que intermináveis promoções tipo “pague um leve dois” podem inflar artificalmente os números de vendas, mas não necessariamente representam a realidade do mercado, muito menos a preferência do consumidor. Eis porque números que aparecem bem no papel não dizem muito se não analisados dentro do devido contexto.

    Cadê os debochados donos da sabedoria universal que riam do iPhone? Por que não estão rindo agora? Porque ri melhor quem ri por último, certo? 😉

  2. Cícero disse:

    Iphone um verdadeiro sucesso!
    ansioso para ter o meu!

  3.  

 

Copyright © 2007-2010 AppleMania.info. Todos os direitos reservados.
A correta visualização deste site requer navegador compatível com os mais elevados padrões da Internet e está assegurada com os navegadores
Apple Safari, Google Chrome, Mozilla Firefox, Mozilla SeaMonkey, KDE Konqueror e Opera em resolução mínima de 1024 x 768.